Cachorro-Lagosta faz sucesso na Parada Gay

6 de junho de 2010

O Cachorro-Lagosta disputa com Branco Dias (UDN-PR) a vaga de vice e a preferência da comunidade.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, deu hoje mais um passo decisivo rumo ao planalto.

Compareceu à Parada Gay em S. Paulo acompanhado de seu provável vice, o sr. Cachorro-Lagosta, e colheu frutos da popularidade da simpática liderança canina junto à comunidade LGBBTTVS.

Parada Gay Urgente, Zezinho Presidente!

A presença do Cachorro-Lagosta aumentou o já entusiasmado apoio da comunidade ao Mais Perfeito dos Brasileiros.

Muitos diziam que iam votar no pres. Zezinho se o Cachorro-Lagosta fosse confirmado como seu vice.

Empolgados, alguns participantes da animada  manifestação cívico-cultural pegaram  o Presidente de Nascença no colo e cantaram em coro: “Parada Gay Urgente, Zezinho Presidente.”

O pres. Zezinho estava que era só animação.

A diretora do Depto. de Pamonha e Curau da Procuradoria Geral da República informou que, como se tratava do pres. Zezinho, o ato não será considerado propaganda eleitoral antecipada.

Os mais entusiasmados se animaram quando o Maior dos Filhos da Mooca subiu em um carro de som e cantou “I Will Survive” ao lado do Cachorro-Lagosta, que acompanhou com uivos afinadíssimos. Do alto dos edifícios da Av. Paulista, chovia papel picado de dossiês antigos.

A empolgação era tanta que até o pitta de estimação do Presidente de Nascença foi aplaudido no evento, chegando às lágrimas por conta do gesto de ternura de seu dono, que puxou as palmas.

Mas a maioria dos participantes estava mesmo interessada no Cachorro-Lagosta. O simpático cãozinho mal conseguia caminhar, pois a todo momento precisava parar para atender os pedidos de fotografias e autógrafos.

QUADRILHA: A UDN aproveitou para fazer uma festa junina na Parada Gay.

QUADRILHA: A UDN aproveitou para fazer uma festa junina na Parada Gay.

Fontes ligadas à UDN disseram que a candidatura do Cachorro-Lagosta a vice saiu fortalecida do evento. Alguns candidatos, como Branco Dias (UDN-PR) e o Sinhozinho Agripino Malta (PFL-RN) praticamente desistiram depois de ver o prestígio do latefundiário canino entre a comunidade LGBBTTVS.

Comentário da tia Carmela

Eu, hein!… Esse Zezinho, pra ganhar um voto, faz cada coisa…. Subir no carro de som e cantar já é demais… Ele sempre cantou muito mal.Lá na Mooca, quando ele era criança, tinha um menino, o Paulinho, que era meio assim… Era um bom menino, mas era daqueles meninos mimados pela avó que só vivia no meio das meninas. Os outros meninos não queriam brincar com ele, coitado.  O Paulinho dizia que ia ser cantor, e chamava os outros meninos para ir brincar de programa de calouros na casa dele, mas nenhum ia. Só o Zezinho, que ia quando tinha eleição para monitor da classe ou pra carregar a bandeira na parada de 7 de setembro. Aí ele ia e levava o Reinaldinho Cabeção, para o Paulinho votar nele.

Anúncios

Viúva Porcina pode ser vice do presidente Zezinho

12 de maio de 2010

A certeza da eleição do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, tem agitado os meios políticos brasileiros.

Conflito conjugal: Sinhozinho Agripino Malta não aceita as pretensões da sra. Porcina, pois lugar de mulher é na cozinha.

Conflito conjugal: Sinhozinho Agripino Malta não aceita as pretensões da sra. Porcina, pois lugar de mulher é na cozinha.

Confiantes na vitória daquele que nasceu para ser presidente, muitos de seus correligionários da UDN e da ARENA têm se apresentado como candidatos a vice, ansiosos por ampliar as grandes contribuições ao Brasil que têm dado em sua vida política.

Foi por esse motivo, iluminado pelo amor à Pátria e disposto a sacrificar-se pelo Brasil, que Demoarruda Bauducco (UDN-DF) ofereceu-se para assumir o duro encargo de ser o vice do Presidente de Nascença. Infelizmente, apesar de ser esse o desejo do Mais Honesto dos Brasileiros, o destino não permitiu isso.

Muitos dos correligionários da UDN, imbuídos de um espírito missionário, generoso e despreendido de serviço à Pátria, ainda almejam desempenhar a honrosa messe de ser  vice do vindouro Maior Presidente de Toda a História.

Agora, a importante liderança do município nordestino de Asa Branca, a sra. Porcina, conhecida como Viúva Porcina, surge como possível candidata. Don Joze de Pan y Agua, importante aristocrata rural, lançou a candidatura da Viúva Porcina à vice-presidência. Segundo o manifesto publicado hoje às 14h26, os motivos que justificariam a candidatura vão desde a sua reconhecida prudência até a suas fortes ligações com o meio televisivo.

O Cachorro-lagosta já avisou que não larga o osso.

A publicação do manifesto repercutiu nos meios udenistas.  O candidato favorito do pres. Zezinho, o importante latifundiário Cachorro-Lagosta, destacada liderança canina da UDN, já avisou que não pretende largar o osso de jeito nenhum. Imediatamente o senador Marco Maciel declarou, no plenário do Senado, que não tem nada com isso.

A confusão piorou quando a cleptogovernadora Yeda Crusius (PSDB-RS) emitiu nota oficial declarando que é muito mais popular que a sra. Porcina para assumir a função, tendo em vista a enorme aprovação  de seu governo entre o povo gaúcho.

Ao que parece, a sra. Porcina encontrará dificuldades domésticas para levar adiante sua pretensão. Seu consorte, o sinhozinho Agripino Malta (ARENA-RN) ainda não perdeu as esperanças de ser o escolhido do presidente Zezinho, a quem tem balançado seu rabo de palha em todas as ocasiões. Segundo fontes da Caverna do Ostracismo, fundos, residência do ex-pensador FHC, o eminente general romano conta com o apoio de Caetano, cozinheiro do ex-presidente, que atualmente passa a maior parte do tempo trancado em um armário, por ordem do Presidente de Nascença.

Segundo o filho do marceneiro Gepetto, que trabalha na campanha do pres. Zezinho, a candidatura da Viúva Porcina enfrenta resistências internas na equipe de campanha, que não aceitou bem a carta por ele enviada ao Mais Inteligente dos Sábios, na última semana. Na mensagem, a sra. Porcina, atemorizada, questionava a declaração do futuro presidente de que chamaria o PT para integrar seu governo.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de artista. Quando ele era criança, lá na Mooca, pouca gente tinha televisão, mas ele via na casa do Renatinho. O pai do Renatinho era o seu Nicola, que tinha uma loja de ferragens na rua Carneiro Leão e era bem de vida. Naquela época, o Zezinho adorava a Miriam Simone, a Pepita Rodrigues e a Hebe Camargo. Ele saía da casa do Renatinho só falando delas e o Reinaldinho Cabeção ficava bravo porque nesses dias o Zezinho nem queria brincar com ele…


Pres. Zezinho é chegado a um rabo de palha…

28 de setembro de 2009
180px-DCaetano

Um dos viúvos de ACM aplaude o discurso do Zezinho: eles são tão modernos e cosmopolitas!

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho,  gravou um depoimento em vídeo elogiando o seu amiguinho Senador José Agripino Maia (ARENA-RN), ex-prefeito biônico de Natal, indicado pela ditadura militar.

No depoimento, o Presidente de Nascença e  Homem de Bom de São Paulo tece  elogios arreganhados ao politico potiguar.

O Coronel Agripino é famoso por sua permanente cobrança de postura ética do governo e também por ser protagonista dos escândalos Rabo de Palha (fraude eleitoral) e Ganhe Já (fraude contra contribuintes em RN).

No depoimento, o governador-maquinista destaca a simpatia, o charme, a malemolência e o algo mais do sinhozinho potiguar, que é um dos cotados para ser seu vice na derrota eleitoral de 2010.

A produção do vídeo revestiu-se de simbolismos.  Teve a direção de um ex-cineasta que contorna o desemprego fazendo um bico de copeiro na televisão, para demonstrar que o Prócer da Saúde Pública e o Coronel Agripino serão generosos em oportunidades aos amigos que precisarem.  A iluminação da cena usou detalhes amarelados, remetendo à cor da palha, em alusão a um dos grandes feitos do eminente arenista potiguar. Foi gravado na Bahia, tendo como assistente de direção um dos viúvos do falecido Coronel ACM, que soltava gritinhos e aplaudia a modernidade do Presidente por Direito Divino, comentando: “ele é incapaz de passar um sinal vermelho e de falar ‘menas'”.  Quanto ao Coronel Agripino, o viuvinho de ACM também era só elogios: “ele não é um analfabeto como Lula”.

Comentário da Tia Carmela: O Zezinho sempre gostou de coronel. Quando ele era criança, lá na Móoca,  no Grupo Escolar onde ele estudava  tinha um menino que não lembro o nome, que era filho de coronel. Ninguém gostava muito do menino, então o Zezinho nunca falava com ele na escola. Mas às vezes ia escondido no domingo na casa do menino para brincar com ele. Mas o que ele queria mesmo era ficar agradando o Coronel, pai do menino, pra ganhar uns chocolates estrangeiros que ele arrumava e todo mundo cobiçava.