UDN inicia cruzada pela liberdade de expressão

25 de julho de 2012

BONS TEMPOS: A Cruzada da UDN quer trazer de volta os bons tempos em que a sua liberdade de expressar-se à vontade não era ameaçada.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, anda muito preocupado com os repetidos ataques à liberdade de expressão.

O Presidente de Nascença decidiu, então, criar uma nova mobilização nacional: a Cruzada Unificada pela Liberdade Verdadeira de Expressão.

Diligente, convocou uma reunião do alto comando da UDN para organizar a empreitada. Na reunião, realizada no Retiro do Udenista (Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis), os dirigentes da honrada agremiação política traçaram uma estratégia vencedora, limpa e democrática, como tudo o que a UDN faz.

CHOQUE: As denúncias terríveis do pres. Zezinho atingiram as profundas convicções democráticas da direção da UDN.

O Almirante do Tietê exigiu um posicionamento firme da UDN contra o terrível cerceamento de sua liberdade de ser o único a poder ter sua opinião vinculada na imprensa falada, escrita, televisada e internetizada. Com a ira dos justos, urrava de indignação ao referir-se a jornalistas e a blogueiros imundos que se recusavam a livremente difundir a expressão das vontades e opiniões do Maior dos Brasileiros e, pior, davam espaço a opiniões contrárias.

O presidente da UDN tem grandeza moral, construída duramente na Comissão de Orçamento do Congresso.

Sensibilizado, o presidente da UDN, Sr. Sergio Dunga, agiu imediatamente. Preparou uma cartinha exigindo imediatas providências e enviou para a Dra. Pamonha (UDN-Piracicaba), líder da bancada da UDN na Justiça Eleitoral.

Na representação, o Sr. Sergio Dunga e o pres. Zezinho reclamam que a publicidade governamental está sendo usada contra a liberdade de expressão, pois seus recursos têm sido direcionados a veículos de comunicação que não tem compromisso nenhum com a verdade e com a democracia, como:

a) uma editora de revistas que é associada a um gângster goiano que costumava forjar escândalos contra autoridades da república, e que tem entre seus acionistas um grupo empresarial sul-africano vinculado ao regime do apartheid;

b) um jornal que emprestava seus carros para ações repressivas e assassinato de opositores durante a ditadura;

c) um canal de televisão que costuma manipular debates eleitorais e veicular notícias falsas baseadas em perícias mentirosas;

d) blogues nazistas mantidos por jornalistas de programa vinculados a essas organizações criminosas, e que fazem um troço vagamente parecido com jornalismo e nada parecido com a verdade.

O Twitter adotou um novo símbolo, em homenagem à sua parceria com o pres. Zezinho.

Internet

Outra frente de luta importante na Cruzada é a internet. O pres. Zezinho pediu ajuda a seus amigos da Disneylândia para ajudarem a fazer com que as redes sociais tornem-se espaço para a liberdade de expressão das opiniões favoráveis ao Maior dos Filhos da Mooca.

A Disneylândia, preocupada em manter o apoio do pres. Zezinho ao Acordo Caracu EUA-Brasil, no qual o Brasil dará a retaguarda aos EUA, mandou um importante executivo de uma rede social para discutir com o Presidente de Nascença a nova forma de funcionamento da rede.

Como sinal de sua cordialidade e disposição para ajudar, o executivo presenteou o pres. Zezinho com uma bela senha-mestra para selecionar os conteúdos mais adequados a aparecerem dentro da liberdade de expressão da rede.

Apoio aos jornalistas

Sempre comprometido com a liberdade de expressão, o Mais Democrata dos Homens Públicos não esqueceu os jornalistas. Depois de repassar a lista de demissões a se realizarem nos órgãos de imprensa nos próximos dias, o pres. Zezinho deu ordens a seus assessores que implementassem um programa especial de capacitação de jornalistas para o exercício da liberdade de expressão.

RESPEITO À DIFERENÇA DE OPINIÃO: O grande líder da ala de limpeza étnico-social da UDN, Sr. Slobodan Mataratos, é um grande defensor da liberdade de expressão.

Ontem, mesmo, um dos seguranças do Grande Pai da Democracia deu uma comovente aula de democracia a um jornalista da Rádio Jovem Pan. A despeito da empolgação do segurança-professor, o jornalista está se recuperando e passa bem.

A UDN também pretende, como parte de sua Cruzada, exigir uma moralização da Polícia Federal, que tem cometido um sem-fim de abusos contra a liberdade de expressão dos udenistas.

ATAQUE À LIBERDADE: A PF prendeu injustamente o mais importante editor da Revista Mais Vendida do Brasil, e agora a UDN não consegue mais expressar livremente seu respeito à verdade e apego à democracia.

Graças à perseguição levada a cabo contra um importante empresário atuante no ramo dos jogos proibidos, tráfico de influência, chantagem, corrupção ativa e espionagem ilegal, a imprensa tem sido privada de relevantes matérias jornalístico-ficcionais que permitiam ao pres. Zezinho e seus admiradores expressarem-se livremente.

O pres. Zezinho determinou ao seu bhost-righter, Sr. Reinaldinho Cabeção, que saísse de sua toca fétida junto ao Rio Pinheiros para liderar uma manifestação de eleitores infantis paulistas pela liberdade de expressão. A passeata, em frente ao Shopping Higienópolis, também assumirá a defesa do direito da Revista Mais Vendida do Brasil de quebrar os sigilos bancários, telefônicos, fiscais e de confessionário de todos os lulopetistas pois, segundo pesquisa do Instituto Datafrias, 101% dessa raça é corrupta.

Alerta máximo

A Cruzada exige dos udenistas atenção total, pois os inimigos da liberdade de expressão estão por toda parte e são capazes de infiltrarem-se até mesmo em inofensivas barracas de pastel de feira.

AMEAÇA: O Pres. Zezinho denunciou que os petistas estão organizando uma tropa nazista de viciados em pastel para empastelar o site da campanha do pres. Zezinho.

Foi o que ocorreu na semana passada em uma feira-livre do bairro de Vila Romana, na Gloriosa Paulicéia.

Uma equipe a serviço da campanha-treino já vitoriosa do pres. Zezinho gravava um comercial com populares devidamente contratados e alimentados com pamonha (vinda especialmente de Brasília). Os populares exerciam disciplinadamente a liberdade de comentarem as inúmeras virtudes do pres. Zezinho, quando foram atrapalhados por viciados em pastel que reclamavam porque a estrutura montada para a gravação impedia o acesso à barraca que vendia a autoritária iguaria.

O Maior dos Brasileiros já decidiu que, ao assumir a prefeitura provisoriamente em 2013, irá proibir a produção e consumo de pastéis em toda a cidade, pois está provado que pastel é uma ameaça à liberdade de expressão.

Perigo

Apesar da nobreza das intenções do Maior de Todos os Homens Públicos, há vozes dissonantes no seio da UDN. Dos caudalosos esgotos da Caverna do Ostracismo tem escorrido, secretamente, uma outra versão.

Segundo fontes ligadas à seção mineira da UDN, o pres. Zezinho estaria desfechando a Cruzada por razões outras que não a liberdade de expressão.

Esses udenistas renegados afirmam que a verdadeira preocupação do Pilar da Democracia é o risco de o seu assessor para assuntos propinoviários, Sr. Paulo Caixa Preta Dois, não conseguir segurar o vazamento e, com isso, fazer a casa do pres. Zezinho cair.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: O Sr. Reinaldinho Cabeção animou a quadrilha da festa junina que a UDN fez para comemorar o lançamento da cruzada.

A brincadeira preferida do Zezinho sempre foi vaca amarela. Ele costumava mandar o Reinaldinho Cabeção ir pegar um barril de bosta de vaca na chácara do seu Joaquim, um senhor português que tinha uma vaquinha, a formosa, e andava com ela pela rua, vendendo leite. Aí o Zezinho juntava a molecada e falava “vaca amarela cagou na panela quem falar primeiro come toda a bosta dela”. Os moleques calavam a boca, mas o Zezinho continuava falando, porque a vaca amarela não valia pra ele. E ele ficava puxando conversa com os moleques, provocando, xingando, até que um não aguentava e acabava abrindo a boca. Pronto, o Zezinho junto com os outros obrigava o moleque a comer a bosta de vaca. Sempre terminava em briga e quem não voltava machucado pra casa, apanhava da mãe porque chegava sujo de cocô de vaca…


Cachorro-Lagosta apóia Merdoval Pedreira para a Academia

5 de abril de 2011
Os eleitores infantis paulistas acreditam que o Sr. Merdoval (direita) conta com o apoio das pessoas mais inteligentes do Brasil.

Os eleitores infantis paulistas acreditam que o Sr. Merdoval (direita) conta com o apoio das pessoas mais inteligentes do Brasil.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, conseguiu, em mais uma hábil manobra política, evitar a divisão interna da UDN nas eleições para a Academia Global de Letras, Números e Risquinhos (AGL).

O Presidente de Nascença conseguiu neutralizar movimentos de lançamento de uma candidatura alternativa à do grande periodista Merdoval Pedreira (UDN-RJ).

Setores da UDN, ao que parece insuflados pelo Faraó das Alterosas, teriam convencido o líder da seção canina da UDN, Sr. Cachorro-Lagosta, a candidatar-se à imortalidade acadêmica.

O Cachorro-Lagosta leu mais livros que a média do eleitorado da UDN.

O Cachorro-Lagosta ainda argumentou que leu mais livros que os jornalistas da Veja, mas não funcionou.

Esta jogada sórdida serviria para  desfazer a unidade udenista e colocar em risco a eleição do famoso jornalista de estimação do pres. Zezinho.

 

O Sr. Merdoval usou um forte argumento para convencer o pres. Zezinho a intervir: disse que era tão obediente quanto o Cachorro-Lagosta, com a vantagem de ter amigos em importantes órgãos da imprensa mais vendida do Brasil.

Comportamento intolerável

O divisionismo no regaço da UDN não poderia ser tolerado pelo Maior dos Filhos da Mooca, sempre comprometido com  a harmonia e concórdia nas hostes udenistas. Por isso, o pres. Zezinho resolveu agir com a habitual presteza.

ARGUMENTO SECRETO: A UDN nega, mas o Prof. Cesar trouxe Lassie para ajudar a convencer o Cachorro-Lagosta.

Consultou o Prof. Cesar Milan, Ph.D. orientador do Cachorro-Lagosta em seus estudos na Cornell University, que lhe explicou que o comportamento do cãozinho era intolerável e merecia uma reprimenda.

Então, o  Mais Genial dos Homens Públicos chamou o Cachorro-Lagosta à sua casa e deu-lhe comandos claros: “Senta! Fica! Finge de morto! Retira a candidatura!”

O simpático mascote da GRES Unidos da UDN obedeceu prontamente e ganhou um biscrok como prêmio.

Em nota à imprensa, a importante liderança udenocanina declarou que não guardava máguas da decisão do pres. Zezinho:

QUADRILHA: Importantes líderes das festas juninas da UDN ligaram para o Cachorro-Lagosta para agradecer e prometeram uma grande festa em homenagem ao udenocanino.

“Ele me convenceu que era o melhor para nossa matilha e eu apenas segui meu instinto e obedeci o nosso macho-alfa; estou muito feliz por fazer parte desta matilha e por ser liderado pelo Maior dos Brasileiros”, disse o Cachorro-Lagosta.

Comentário da tia Carmela

A tia Carmela disse que não aguenta mais ver o Cachorro-Lagosta ser humilhado toda hora pelo Zezinho, que só coloca o cachorrinho em roubadas, como ser presidente da UDN, mas que, quando o osso é bom, sempre tira da boca do Cachorro-Lagosta para oferecer para seus outros animais de estimação.


Marginal faz festa com as mil Caras do Pres. Zezinho

11 de outubro de 2010

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, é um grande amigo da imprensa livre. Por isso, resolveu acrescentar mais uma publicação à generosa distribuição de revistas às escolas e professores paulistas.

O Presidente de Nascença ordenou ao seu muy amigo Geraldinho do Vale que distribua 1000 mil exemplares da revista Caras a cada escola pública da Locomotiva da Nação.

As mil Caras do Pres. Zezinho: os eleitores infantis paulistas estão felizes porque os filhos de suas empregadas vão poder ler as mesmas revistas que eles.

Não é sem motivo que o Maior dos Tribunos é o candidato dos meios de comunicação verdadeiramente comprometidos com a liberdade e a democracia. Sua trincheira é a mesma dos grandes empresários do jornalismo que, em 1964, apoiaram a Revolução Redentora que trouxe anos de paz, democracia e liberdade para o Brasil.

O Presidente de Nascença resolveu que as maravilhosas publicações desses grandes democratas são indispensáveis à formação dos filhos das classes subalternas e seus incompetentes professores.

O assessor para assuntos gráficos e pornográficos do Mais Capaz dos Homens Públicos, sr. Paulo R. Gates de Souza, já encaminhou a contratação da editora que fica à beira da Av. Marginal Serra, em S. Paulo.  Um grupo de bispos progressistas paulistas já deu o imprimatur.

O Pres. Zezinho (direita) tem grande respeito pelo chefe da famiglia da Marginal.


A famiglia que controla a editora que se instalou junto às marginais comemorou a operação das mil Caras do pres. Zezinho. Segundo o coprojornalista Augusto N. do Rego, um dos empregados da famiglia, as mil caras do pres. Zezinho vão fazer muito sucesso entre a chusma ansiosa pela verdade.

As mil Caras do Presidente de Nascença já estão disponíveis para quem quiser vê-las. Basta visitar uma escola pública paulista e conversar com seus professores e alunos.
Comentário da tia Carmela

QUADRILHA DA MARGINAL: UDN fez uma grande festa junina na Av. Marginal Serra para comemorar as mil Caras do pres. Zezinho

O Zezinho sempre gostou desse negócio de ter muitas caras. Quando ele era criança, na época de carnaval ele adorava aquelas máscaras de papel que o seu João vendia na banca de jornal na esquina da rua da Mooca com a Orville Derby. Eram umas máscaras de pirata, frankestein, macaco, palhaço, cachorro, essas coisas. Eram de papel grosso com um elástico para prender atrás da orelha, e vinham com uns furos no lugar do olho e da boca. Ele arrumava dinheiro e comprava um monte daquelas, e saía na rua trocando de máscara o tempo todo. Ele achava que as pessoas não reconheciam ele, mas todo mundo sabia que aquele moleque que trocava de cara o tempo todo era o Zezinho.

Link curto deste post:
http://wp.me/py9tu-1fT


UOLDN produz marmelada em homenagem ao pres. Zezinho

21 de agosto de 2010
CAPITAL GASTRONOMICA: Acostumados à melhor comida do mundo, os eleitores infantis paulistas adoram a marmelada UOLDN.

CAPITAL GASTRONOMICA: Acostumados à melhor comida do mundo, os eleitores infantis paulistas adoram a marmelada UOLDN.

A campanha do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, é muito mais que uma campanha eleitoral. É uma enorme campanha cívica e de promoção do bem-estar do povo brasileiro.

Dentro do espírito de congraçamento, multiplicam-se pelo país as iniciativas de homenagem ao Presidente de Nascença. Modesto, o Almirante do Tietê só as aceita porque sabe que ajudam a melhorar a vida de todos os brasileiros.

É o caso da Marmelada UOLDN.  Preocupados com a saúde ocular do povo, alguns amigos e assessores do Gênio da Barão de Limeira iniciaram um programa de produção e distribuição de marmelada em homenagem ao Mais Competente dos Gestores.

Vitamina A: Marmelada da UDN/UOL ajuda a enxergar melhor a realidade.

Abençoada por Sta. Luzia: Marmelada UOLDN ajuda a enxergar melhor a realidade.

A Marmelada UOLDN é destinada não somente a adultos, mas também aos eleitores infantis paulistas e sulistas. Rica em vitamina A,  ajudará a enxergar melhor as virtudes do Mais Preparado dos Filhos da Mooca.

A Marmelada UOLDN é fruto de uma joint-venture entre a UOL, prestigiosa agremiação cyberpublicitária paulistana, e a UDN, a mais preparada das agremiações políticas brasileiras. Esses dois importantes pilares morais da nação juntaram esforços para mostrar ao inculto povo brasileiro as virtudes incomparáveis do Presidente de Nascença. Viram na marmelada a melhor alternativa.

Para a produção, antigas receitas publicadas no Jornal Mais Vendido do Brasil forma recicladas por uma equipe de especialistas. Além dos jornalistas de programa e comentaristas de aluguel do jornal, foram convocados três técnicos isentos da UDN para participar do desenvolvimento da Marmelada UOLDN. Segundo fontes suinocultoras da Al. Barão de Limeira, esses especialistas serão guindados a altos cargos no futuro governo do Presidente de Nascença, em merecida promoção por serviços prestados.

A Marmelada UOLDN é motivo de orgulho em SP.

Cada vez mais, os eleitores vermelhos consomem a Marmelada UOLDN e enxergam a verdadeira realidade: o pres. Zezinho é o Mais Preparado.

Repercussão

O lançamento da Marmelada UOLDN encontrou uma acolhida entusiasmada em todos os rincões pátrios. Por toda parte, a chegada do carregamento da Marmelada UOLDN é recebida com entusiasmo.

Em S. Paulo, os eleitores infantis entusiasmados consomem quilos e quilos da Marmelada UOLDN. Por isso, vivem tão felizes, apesar dos pedágios escorchantes, da violência, da educação de quarto mundo, da destruição da TV Cultura, dos serviços de saúde precários, dos surtos de dengue, do trânsito caótico, da lentidão das obras do metrô. Porque a Marmelada UOLDN os ajuda a enxergar que tudo isso é trololó petista, para atacar  a capacidade superior do Majestoso Encéfalo do pres. Zezinho.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Não tem faltado marmelada nas festas juninas da UDN.

O Zezinho sempre gostou de marmelada. Era o doce preferido dele, quando era criança. Quando ele levava os amiguinhos para brincar em casa, ele sempre oferecia marmelada para os meninos. Quando tinha festa na escola, ele levava marmelada. Quando tinha eleição para monitor na classe dele, ele e o Reinaldinho Cabeção distribuíam marmelada para todas as crianças, para ver se votavam no Zezinho. Mas a  marmelada que o  Zezinho sempre mereceu é a da  vara de marmelo, não o doce….


Mais um Pacotinho de Figurinhas dos Amiguinhos do Zezinho (n.15)

18 de agosto de 2010

Mais um pacotinho de figurinhas dos amiguinhos do Zezinho. Este já é o pacotinho 15.

Se você perdeu os anteriores, não se desespere. Troque com seus amiguinhos.

E não se desanime achando que vai levar muito tempo para completar o álbum: dia 4 de outubro ele acaba.

CLIQUE AQUI PARA VER TODOS OS PACOTINHOS E RECHEAR SEU ALBUM!!!

144 - PRECAUÇAO: A UDN antecipou-se. Com as eleições se aproximando, fica difícil encontrar um jornalista para alugar.

41 - EXPERIENTE: Garanhão velho obedece o dono sem refugar.

250 - DESPEJO: Em SP, os cenários de programas eleitorais costumam pegar fogo antes de virar avenidas.


43 - APAGAO ESTATISTICO: As seguidas falhas das pesquisas de opinião levaram o pres. Zezinho a decidir criar um ministério das pesquisas de opinião.

16 - FRACASSO AMBIENTAL: A tentativa de reciclar lixo no RJ não está funcionando.

3 - FIDELIDADE CANINA: Os candidatos da UDN em todo o Brasil fazem o impossível para ajudar na vitória do pres. Zezinho.

169 - POESIA: O Poeta romano Virgílius emocionou-se com as gentilezas do ex-diretor do Senado.

149 - O dep. Urzeni Rocha(PSDB-RR) é um grande inovador na área trabalhista.

169 – POESIA: O Poeta romano Virgílius emocionou-se com as gentilezas do ex-diretor do Senado.

67 - XUXU: Há certos pratos que que se comem frios.

180 - VORACIDADE: Quando alimentados com panetone, os filhotes da UDN crescem rapidinho.

169 - POESIA: O Poeta romano Virgílius emocionou-se com as gentilezas do ex-diretor do Senado.

89 - REFORMA AGRARIA: Os sem-terra ficaram muito agradecidos pela generosidade do Presidente de Nascença

00 - CONFIANÇA: A UDN tem certeza de que campanha do pres. Zezinho vai de vento em popa.

78 - PRES. ZEZINHO: Os eleitores infantis paulistas e seus líderes têm um modelo em quem se inspirar.

283 - A UDN foi buscar ajuda profissional para a campanha do pres. Zezinho.

77 - VITORIA CERTA: Os dados da UDN mostram que seus desejos serão atendidos.

14 - ESPERANÇA: Os insetos estão morrendo misteriosamente no comitê de campanha do pres. Zezinho.

111 - PECADO ORIGINAL: Sempre se pode contar com o perdão divino.


Cachorro-Lagosta aprova reforma do Jornal Mais Vendido do Brasil

9 de junho de 2010

O Cachorro-Lagosta acha que o jornal está com o visual e conteúdo adequados a sua finalidade.

As qualidades infindáveis  do Mais Preparado dos Brasileiros tem sido cantadas em verso e prosa pelos Mais Vendidos Veículos de Comunicação do Brasil. Neles, uma legião de jornalistas de estimação,  redatores de aluguel,  comentaristas de vida fácil e  repórteres de programa têm, com grande honestidade, mostrado ao povo inculto as virtudes do Presidente de Nascença.

Esse esforço merece a gratidão eterna de todos nós. Graças a tanta generosidade, libertos das trevas, os brasileiros podemos fazer coro às loas ao Mais Competente dos Gestores.

Mas a vontade de ajudar o país que reina nos corações  dos donos desses órgãos de imprensa não tem limites. Perfeccionistas, querem um jornal cada vez melhor.

Por isso, recentemente o Jornal Mais Vendido do Brasil fez uma profunda reformulação editorial e está de cara-de-pau nova.

As alterações agradaram muito o candidato favorito a vice do pres. Zezinho, o Cachorro-Lagosta. A importante liderança canino-udenista apreciou muito o novo visual do jornal, que considerou inspirador. Em seu comitê, o jornal é um sucesso. Tanto ele como seus assessores  sempre que vão ao banheiro fazem-se acompanhar do prestigioso periódico.

Inspiração: o sr. Afonso, um dos assessores do Cachorro-Lagosta, é só elogios ao novo visual. (Foto: Blog Vendedor de Bananas).

Em depoimento, o Cachorro-Lagosta elogiou muito a reformulação e disse que ela irá ajudar na eleição do pres. Zezinho, pois vai ficar mais fácil para os eleitores entender que a chapa Zezinho-Lagosta é a única alternativa para o Brasil sair da terrível situação em que se encontra.

O Cachorro-Lagosta adorou o novo formato do jornal.

Sentimental, o Cachorro-Lagosta emocionou-se quando o dono do jornal atirou um exemplar para ele ir buscar. Nesse momento, o inteligente líder udenocanino  foi às lágrimas ao recordar que já trabalhou como entregador do jornal.  E que foi o periódico que o inspirou em suas primeiras obras.

Já o Mais Genial dos Homens Públicos, o pres. Zezinho, anunciou que gostou muito do jornal e determinou que o super-herói GOLDMAN adquira 3,2 milhões de assinaturas para serem distribuídas aos pet-shops paulistas.

Reforma na hora certa

Com a reforma, o jornal ficou mais adequado a seu público. Passou a usar letras maiores, dado o envelhecimento dos seus leitores fiéis. A reforma deixou o jornal mais colorido, para chamar a atenção dos  eleitores infantis paulistas, e passou a usar uma linguagem menos elaborada, para adequar-se ao nível intelectual de seu público. Contratou um símbolo da vanguarda intelectual dos anos 1980 (uma famosa atriz de documentários de Arnaldo Jabá sobre polvos) para anunciar a reformulação, mostrando como o jornal está ligado às tendências da juventude contemporânea.

A qualidade da informação transmitida às classes  toscas de nossa pátria, essa manteve-se inalterada, felizmente.


Comentário da tia Carmela

O cachorro lá de casa também gostou.


Cachorro-Lagosta é vítima de dossiê de aloprados

1 de junho de 2010

O Cachorro-Lagosta está aguardando a hora certa para reagir aos ataques dos aloprados do planalto.

Mais uma bomba caiu hoje na campanha do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho.

Desta vez, o projétil não mirava diretamente o Presidente de Nascença. O alvo era o seu provável vice, o Cachorro-Lagosta.

A campanha udenista foi sacudida pela explosiva noticia publicada por um dos jornalistas de estimação do Mais Competente de Todos os Homens. A nota dizia que um conhecido do primo da tia do colega de academia do ex-marido da cunhada do vizinho de um homem que sentou a seu lado no avião teria ouvido dizer que a candidata do usurpador do planalto teria recebido  um envelope pelo correio. Nele, talvez houvesse documentos, que poderiam ser o álbum de figurinhas dos amiguinhos do Zezinho ou um dossiê contra o Cachorro-Lagosta.

Miséria estética: Os dossiês dos aloprados não tem a qualidade dos dossiês dos amiguinhos do pres. Zezinho.

O objetivo do dossiê, preparado por um grupo de aloprados, seria desestabiizar a chapa do Mais Inteligente dos Homens, inviabilizando a candidatura a vice da simpática liderança canino-udenista.

Tudo isso porque os aloprados sabem que a simpatia do Cachorro-Lagosta garantirá o voto infantil dos leitores da Revista Mais Vendida do Brasil.

É a segunda tentativa de alijar o latefundiario do posto. Há poucos dias, petistas tentaram lançar um falecido rinoceronte para a vaga. A manobra foi anulada graças à pronta e furiosa reação do Cachorro-Lagosta, apoiado pelos amiguinhos do pres. Zezinho que trabalham como fabricantes de silêncio nos Jornais Mais Vendidos do Brasil.

Repercussão

A notícia gerou um ataque de fúria do Cachorro-Lagosta, debelado por seu professor Cesar Millan, (Ph.D.-UCLA) com dois biscroques.

Também o Presidente Perfeito reagiu com indignação à notícia. Imediatamente determinou que seu assessor de imprensa, sr. Reinaldinho Cabeção, encaminhasse press-releases a todos os ghost-righters amiguinhos apontando os perigos para a democracia em tal ato dos aloprados.

QUADRILHA: Jornalistas compareceram à festa junina da UDN para comemorar a pronta reação da justiça.

Os releases, que serão publicados amanhã em todos os jornais e revistas, também informam que  monopólio de espalhar dossiês foi atribuído ao Presidente Zezinho por Deus em pessoa.

O futuro ministro da educação e assuntos gráficos, Paulo R. Gates de Souza, criticou o dossiê. Apesar de não o ter visto, disse poder assegurar que não tinha a mesma qualidade dos dossiês produzidos pela assessoria do Almirante do Tietê, estes sim, impressos em gráficas de primeiro mundo.

O setor jurídico da UDN rapidamente iniciou uma reação.  A líder da UDN na Procuradoria-Geral da República afirmou que vai ofercer denúncia contra a usurpadora do planalto, solicitando como punição a impugnação de sua candidatura e a sua condenação a prestar serviços comunitários limpando a sujeira produzida pela vítima.

Ainda há esperança: a justiça está do lado do pres. Zezinho.

Ainda há esperança: a justiça está do lado do pres. Zezinho (direita).

O líder da UDN no TSE  antecipou-se e deu sentença favorável ao pedido da líder da UDN na PGN, mesmo sem ter recebido os documentos. Pesou na sua decisão a declaração do jornalista R. Bolat de que o dossiê também significava uma ameaça à estabilidade cósmica.

O sr. Merdoval Pedreira, em sua coluna de hoje, disse que a notícia do dossiê certamente é verdadeira, mas que as acusações ao Cachorro-Lagosta, ainda desconhecidas, são completamente descabidas.

Comentário da tia Carmela
O Zezinho sempre gostou desse negocio de dossiê. Uma vez, quando ele estava no ginásio, ele saiu falando que um menino tinha feito um dossiê contra ele. Foi até reclamar com a diretora. Como ela não tinha o que fazer, ele mandou o Reinaldinho Cabeção espalhar que ela era cúmplice do menino. Deu um bode danado…