Senado: O Mais Preparado dos Brasileiros busca refúgio em Brasília

30 de setembro de 2014
ELEGÂNCIA: O pres. Zezinho Já está fazendo as provas para ajustar o Manto da Impunidade Parlamentar às  medidas da conta de sua filhinha.

ELEGÂNCIA: O pres. Zezinho já está fazendo as provas para ajustar o Manto da Impunidade Parlamentar às medidas da conta de sua filhinha.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, escapou hoje de seu valhacouto na Caverna do Ostracismo, fundos.

O Presidente de Nascença ganhou as ruas de Higienópolis com a ajuda de milhares de eleitores infantis paulistas, indignados com sua triste situação, perseguido pela corja vermelha que não compreende seus modernos métodos de gestão.

Apoiada por detratores da empresa comunista Siemens e pela justiça da República Bolivariana da Suíça, a Conspiração Bolchevique Internacional acusa o Mais Honesto dos Homens Públicos de ser um dos líderes da Turma do Trensalão, grupo humorístico que desviou cerca de 1,5 bilhão de panetones do metrô de S. Paulo.

ORGULHO: O pres. Zezinho é um dos responsáveis pelo maior orgulho dos eleitores infantis paulistas, o Propinoduto Tucano, ligando a sede da UDN aos bancos suíços e caribenhos.

ORGULHO BANDEIRANTE: O pres. Zezinho é um dos responsáveis pelo maior orgulho dos eleitores infantis paulistas, o Propinoduto Tucano, ligando a sede da UDN aos bancos suíços e caribenhos.

A ímpia falange castrista conseguiu, inclusive, forçar a Polícia Federal a convocar, a contragosto, o pres. Zezinho para depor em inquérito que apura essa farsa. Como sempre camaradas, os policiais federais marcaram o depoimento`para depois das eleições, para não prejudicar o feliz congraçamento do Almirante do Tietê com seu eleitorado infantil.

Segundo fontes do que resta da UDN, o plano do Maior dos Filhos da Mooca é buscar  novo esconderijo no Senado Federal, onde estará abrigado sobre o manto mágico da impunidade parlamentar.

CARINHO: Os eleitores infantis paulistas sabem que estão no coração do pres. Zezinho.

CARINHO: Os eleitores infantis paulistas sabem que estão no coração do pres. Zezinho.

Gratidão
O pres. Zezinho está sendo ajudado por milhares de  eleitores infantis paulistas, gratos  por tudo de bom que ele e demais governadores da UDN fizeram pelo estado em termos de abastecimento de água, educação, saúde, segurança pública, transporte, e cordialidade policial.

Essas realizações da UDN. ao longo de 20 anos, fizeram muitos parisienses e londrinos roerem-se de inveja dos paulistas. Diariamente, milhares de imigrantes clandestinos vindos de Berlim, Copenhagen, Nova Iorque e Amsterdam são barrados no aeroporto de Cumbica, em busca de uma vida melhor na civilizada locomotiva udenista da Nação. Os paulistanos, no entanto, só aceitam os que chegam de Estocolmo, por uma questão de afinidade.

QUADRILHA: Tancredo Neves e Aloysio 300 mil prometem uma grande festa junina com dança e tudo para receber o pres. Zezinho no Senado.

QUADRILHA: Tancredo Neves e Aloysio 300 mil prometem uma grande festa junina com dança e tudo para receber o pres. Zezinho no Senado.

Assim como ele, seu colega de UDN e de Turma do Trensalão, Geraldinho do Vale, goza de grande popularidade na Paulicéia, por liderar a resistência ao petismo e aos direitos humanos na cosmopolita metrópole, e tem feito das tripas alheias coração para ajudar o pres. Zezinho a ir para o Senado e fazer companhia a seu inseparável amigo Tancredo Neves.

 

Comentário da tia Carmela
O Zezinho sempre gostou de aprontar e depois arrumar um jeito de se esquivar. Uma vez, quando ele ainda estava no grupo escolar, ele entrou na sala onde estavam as prendas para a festa junina e pegou todos os carrinhos para ele. No dia seguinte, teve eleição para monitor da sala e ele foi eleito. Quando a diretora foi na classe dele perguntar quem tinha pego os carrinhos, ele logo falou: eu não fui, porque eu sou monitor, então sou bem comportado. E ficou por isso mesmo…


Boneca inflável da UDN vira musa da democracia paraguaia

7 de julho de 2012

MODELO PARA AS AMÉRICAS: Secundada pelo capataz Monfranco, a boneca inflável prometeu à TV local total que a UDN lutará até o último centavo contra a entrada da Venezuela no Mercosul

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, enviou  hoje mensagem a Disneylândia, avisando que a missão enviada pela UDN para saudar o novo capataz do Paraguai foi um sucesso.

Prometida há alguns dias pelo Presidente de Nascença, a missão udenista foi a primeira delegação internacional a prestar homenagem à nova era da democracia paraguaia.

O objetivo da missão da UDN foi levar a solidariedade dos moradores da Caverna do Ostracismo ao recém-empossado capataz da República Transgênica do Paraguai, sr. Francisco Monfranco.

HOMENAGEM A STROSSNER: A boneca inflável da UDN depositou flores no túmulo do grande ícone da democracia paraguaia.

A missão da UDN ao país irmão foi chefiada pela líder da ala das bonecas infláveis da UDN, Bianca Dias.

Toda catota, a boneca inflável exibiu seu novo visual na recepção de gala oferecida pelo capataz. Sabedora de sua responsabilidade, trocou a cor do cabelo e botou um botox novo.

O poeta romano Virgílius também integrou a missão, e fez uma leitura dramática da nota oficial da UDN apoiando o golpe que levou o capataz ao poder.

Aplaudidíssimo, Virgilius chorou ao final da leitura do poema, sendo consolado pelo proconsul Agripinus, que aproveitou para propor ao novo capataz um negocinho de inspeção veicular em Ciudad del Este.

SEGREDOS UDENISTAS: O pres. Zezinho (DIREITA) não abre mão dos segredos que a Srta. Francine De L’Herbe constuma dizer aos seus ouvidos.

Estiveram presentes todos os altos dignitários da terra de Yparacai, exceto o zagueiro palmeirense Román e a principal autoridade do país, o Gerente Geral da Monsanto no Paraguai. Ele havia prometido participar do evento, mas acabou não indo porque teve que levar seu cachorro para passear.

Mal estar

No início da solenidade, uma gafe do cerimonial paraguaio quase pôs tudo a perder.

O mestre de cerimônias leu errado o nome da boneca inflável, confundindo-a com a Srta. Francine De L’Herbe, candidata-auxiliar do Mais Preparado dos Brasileiros na eleição deste ano.

As negociações iniciais da visita consideravam que a delegação da UDN seria chefiada pela Srta. Francine De L’Herbe, daí a falha. A boneca inflável foi escolhida porque o pres. Zezinho recusou-se a autorizar a ida de sua assessora para assuntos de downloads e uploads, por conta das eleições municipais, que demandarão seu infatigável trabalho de menina de recados do Maior dos Filhos da Mooca.

O capataz Monfranco ficou decepcionado e comentou com alguns capangas: “me gustaba mas que hubiese venido la De L’Herbe; es demócrata igual que nosotros y esta mejor que esta muñeca inflable, que tiene tan demasiado botox, que ya no se le queda firme em la cara”.

MODÉSTIA: A boneca inflável louvou a sabedoria dos donos do Paraguai em não ter imposto de renda no país: “pelo mesmo motivo, eu não costumo declarar minhas fazendas”.

Resolvido o mal-estar, o capataz mostrou-se gentil e encantado com os dotes democráticos da boneca inflável, a quem fez outorgar o título de Musa da Democracia Paraguaia. A boneca inflável quase estourou de satisfação.

OBEDIÊNCIA e ORGULHO: A boneca inflável da UDN atendeu aos apelos de seu líder.

Agenda oculta

Logo após o anúncio do sucesso da missão, notícias desencontradas começaram a correr. Dos caudalosos esgotos fétidos da Caverna do Ostracismo jorravam versões que diziam que havia um objetivo oculto na viagem da delegação chefiada pela boneca inflável.

Algumas fontes udenistas afirmam que a delegação tinha como objetivo real tomar algumas aulas de democracia para reproduzir em sua volta ao Brasil.

Outras fontes com trânsito e tráfico na Caverna do Ostracismo asseguram que a viagem, na verdade, foi para tratar de detalhes de uma operação secreta da UDN, liderada pelo Almirante do Tietê: a operação Caracu.

A operação tem como objetivo permitir o  estabelecimento do Acordo Caracu EUA-América do Sul, no qual os EUA entrariam com a primeira parte.

O acordo seria uma versão ampliada do Acordo Caracu EUA-Brasil, que tem sido sistematicamente boicotado pelos usurpadores do planalto. Neste acordo, o Brasil entraria com a retaguarda.

QUADRILHA: O capataz prometeu participar de uma festa junina quando for visitar o Brasil no futuro governo do pres. Zezinho. Ele e seus capangas Já estão ensainado para participar da dança típica.

A adesão do Paraguai é considerada vital pelo diretor do departamento de Acordos Caracu da Disneylândia, Sr. Ricardo Zúñiga. Ao que parece, o novo capataz paraguaio já antecipou que a parte paraguaia do acordo já está à disposição, e só espera os EUA entrarem logo com sua parte, que será a mais dura.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de gente sem nenhuma noção do ridículo.


Pres. Zezinho empolga a UDN: vamos avançar sobre São Paulo!

24 de junho de 2012

O pitta de estimação do pres. Zezinho empolgou-se com o clima da convenção e tentou avançar sobre o potinho de ração do Cachorro-Lagosta, que reagiu com fúria.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, acaba de ser aclamado candidato da UDN à prefeitura de São Paulo.

Com isso, o Presidente de Nascença terá a oportunidade de fazer uma divertida campanha-treino neste ano, preparando-se para a revanche Brasil-UDN em 2014.

A decisão do Maior dos Filhos da Mooca de aceitar a incumbência de dirigir a Locomotiva da Nação encheu de júbilo os eleitores infantis paulistas, que saíram às ruas para comemorar.

AMOR AO VERDE: Cotado para vice, o clone do Sr. Eduardo Jorge tem 200 mil razões para continuar na prefeitura.

Em seu emocionante discurso, o  Maior dos Homens Públicos assegurou que, nos 16 meses de seu futuro governo, continuará a obra de seu pitta de estimação, aprovada pela unanimidade dos orgulhosos paulistanos.

Questionado por um jornalista (já devidamente demitido) por que ficaria apenas 16 meses na prefeitura, o pres. Zezinho disse: eu não preciso de mais tempo do que isso para corrigir os problemas da cidade.

Empolgação

O Homem Que Já Nasceu Presidente comprometeu-se solenemente a  garantir que a UDN continue avançando sobre a riqueza de S. Paulo.

Os udenistas vibraram quando o Almirante do Tietê puxou a nova palavra de ordem da UDN: “Vamos continuar a avançar sobre São Paulo!”

As  finanças municipais serão uma das prioridades do governo do Maior de Todos os Economistas, que já escalou seu assessor para assuntos propinoviários, sr. Paulo Caixa Preta Dois, para avançar sobre as finanças do município.

APETITE UDENISTA: Os convencionais udenistas precisaram de poucos segundos para devorar o lanchinho que foi servido.

Outra prioridade serão os transportes. O Mais Inteligente dos Humanos declarou que não perderá tempo expandindo o sistema de ônibus e avançará sobre mais áreas verdes desnecessárias para construir novas avenidas, como fez na ampliação da Av. Marginal Serra.

LENHA NA FOGUEIRA: O pres. Zezinho prometeu que vai queimar etapas para completar o trabalho de seu pitta de estimação no avanço sobre as favelas de SP.

As favelas serão outra preocupação de seu governo. Em discurso inflamado que incendiou a convenção, disse que a UDN continuará a avançar sobre as favelas, em um ritmo quente e fogoso, garantindo um revolucionário sistema de aquecimento aos moradores.

O ponto alto da solenidade deu-se quando O Mais Correto dos Homens Públicos também prometeu avançar sobre o patrimônio público municipal, através de um programa de privatizações de imóveis, empresas e serviços públicos  conduzido com a mesma honestidade e competência que caracterizou sua passagem pelas privatizações federais.

Nesse momento, o ex-sábio FHC não se conteve e caiu em prantos, dizendo baixinho: “até que enfim alguém aqui reconheceu minhas obras”.

QUADRILHA: Os eleitores infantis paulistas fizeram uma bela festa junina para alegrar a convenção da UDN.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de avançar sobre as coisas dos outros.  Quando  ele era criança, na Mooca tinha várias pessoas que faziam festa de Cosme e Damião. No dia dos santinhos, elasdistribuíam doces para a molecada.  Nesse dia, o Zezinho ficava muito assanhado. Ele se oferecia para ajudar na distribuição.  Aí, tudo mundo dizia: “como o Zezinho é bom menino, ajuda a distribuir os doces”.  Ele organizava tudo bem organizadinho numa mesa na calçada. Só que, na hora de distribuir, ele mesmo avançava sobre a mesa e pegava quase tudo pra ele e deixava as outras crianças só com um pirulito cada. Depois, mandava o Reinaldinho Cabeção sair espalhando pelo bairro: “o Zezinho é muito honesto e muito competente, distribuiu os doces direitinho”.


Pres. Zezinho troca a Parada Gay por passeio em NY

11 de junho de 2012

TRIBUTE: Pres. Zezinho recebeu homenagem de esportistas em NY.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, decidiu esticar seu giro em New York ao lado do novo ideólogo da UDN paulista, Dep. Tiririca.

Com isso, o Presidente de Nascença não teve condições de cumprir a promessa de participar da Parada Gay de São Paulo, neste domingo.

Em nota oficial, o Maior dos Filhos da Mooca minimizou o compromisso anteriormente assumido:  “Era só uma palavrinha que eu tinha dado, dando uma confirmaçãozinha de que eu ia dar uma passadinha na paradinha gay. Coisa sem importância, ninguém vai notar”.

O Maior dos Democratas  escalou para substituí-lo na Parada Gay a Srta. Francine De L’Herbe (UDN-SP), sua  laranja eleitoral para a campanha–treino deste ano.  A Srta. Francine participou daquele desfile de degenerados visivelmente constrangida, contrariando seus valores e crenças tão duramente adquiridos na convivência noturna com o Grande Líder Moral da Pátria Paulista.

Versões desencontradas

O Pres. Zezinho levou umas malas especiais para carregar pacoteiras, presente de seus amigos goianos.

Dos caudalosos esgotos da Caverna do Ostracismo continuam  jorrando versões desencontradas para a ausência do pres. Zezinho.

Alguns dos moradores do Retiro do Udenista atribuíram  a decisão ao desejo do Pres. Zezinho de não desagradar seu conselheiro moral, Pastor $ila$ Malacheia, a quem prometeu acabar com a viadagem, na próxima vez que assumir a prefeitura por uns meses.

Outros udenistas comentaram  que o motivo da permanência do Mais Honesto  dos Brasileiros relaciona-se com malas cheias, mas que é totalmente outro.  Sem entrar em detalhes, apenas observaram que o asessor para assuntos propinoviários da UDN, Sr. Paulo Caixa Preta Dois, foi junto, para carregar a pacoteira que o pres. Zezinho vai trazer.

QUADRILHA: A UDN prefere festa junina a parada gay.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca gostou de parada. Quando ele era criança, lá na Mooca, tinha a parada de 7 de Setembro e os meninos da escola tinham que desfilar. O Zezinho odiava ir e costumava dizer: “se fosse, pelo menos, parada de 4 de Julho, ainda vá lá!”. Uma vez, ele convenceu o Reinaldinho Cabeção de que tinha sido escalado pela professora para ser o D. Pedro I na parada, e que o Reinaldinho Cabeção teria que ser o cavalo do D. Pedro.  Na hora da parada, o Zezinho montou nas costas do Reinaldinho Cabeção e foi assim a parada toda. No final, o pai do Reinaldinho Cabeção estava esperando, muito bravo, e levou o moleque pela orelha até em casa, dizendo: “isso é pra você aprender a não deixar o Zezinho montar em você!.” E o Reinaldinho Cabeção dizia: “mas eu não fiz nada demais…”


Pres. Zezinho vai a New York com Tiririca

8 de junho de 2012

HIGIENÓPOLIS EM FESTA: Os eleitores infantis paulistas comemoraram a entrada de mais um intelectual na campanha do pres. Zezinho.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, fez uma viagem de surpresa para New York, nesta sexta-feira.

O Presidente de Nascença foi à capital financeira mundial acompanhado de seu novo coleguinha, o pensador Tiririca, que é  deputado federal por um partido alugado recentemente pelo pres. Zezinho.

O aluguel do novo partido  foi aclamado em editorial do Jornal Mais Vendido de São Paulo, que afirmou que “a UDN aliou-se a um partido que tem grandes afinidades com suas práticas. Além disso, trazer para a campanha do  Mais Preparado dos Brasileiros um intelectual do porte de Tiririca é fazer justiça à inteligência  dos eleitores infantis paulistas.”

Segundo a versão oficial, o Maior dos Filhos da Mooca foi a New York com seu futuro secretário do planejamento para conhecer os serviços on line da prefeitura.

CONGRUÊNCIA: O ex-sabetudo FHC (direita) deu uma conferência em um circo na Al. Barão de Limeira sobre as afinidades entre a UDN e o partido de Tiririca.

Uma  outra versão, no entanto, circula na Caverna do Ostracismo.

Importantes udenistas que pediram anonimato através de um habeas corpus do Min. Gilmar Dantas asseguram que a passagem por New York é apenas um despiste.

O real motivo da viagem seria  outro: o Maior dos Homens Públicos teria ido levar Tiririca a um ritual de descarrego e iniciação udenista em Coral Gables, Flórida, presidido pelo assessor de Obama para assuntos brasileiros, Sr. Mickey Mouse.

Carona

Mas a verdade pode ser mais complexa.

Outras versões têm vazado dos caudalosos esgotos da Caverna do Ostracismo, fundos.

O sr. Paulo Caixa Preta Dois tem ajudado o pres. Zezinho na prática de esportes radicais.

Vários analistas notaram o fato de que o assessor para assuntos propinoviários da UDN, sr. Paulo Caixa Preta Dois pegou uma carona no jatinho do pres. Zezinho.

Especula-se que o caronista na verdade tenha ido para ajudar a levar uns brindes que o pres. Zezinho ganhou de umas empreiteiras do Robanel.

Segundo informações obtidas em off, a viagem teria relação com esses brindes, sendo que o Maior dos Governantes de S. Paulo teria recebido 10 calendários com lindas fotos de cachoeiras goianas. Generoso, teria ficado com apenas 60% deles e doado os outros para seu pitta de estimação e para o Barão de Pindamonhangaba.

QUADRILHA: A UDN de Goiás está preparando uma linda festa junina para comemorar o retorno do pres. Zezinho dos States.

Ainda não se sabe quantas folhinhas foram repassadas para o sábio Tiririca e seus correligionários, mas é dado como certo que o menino de recados do Presidente de Nascença, sr.  Bob Freire, ficou enciumado com as novas amizades de seu empregador.

Comentário da tia Carmela

Duvido que ele tenha ido apresentar o Tiririca pro Mickey. Quando era criança, lá na Mooca, o Zezinho sempre preferiu o João Bafo-de-Onça.


Pres. Zezinho parabeniza Obama pelo acordo

1 de agosto de 2011

Acordo de Obama só foi possível graças às orientações do pres. Zezinho.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, enviou hoje mensagem ao Sr. Obama, cumprimentando-o pelo sucesso no acordo da dívida dos EUA.

BOM EXEMPLO: O pres. Zezinho elogiou a postura altiva do Imperador na negociação com os republicanos.

Em sua mensagem, o Presidente de Nascença elogiou a sabedoria do Imperador na solução da crise que envolvia o Grande Irmão do Norte.

Segundo o Maior dos Filhos da Mooca, o Imperador tomou medidas corretíssimas previstas na cartilha econômica da UDN.

ECONOMIA: O Imperador jurou que não vai mais gastar dinheiro em bobagem, para sobrar para o essencial.

O Almirante do Tietê manifestou especial satisfação com o compromisso do Imperador com o corte de gastos sociais e com a manutenção de impostos baixos para os mais ricos.

Privadamente, o Maior dos Homens Públicos comentou com seus assessores que faltou apenas a privatização da Estátua da Liberdade e do Capitólio, para a total correspondência com o novo programa da UDN, que prevê a privatização do Oceano Atlântico e do Rio Amazonas.

Conselheiro especial

Fontes da Caverna do Ostracismo, fundos, informaram que o pres. Zezinho teve um papel importante na costura do acordo da dívida dos EUA, atuando como o mais importante conselheiro do Imperador, que chegou a ligar-lhe três vezes no último domingo, em busca de orientações econômicas.

Modesto, o Maior dos Economistas tem procurado manter sigilo sobre sua contribuição, e já recusou o Prêmio Nobel de Economia que lhe foi oferecido nesta manhã.

As mesmas fontes informam que, como prova de gratidão, o Imperador mandou ingressos para a Disneylândia para o pres. Zezinho levar sua filhinha.  O também Imperador agradeceu os conselhos decisivos e prometeu a maior das recompensas para o Presidente de Nascença: voltar à carga para a assinatura do maior dos projetos do  pres. Zezinho, o Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual os EUA entrarão com a primeira parte.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Os eleitores infantis paulistas fizeram uma bela festa junina para comemorar o apoio do pres. Zezinho ao acordo da dívida dos EUA.

O Zezinho sempre gostou de cumprimentar os outros. Uma vez, quando ele estava na escola, ele ficou atiçando dois meninos para  brigarem na saída. Espalhou para todo mundo que o Nicola tinha xingado a mãe e as irmãs do Roberto, filho do Seu Núncio, o jornaleiro. O Roberto foi tirar satisfação com o Nicola, que disse que não tinha feito nada, aí o Roberto foi perguntar pro Zezinho qual era a verdade. O Zezinho, que queria ver os dois brigando porque não gostava do Nicola, que tirava notas melhores que as dele, disse que o Nicola tinha falado sim, e que agora ainda estava espalhando que o Roberto tinha arregado, que ficou com medo de apanhar dele. O Roberto acreditou e esperou o Nicola na saída. O Nicola, que era o mais fraquinho, levou só um tapa e logo saiu correndo e chorando. A molecada toda ficou rindo dele, dizendo que era cagão. Ele ficou com tanto medo e tanta vergonha que nem conseguiu ir à escola no resto da semana.  O Zezinho, então, pegou umas frutas amassadas ou estragadas que o pai ia jogar fora, fez um cesto e colocou um cartão escrito: “Parabéns pela sua coragem. Você é um exemplo para todos nós.”  E deixou na porta da casa do Nicola…


Vidente da UDN-PE derruba embaixador dos EUA no Brasil

7 de julho de 2011

REPÚBLICA DE BANANAS: Assessores de Sarah Palin acusam Pai Jarbas de invocar o Coisa-Ruim.

O Sr. Jarbas Coullet,  motorista pernambucano do Mais Preparado dos Brasileiros. o futuro pres. Zezinho, costuma fazer uns bicos como vidente e curandeiro para defender um extra no fim do mês. Nessas horas, encarna o Pai Jarbas, o esotérico preferido da UDN.

O Presidente de Nascença não apenas tolera a dupla jornada do Sr./Pai Jarbas, como se  tornou cliente, depois dos problemas que teve com um astrólogo picareta.

ACERTO: Pai Jarbas também previu que a família de Mr. Sobel jamais teria um ladrão.

Além de usar os serviços do Pai Jarbas, o Almirante do Tietê o indica a seus amigos que estão precisando de uma forcinha para desatar nós. Mas nem sempre isso dá certo.

Foi o que revelou o famoso site de fofocas da Disneylândia, TititiLeaks. Segundo o noticioso de fontes secretas, um mal atendimento do Pai Jarbas provocou a queda do  ex-embaixador dos EUA no Brasil, em 2006, em uma intricada trama internacional.

O diplomata estadunidense Clifford Sobel estava angustiado  com a resistência do então usurpador do planalto à assinatura do Acordo CARACU EUA-Brasil, que havia sido brilhantemente concebido pelo pres. Zezinho. O plano do Maior dos Homens Públicos era que o Brasil entrasse com a segunda parte do acordo.

Preocupado com o progresso nacional e a segurança hemisférica, o Grande Estadista da Mooca aconselhou Mr. Ambassador a consultar-se com Pai Jarbas.

SURURU: Caetano, o cozinheiro da Caverna do Ostracismo, preparou um sururu com leite de coco para o jantar que arruinou a carreira de Mr. Sobel.

O encontro secreto aconteceu em um jantar reservado na Caverna do Ostracismo, do qual também participaram o pres. Zezinho e o ex-intelectual FHC.

Na consulta, Pai Jarbas fez a leitura de vísceras de caranguejo e previu que a UDN seria bem sucedida em fazer o usurpador do planalto assinar o Acordo CARACU EUA-Brasil, na qual os EUA entrariam com a primeira parte.

O pres. Zezinho ficou muito invocado ao ouvir essa previsão e gritou para Pai Jarbas: “Não pode ser! Sou eu quem vai assinar o Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual o Brasil vai entrar só com a retaguarda!”

TRAGÉDIA: Pai Jarbas também previu o terremoto do Chile, mas o adido cartográfico do país irmão não estava prestando atenção na hora do aviso.

A situação desatou uma rumorosa discussão, a muito custo contida pelo ex-sábio FHC, que argumentou com seus correligionários: “Pas comme ça! Ce n’est pas possible!  Le gringo pensera qui nous sommes des sauvages!”

De volta a embaixada, ainda sob o efeito torturante do sururu, Mr. Sobel enviou um telegrama para Washington dizendo “A consulta com o tal Pai Jarbas foi uma selvageria da qual ainda não me recuperei. Tanto que escrevo este telegrama de uma área menos nobre da embaixada. De qualquer maneira, tanto o Pai Jarbas, quanto o  Pres. Zezinho e o ex-alguma coisa FHC garantiram que vai ser fácil fazer o Brasil entrar com a segunda parte do Acordo CARACU EUA-Brasil.”

Entretanto, não foi isso o que aconteceu. Irritada com o fracasso, a Hillary da época, Mrs. C. Rise, demitiu Mr. Sobel, que foi tentar a vida no comércio de artigos finos para cavalheiros em Miami, também sem muito sucesso.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: O jantar terminou em uma bela festa junina em homenagem ao Acordo CARACU EUA-Brasil.

O Zezinho sempre gostou de sururu.  Às vezes, ele e o Reinaldinho Cabeção iam brincar com o Raimundinho, que era  filho de um casal de  pernambucanos que morava perto da casa dele. Num desses dias, a mãe do Raimundinho estava fazendo sururu e ofereceu para os moleques. Aí o Zezinho disse para o Reinaldinho Cabeção que era bom colocar bastante pimenta, e despejou meio vidro no prato do Reinaldinho Cabeção. O moleque comeu o sururu com pimenta e começou a passar mal. O Zezinho ria e gritava: “sururu, sururu, no dos outros é refresco!”  e completava com um nome feio que rimava com sururu.


Caso Battisti: Itália ameaça mandar Diogo de M. de volta ao Brasil

10 de junho de 2011

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, foi chamado às pressas para interceder em mais uma trapalhada internacional do ex-usurpador do planalto.

Desta vez, o Presidente de Nascença deverá evitar que seu chapa Berlusconi envie  de volta ao Brasil um terrível pacote de material contaminante que mantém escondido em Veneza.

A defesa civil distribuirá antídotos contra a carga contaminante que Berlusconi quer enviar ao Brasil.

O fodão de Roma, Milão e adjacências fez essa ameaça depois que o STF declarou que a decisão do ex-usurpador  do planalto no caso Battisti era válida.

Segundo informações publicadas na revista de uma das famiglias amigas do Sr. Berlusconi no Brasil, o FHC da Lombardia teria dito a assessores: “Se eles querem guerra, vão ter. Vamos mandar o Diogo de M. de volta para aquela republiqueta de bananas!”

As mesmas fontes informam que o Sr. Diogo de M. relutou em aceitar a missão. Cedeu apenas depois de garantias dadas pessoalmente por Berlusconi.

Agentes da Vigilância Sanitária preparam megaoperação para evitar desembarque de carga contaminante que Berlusconi vai mandar de Veneza.

Indagado se era por medo da Vigilância Sanitária, disse que o problema era outro: tinha medo dos cobradores quando chegasse ao Brasil. Mas animou-se depois que o Sr. Berlusconi prometeu que daria o passe de Robinho em garantia de suas dívidas.

Pavor e desespero

A notícia caiu como uma bomba nos meios diplomáticos e na vigilância sanitária brasileira.

Informada das terríveis consequencias, a usurpadora-mirim do planalto teve uma infrequente crise de choro. Informado do torpor que se apossava do governo,  o pres. Zezinho ofereceu-se para resolver a crise.

A srta. Francine De L'Herbe saiu furiosa: Berlusconi prometeu umas assessoras especiais para o pres. Zezinho.

A proposta foi prontamente aceita, e o Maior dos Filhos da Mooca mostrou-se duplamente excitado com a viagem.  Além de ajudar o Brasil com seus dotes de estadista, ainda arrumou alguma coisa para fazer, já que ninguém mais queria jogar bocha com ele, na Caverna do Ostracismo.

O Presidente de Nascença decolou ontem à noite  para a Itália, onde se reunirá com o Sr. Berlusconi e com o Sr. Diogo de M., em Veneza.

Na Caverna do Ostracismo, a  ida do pres. Zezinho à Cidade dos Ratos foi recebida com entusiasmo.

QUADRILHA: A convenção da UDN fará uma festa junina para comemorar a volta do Sr. Diogo de M.

Segundo fontes da UDN, muitos correligionários confidenciaram ter uma certa esperança de que o Maior dos Homens Públicos se ambiente na localidade e fique por lá.

Comentário da tia Carmela

Puxa vida! Eu passo quase um mês viajando e quando volto tem logo uma notícia dessas! O Diogo de M. novamente no Brasil, ninguém merece! Mas eu acho que o Zezinho está indo lá para ajudar a preparar a viagem, não para impedir…


Pres. Zezinho nomeado cônsul honorário de país africano

27 de abril de 2011

Os eleitores infantis paulistas gostam de sabores exóticos.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, recebeu hoje mais uma homenagem para engrandecer sua já abarrotada galeria de honrarias internacionais.

Desta vez, um importante país africano nomeou o Presidente de Nascença seu cônsul honorário em São Paulo.

Trata-se da República do Níger, simpático, mas quase desconhecido, país situado na Africa, entre a Argélia e a Nigéria.

A nomeação do pres. Zezinho foi uma forma encontrada pelo governo do Níger de agradecer ao Maior dos Filhos da Mooca por seu maravilhoso trabalho para divulgar o nome do país no Brasil. (Clique aqui para conhecer).

Festividade

Uma multidão de importantes udenistas participou da cerimônia de nomeação, realizada na Caverna do Ostracismo, fundos.

A homenagem foi entusiasticamente aplaudida por alguns dos principais colaboradores e amigos do pres. Zezinho. O Faraó das Alterosas, sr. Tancredo Neves, disse que a homenagem  era merecidíssima, mas que era uma honraria que ele não faria questão de receber, pois prefere uma branquinha.

O grande ausente na festa foi o importante analista internacional, sr. Diogo de M., que não comparece porque se encontra foragido. Mesmo assim, mandou um vídeo cumprimentando o pres. Zezinho e avisando que vai escrever um livro mostrando que o usurpador do planalto jamais receberia uma homenagem tão importante: “no máximo, seria embaixador de Salinas em São Bernardo do Campo”.

A srta. Francine De L'Herbe ofereceu um banquete ao pres. Zezinho, para comemorar a honraria, mas disse que a Caracu combina melhor com ele que a Níger.

O ex-intelectual FHC mostrou-se surpreendido: “Eu fui pego de surpresa, mas achei justa a homenagem; eles já me haviam oferecido ser consul honorário do país deles, mas eu declinei, por modéstia. Deixa o Zezinho ser o cônsul, já que não é nenhuma brastemp”, disse o ex-sábio, tentando assumir o lugar de animador da festa, depois que o ex-comediante Marcelo, que saiu do bairro de Madureira diretamente para o reduto udenista de Higienópolis, adormeceu sobre a mesa.

Outros udenistas importantes também se confundiram com o fato da homenagem vir do Níger, e não da Caracu.  “Quando pensa no Zezinho, a gente sempre pensa em Caracu”, lembrou o importante jornalista de aluguel, sr. Merdoval Pedreira, referindo-se ao Acordo Caracu EUA-Brasil, proposto pelo pres. Zezinho, no qual os EUA entrarão com a primeira parte.

O sr. Merdoval ainda cobrou o Imperador Obama: “ao invés de vir visitar a usurpadora-mirim do planalto, o Imperador devia homenagear  o pres. Zezinho.”

QUADRILHA: Os udenistas gostam muito de carros importados e dançaram a valer na festa junina organizada por Tancredo Neves para comemorar a homenagem.

Mas o assessor do Imperador para assuntos brasileiros, sr. Donald Duck, disse a jornalistas que  não haveria homenagem da parte dos EUA: segundo o porta-voz da Disneylândia, o pres. Zezinho não fez mais que a obrigação ao apoiar o Acordo Caracu EUA-Brasil.

Comentário da tia Carmela

Quando era criança, o Zezinho adorava tomar cerveja Níger. Ele pegava uma garrafa do pai e ia beber escondido em um terreno que tinha na Rua dos Trilhos, perto de onde hoje é a faculdade.  Uma vez o Reinaldinho Cabeção pediu para ir com ele beber Níger escondido, e o Zezinho deixou. Chegando lá, abriram a garrafa e, quando tomou o primeiro gole, o Reinaldinho Cabeção engasgou e cuspiu a cerveja, dizendo que era muito amarga. O Zezinho ficou muito bravo, e deu uns croques na cabeça do Reinaldinho Cabeção. Ainda disse: “é bom ir se acostumando, porque se quer andar comigo, vai ter que engolir muita Níger…”


Pres. Zezinho vai resolver a falta de mucamas

8 de fevereiro de 2011

O prof. Hariovaldo de Almeida Prado disse que não vai oferecer suas mucamas Ritinha e Samantha Hauser para o mutirão, porque esse negócio de dividir é coisa de comunista.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, mesmo não tendo ainda assumido o lugar que é seu de direito, sabe que não pode esperar para resolver os mais graves problemas do país.

Por isso, o Presidente de Nascença decidiu atacar agora uma das grandes prioridades nacionais: a escassez de mucamas.

O Maior dos Filhos da Mooca ficou muito sensibilizado ao ler reportagem do Jornal Mais Vendido do Brasil, apontando a dificuldade que as pessoas bonitas de Higienópolis  têm enfrentado para encontrar mucamas a preço justo.

Estado eficiente: Os eleitores e eleitoras da UDN exigem o fim da burocracia.

Chegou a chorar com a triste história da executiva que não tinha mais empregada 24 hs por dia. Comoveu-se profundamente com  o caso das senhoras obrigadas a pagar horas extras às suas mucamas por trabalho no fim-de-semana.

Muito condoído, o pres. Zezinho ligou para a sra. Miriam Cochonne, importante jornalista econômica,  para protestar contra os astronômicos  salários exigidos pelas ingratas mucamas.

Apesar de não ter sido perguntado, disse que defendeu aumento do salário mínimo na campanha eleitoral, mas não queria aumentar o salário já alto das mucamas, que compromete todo o orçamento familiar de seus eleitores da Vila Madalena.

O ex-sábio FHC é chegado numa mucama desde pequenino.

Na mesma entrevista, o Mais Competente dos Gestores, além de mostrar que compreende os maiores problemas da nação, também fez uma precisa avaliação do governo natimorto da usurpadora-mirim do planalto. Demonstrou que a crise das mucamas é  culpa da incompetência da chavez de saias, que ainda não fez a tão necessária reforma trabalhista porque só se preocupa com acabar com a miséria no país.

Sensibilizado, o Almirante Tietê resolveu iniciar um grande mutirão nacional para que as mulheres modernas de Pinheiros que necessitam de mucamas 24/7 possam selecionar mucamas dedicadas,  obedientes e honestas: o Mutirão das Mucamas.

O Incansável Pai da Pátria Paulista determinou que  a srta. Francine De L’Herbe deveria coordenar o Mutirão das Mucamas. Infelizmente, a  importante líder fumo-herbáreo-nudista do  bairro da Lapa declinou a honraria, pois agora dedica-se ao bordado e à confecção de  panos de prato.

ORGULHO E FINESSE: A sra. Danilza mandou um cartão agradecendo, mas disse que não estava precisando da boquinha que o pres. Zezinho ofereceu.

Um pouco contrariado com a atitude inesperada da srta. Francine De L’Herbe, o pres. Zezinho convidou então sua grande amiga Danilza Leão, que não aceitou porque estava ocupada colocando cadeados na geladeira  e numerando os rolos de papel higiênico de seu apartamento.

Já sem muitas alternativas, entregou a grande responsabilidade ao ex-pensador FHC, notório especialista em mucamas. Após telefonar para Bill Clinton pedindo permissão, o ex-sabetudo aceitou o convite. Segundo fontes da Caverna do Ostracismo, fundos, o ex-intelectual pediu a seu cozinheiro Caetano para arrumar bem o sofá da sala, para que ele pudesse fazer as entrevistas de seleção com as candidatas a mucama.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: A festa junina da UDN paulista foi cancelada porque os coitadinhos desmaiaram ao saber quanto ia custar a babá.

O Zezinho sempre gostou desse negócio de mucama. Quando estava na escola e estudou a escravidão, ele ficou muito impressionado com as mucamas. Dizia que queria ter uma mucama também, para servir ele dia e noite. Então, ele resolveu brincar de mucama. Amarrou uns panos brancos no Reinaldinho Cabeção e disse pro moleque: “eu vou ser o senhor do engenho e você vai ser a mucama”. Então o Zezinho ficou a tarde toda sentado em uma cadeira de balanço da tia dele, enquanto o Reinaldinho Cabeção, com aqueles panos brancos amarrados no corpo e na cabeça, ficava abanando o Zezinho com um leque, porque estava calor. De vez em quando, o Zezinho dizia para o Reinaldinho Cabeção: “mucama, vai buscar um copo de água gelada pra mim”. O Reinaldinho Cabeção saía correndo pra trazer logo a água pro Zezinho, mas aí o Zezinho dizia: “beba você, que minha sede já passou porque você demorou, mucama preguiçosa”. E o Reinaldinho Cabeção bebia. Depois de uns dez copos, o Reinaldinho Cabeção pediu para ir fazer xixi, mas o Zezinho disse que não, que a mucama tinha que ficar à disposição o tempo todo. O Reinaldinho Cabeção obedeceu, mas depois de uns minutos não conseguiu mais segurar e fez xixi nas calças.No dia seguinte, de manhã, o Zezinho contou para toda a molecada que o Reinaldinho Cabeção tinha feito xixi nas calças. Toda a molecada riu do Reinaldinho Cabeção, que saiu correndo chorando. De tarde, ele foi procurar o Zezinho na casa dele e falou: “Zezinho, vamos brincar de mucama de novo?”


Pres. Zezinho lidera UDN no socorro ao Faraó

31 de janeiro de 2011

SOLIDARIEDADE ORGANICA: O faraó ligou para o pres. Zezinho pedindo ajuda.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, é reconhecido em todo o planeta como um estadista generoso e pacifista.

Por isso, em um momento de adversidade, o Faraó do Egito pediu socorro ao Presidente de Nascença para controlar distúrbios promovidos por um bando de baderneiros treinados pelo MST e APEOESP.

Solidário com seu amigo Faraó, o Maior dos Filhos da Mooca decidiu emprestar sua expertise em resolver conflitos de forma negociada e pacífica.

Em um gesto de solidariedade, convocou seus seguidores para socorrer o mandatário egípcio.

GRATIDAO: Na juventude, o pres. Zezinho costumava ir pedir conselhos ao Faraó, e agora quer retribuir.

Sempre inimigos da baderna, os próceres da UDN paulista ofereceram o que tem de melhor. O muy amigo do pres. Zezinho, sr. Geraldinho do Vale, colocou à disposição do Maior dos Brasileiros a polícia paulista, sempre exemplar no trato pacífico de manifestações populares e protestos sem razão.

O resultado da iniciativa foi a constituição de uma força expedicionária pacifista da UDN, destinada a ajudar o Faraó a superar as pragas que têm afligido seu democrático país. Sob o comando firme porém manso e compreensivo do pres. Zezinho, a força deverá, em questão de dias, acabar com a crise usando os delicados métodos de persuasão que consagraram o pres. Zezinho como grande pacifista, durante sua passagem pelo governo paulista.

Corrente do bem

PREPARO: O pres. Zezinho treinou a polícia paulista para tratar os manifestantes com cortesia e respeito aos direitos humanos.

Logo o exemplo do pres. Zezinho estendeu-se para todo o Brasil. Sempre irmandada com a sessão paulista, a UDN de Minas Gerais somou-se à iniciativa. O Faraó das Alterosas manifestou sua mais profunda solidariedade a seu colega do Cairo.

Preocupado com o futuro de seu homólogo filho de Amon, o sr. Tancredo Neves já lhe ofereceu asilo em sua pirâmide administrativa, caso ele tenha que deixar as margens do Nilo.

Do Retiro do Udenista (sito à Caverna do Ostracismo, fundos), veio mais uma onda de solidariedade ao Faraó e de apoio à iniciativa do pres. Zezinho. Importantes lideranças múmio-udenistas devem juntar-se à força expedicionária.

ARQUEOLOGIA: Militares brasileiros salvaram uma serpente mumificada durante o saque do Museu Egípcio. A serpente foi encaminhada à Caverna do Ostracismo.

Outros ofereceram apoio moral, como o ex-pensador FHC, que escreveu um pomposo editorial para um importante jornal falido paulista, no qual demonstra que a culpa pela crise egípcia é do ex-usurpador do planalto: “durante meu governo, o Egito vivia em paz e prosperidade sob o comando do Faraó; Lula não fez nada para assegurar essa continuidade porque deixou-se seduzir pelo subperonismo atrasado e porque é contra a democracia e a liberdade de imprensa”, diz o texto.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Geraldinho do Vale chamou uns amigos esquisitos para organizar uma festa junina beneficente para ajudar o Faraó.

O Zezinho sempre gostou de brincar de faraó. Quando era moleque, na Mooca, ele uma vez fez o Reinaldinho Cabeção pegar umas caixas de madeira e papelão e montar uma pirâmide. Aí o Zezinho pegou uns panos listrados, enrolou na cabeça e disse que era o faraó. Aí o Reinaldinho Cabeção perguntou: “e eu, Zezinho, posso brincar também? Eu posso ser o escravo do faraó…” Mas o Zezinho disse que não e que o Reinaldinho Cabeção ia ser a múmia. Então o Zezinho pegou um rolo de esparadrapo da caixa de primeiros socorros da mãe dele e enrolou o Reinaldinho Cabeção inteirinho, dos pés à cabeça. O Reinaldinho Cabeção nem conseguia se mexer direito, e começou a chorar, pedindo para soltar ele, mas o Zezinho só gargalhava…


Geraldinho do Vale promete continuar Programa de Esportes Pluviais

13 de janeiro de 2011

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, reuniu-se hoje com seu mui amigo Geraldinho do Vale, para tratar da continuidade das maravilhosas ações de seu iluminado governo na nova gestão.

Muito religioso, Geraldinho do Vale ouviu dona Lu e convidou Moisés e seu cajado abençoado para dar a largada na principal prova automobilística da competição.

Geraldinho do Vale prometeu continuar os maravilhosos feitos do Presidente de Nascença, entre eles o mundialmente reconhecido Programa de Esportes Pluviais.

Esse programa, lançado em 2009, sob o slogan Enchente não é problema, é solução!, aproveita a inesperada ocorrência de chuvas, que nunca caem nesta época do ano, para combinar esporte, saúde e economia de recursos. Ao invés de gastar dinheiro com combate a enchentes, os governos estadual e municipal utilizam as enchentes como palco de uma grande virada esportiva.

A promessa de Geraldinho do Vale teve como avalista o pitta de estimação do pres. Zezinho, sr. Gilbertinho K., e recebeu uma maravilhosa acolhida na mídia, que louvou o espírito abnegado do sucessor do Maior dos Governadores Paulistas.

QUADRILHA: Por causa da chuva, a UDN fez sua festa junina de início de ano em um salão na Al. Barão de Limeira.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O PROGRAMA DE ESPORTES PLUVIAIS

Comentário da tia Carmela

Acho que pelo menos nessa promessa do Geraldinho do Vale o Zezinho pode acreditar…  Mas é bom se cuidar, senão o Geraldinho do Vale ainda diz que  o Zezinho criou o programa todo errado, e que foi ele quem consertou.


Feliz ano novo: 2011 é o ano do pres. Zezinho!

1 de janeiro de 2011

Os planos do pres. Zezinho para o ano novo vão salvar o Brasil

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, entrou em 2011 com o pé direito.

Amado pelo povo e idolatrado pelos melhores jornalistas de programa do Brasil, o Presidente de Nascença começa neste ano sua fulgurante trajetória rumo ao lugar que desde sempre é seu, a presidência da república.

Neste ano novo e abençoado por Deus e pelo pastor Malacheia, o Maior dos Ministros do Planejamento do Brasil terá uma intensa programação a cumprir, dando conta de um sofisticado plano estratégico por ele elaborado para dar conta do seu destino manifesto.

O mês de janeiro será dedicado a mostrar ao Brasil as péssimas mãos em que o país foi colocado.

Sua primeira atividade programada é uma entrevista exclusiva para as páginas amarelas e azuis da Revista Mais Vendida do Brasil, ainda no dia primeiro de janeiro.

Nesta entrevista arrasadora, o Maior dos Brasileiros apresentará profundas críticas à festa de posse da usurpadora-mirim do planalto. Criticará a roupa usada por ela, o polimento imperfeito do Rolls-Royce presidencial e a falta de classe do usurpador do planalto ao passar-lhe a faixa. Citando o ex-intelectual FHC, comentará com os entrevistadores de programa a impossibilidade de compreender o discurso de posse e dirá que o discurso que havia preparado é muito melhor.

Em menos de dois meses, a usurpadora-mirim do planalto afundará S. Paulo.

Em fevereiro, o Almirante do Tietê dará entrevistas a todos os órgãos de imprensa mostrando como a inércia da usurpadora-mirim do planalto será a responsável pelas inundações na capital paulista, e apresentará seus planos de transposição do Tietê para acabar com as enchentes.

No mês de março, o Mais Animado dos Foliões mais uma vez mostrará que é bom de gingado no carnaval de várias cidades brasileiras, como já fez em 2010.

A programação ainda não foi divulgada, mas já se sabe que desfilará na escola de samba “Entreguistas da Caverna do Ostracismo”, que neste ano terá como enredo “No Reino Encantado da UDN, o Petróleo é de Obama, o Rei Nagô do Havaí“.

O pres. Zezinho espera que as homenagens a Tancredão encontrem o túmulo com mais gente.

Minas Gerais receberá atenção especial no mês de abril. O pres. Zezinho pretende coordenar as homenagens ao ex-presidente Tancredão em São João del Rei. Se for possível, também pretende fazer homenagens póstumas a outros membros da família.

No mês de maio, o Maior dos Filhos da Mooca pretende dedicar-se à eleição para a presidência da UDN, quando deverá ser eleito seu fiel mascote, o Cachorro-Lagosta.

Em junho, o Mais Cristão dos Filhos da Pátria deverá envolver-se ativamente nas festividades de Corpus Christi em todo o Brasil, fornecendo serragem para os tapetes que forrarão o percurso das procissões. Segundo fontes do Vaticano, o papa deverá aproveitar a importante festividade para proclamar a beatificação do pres. Zezinho.

Como ninguém é de ferro, o Maior dos Economistas tirará férias no mês de julho. Aproveitará o período para fazer um tour pelos EUA, rever velhos amigos e adiantar as negociações do Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual o grande irmão do norte entrará com a primeira parte.

Importantes jornalistas já foram contatados pela assessora de imprensa Francine de L'Herbe, para entrevistar o pres. Zezinho.

De volta ao Brasil em agosto, o Presidente de Nascença fará um giro pelas redações das principais jornais da UDN, quando dará uma série de entrevistas mostrando como o primeiro semestre da usurpadora-mirim do planalto terá sido um desastre completo, e iniciará a campanha pela sua imediata deposição.

No dia sete de setembro, o Líder Máximo da Nacionalidade deverá ter um papel especial em mais uma crise a enfraquecer o governo dilmotemerpetista.  Sob sua inspiração e liderança do seu assessor para assuntos de defesa, sr. Tom Jobim, os militares recusarão desfilar para a usurpadora-mirim do planalto. Preferirão participar das festividades da Semana da Pátria Paulista, que serão patrocinadas pela empresa petroleira Chevron e presididas pelo Almirante do Tietê e seu mui amigo Geraldinho do Vale.

Inspirado pelo pres. Zezinho (direita), Tom Jobim já está ensaiando a banda marcial para 7 de Setembro.

Para o mês de outubro, a liderança serena e agregadora do pres. Zezinho mobilizará as massas e os principais expoentes da política nacional no debate sobre o orçamento de 2012 e o Plano Plurianual (PPA) 2012-2015.  Aa agenda do Gênio da Gestão Pública estará tomada com articulações para inviabilizar as barbaridades pretendidas pela usurpadora-mirim do planalto para os próximos anos.

Nas areias de Trancoso, o pres. Zezinho meditará sobre seu futuro governo.

Novembro será um mês de vitória para o Mais Competente dos Gestores. Após haver vencido no Congresso e impedido que as temerárias propostas do PPA da bruxa escarlate fossem aprovadas, o pres. Zezinho poderá dedicar-se a liderar as novas campanhas da imprensa contra os ministros e auxiliares da ilegítima presidenta.

Quando o Natal chegar, em dezembro, o Incomparável Comandante da Nacionalidade já terá mostrado a todo o Brasil que é o homem talhado em mármore para dirigir o país. A deposição da usurpadora-mirim do planalto, a essa altura, será questão de dias. O pres. Zezinho poderá passar um  Natal feliz em Trancoso, ao lado de seus amigos mais queridos.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN preparou uma bela festa junina de ano novo na Caverna do Ostracismo.

O Zezinho sempre gostou de fazer planos de ano novo. Todo dia primeiro de janeiro ele escrevia uma listinha de coisas que ele queria fazer naquele ano. Ele dividia a lista em várias partes: meninos em quem queria bater, vinganças que queria fazer, artes e reinações a fazer. Tinha também uma lista especial: as maldades que ia fazer contra o Reinaldinho Cabeção. Uma vez, o Reinaldinho foi na casa do Zezinho, no dia primeiro, e viu a lista de maldades contra ele mesmo. Aí falou para o Zezinho: “puxa, Zezinho, você não devia ter deixado eu ver essa lista; assim, estraga a surpresa…”


Obama: o petróleo é nosso, e o Zezinho também.

14 de dezembro de 2010

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, foi novamente vitimado pelas ações do Wikileaks.

Conforme já havíamos noticiado, a participação do Presidente de Nascença na negociação do Acordo CARACU EUA-Brasil é citada em várias mensagens da diplomacia dos EUA, que foram levadas pela enxurrada moral do vazamento. O vazamento é tão grande que a casa do pres. Zezinho, que já  estava ameaçada, corre risco de cair.

Obama elogiou o pres. Zezinho em seu discurso.

A mensagem mais polêmica transcreve uma conversa do presidente Barack Obama com sua chapa Hillary Clinton. Em uma reunião sobre os interesses dos EUA no Brasil, o  grande líder pacifista mundial comentou: “o petróleo é nosso, e o Zezinho também”.

Wikileaks vazou também  uma informação sobre uma discreta reunião do Maior dos Economistas com a representante de uma empresa petrolífera do grande irmão do norte. O convescote privado fez parte da longa série de negociações para o Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual os EUA entrarão com a primeira parte.

A ciclonudista Soninha Copélia é de uma linha mais natureba, mas também trabalha com entregas.

Pelo diálogo, pode-se ver a serenidade do grande estadista. Ele recomenda calma a sua aliada, dizendo que, quando assumisse o lugar que é seu por direito divino, mudaria as regras de exploração do petróleo do pré-sal para facilitar os negócios das irmãs do ouro negro: “Deixa esses caras (do PT) fazerem o que eles quiserem. As rodadas de licitações não vão acontecer, e aí nós vamos mostrar a todos que o modelo antigo funcionava… E nós mudaremos de volta”

Tiro pela culatra

O interesse do Wikileaks era desestabilizar a  liderança inconteste do Maior dos Patriotas no cenário brasileiro e mundial.

Mas o feitiço virou contra o feiticeiro. Wikileaks  só conseguiu que o Maior dos Filhos da Mooca fosse mais admirado ainda. Agora, o mundo conhece melhor os grandes esforços do pres. Zezinho para fazer com que as grandes companhias de petróleo dos EUA explorem o pré-sal em lugar da obsoleta, incompetente e anti-brasileira Petrobrás.

O pres. Zezinho planeja, ao dar uma mão a  essas que são as mais  éticas e ambientalmente responsáveis empresas do mundo, fazer com que nossa Pátria entre em um novo período de paz, progresso, prosperidade e justiça social, como em outros países onde essas benévolas companhias operam.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN organizou uma bela festa junina em Miami para comemorar a elogiosa referência do pres. Obama ao pres. Zezinho.

Quando era menino, às vezes o Zezinho ia ajudar o pai no Mercadão. Ele não gostava muito de ficar na banca. O que ele gostava mesmo era de ir fazer entregas. Ele sempre pedia pro seu Francesco: “pai, não tem nenhuma entrega para eu fazer?”. Quando tinha alguma coisa para ele entregar, precisa ver como ele saía todo feliz. Na maioria das vezes, as entregas eram muito grandes para ele carregar, mas ele fazia questão de ir com o empregado da banca, só para sentir o gostinho de entregar. E quando tinha entrega nas Lojas Americanas, na Rua Direita, então? Ele ia todo serelepe…


WikiLeaks vaza mensagens sobre o pres. Zezinho

1 de dezembro de 2010

AJUDA: A srta. Soninha Copélia não aguenta mais os vazamentos da torneira do pres. Zezinho e decidiu ela mesma resolver o problema.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, foi novamente vítima de uma  vazamento mal-intencionado.

Depois de sofrer com os vazamentos que quase fizeram sua casa cair, o Presidente de Nascença vê, agora, vazarem informações sobre si no site WikiLeaks.

Nas correspondências que vazaram, não há nenhuma referência a ligações do pres. Zezinho com a CIA (Caracu Inteligency Agency), o que confirma os desmentidos anteriores.

Os documentos mostram o quanto o Mais Genial dos Economistas é admirado por todo o mundo. O embaixador dos EUA em Brasilia chega a comentar: “nunca vi alguém tão brilhante!”

x-9: Tom Jobim foi homenageado no enredo "Um Trapalhão Fofoqueiro no Reino Encantado dos Guerreiros da Esplanada Tupiniquim"

Constrangidos, os  diplomatas norte-americanos informam a Washington que o pres. Zezinho é muito mais capaz que Barack Obama e George Bush juntos, e chegam a considerar a hipótese de outorgar-lhe a cidadania norte-americana para que assuma a presidência do país.

O Carnaval também não escapa dos assuntos abordados. Em mensagem de fevereiro de 2009, o cônsul dos EUA em S. Paulo comenta o empenho do Maior dos Filhos da Mooca em favorecer uma escola de samba no carnaval paulistano.

Com o o apoio do adido militar dos EUA na Esplanada dos Ministérios, o músico desencarnado Tom Jobim, o pres. Zezinho teria tentado favorecer a Escola de Samba X-9 no Carnaval daquele ano.

Para os EUA, o pres. Zezinho (direita) teria uma relação privilegiada com a X-9.

Outros grandes feitos do Estadista da Mooca são celebradas pelos agentes dos EUA. Sua atuação decisiva na crise do Irã, na convenção de vendas da fábrica de chocolates Kopenhagen e na recente reunião do G-20 receberam centenas de referências elogiosas nos documentos oficiais dos EUA que vazaram.

Mas o tópico que apresenta mais referências é o Acordo CARACU EUA-Brasil, na qual o grande irmão do norte entrará com a primeira parte. Os diplomatas estadunidenses revelam o empenho pessoal do Presidente de Nascença durante a negociação.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: o pres. Zezinho teria se encantando com algumas diplomatas norte-americanas que conheceu em uma festa junina da UDN.

O Zezinho sempre gostou desse negócio de diplomacia. Quando era criança, ele sempre dizia que queria ser diplomata. Uma vez, a professora perguntou o que cada criança queria ser quando crescesse. O Reinaldinho Cabeção levantou a mão na mesma hora e disse: “eu quero ser assessor de imprensa do Zezinho”. A professora, então, perguntou ao Zezinho o que ele queria ser e ele disse: “eu quero ser diplomata, para ser embaixador dos Estados Unidos e mandar em todos os países do mundo”. A professora então disse que, como ele era brasileiro, o Zezinho nunca poderia ser diplomata americano. O Zezinho ficou furioso, começou a gritar e saiu da sala chorando.

As grandes capacidades do Presidente de Nascença também são celebradas pelos agentes dos EUA. Sua atuação decisiva na crise do Irã, na convenção de vendas da fábrica de chocolates Kopenhagen e na

Pres. Zezinho comanda operação contra tráfico no RJ

27 de novembro de 2010

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, mostrou mais uma vez que é a Liderança Inconteste de Todos os Brasileiros.

CAVEIRÃO: Graças ao pres. Zezinho, o sr. Maciel arrumou emprego como motorista de carro blindado da polícia.

O Presidente de Nascença assumiu o comando do combate à criminalidade no Rio, já que o governador, o usurpador do planalto e a usurpadora-mirim do planalto são uns incompetentes que não fazem nada.

Nesta semana, o Paladino da Segurança Pública convocou para uma reunião secreta o diretor-geral da PF, o Ministro da Defesa, os comandantes das Forças Armadas, o Secretário de Segurança, o Ministro da Justiça, os comandantes das polícias fluminenses e os diretores da Rede Globo e declarou que assumiria pessoalmente o comando das operações.

Foi ovacionado ao chegar à reunião. Mesmo o governador do RJ declarou: “tenho que admitir, o pres. Zezinho é o único que pode nos salvar”.

Pacifista, o pres. Zezinho não gosta de armas de fogo e prefere humoristas de fogo.

Gênio militar e especialista em segurança pública, o Mais Competente dos Gestores rapidamente apresentou as diretrizes para as operações e dividiu responsabilidades. Em menos de 15 minutos, tudo estava resolvido.

Revelação

Homem da paz e da concórdia, o Pres. Zezinho não aprecia, na segurança pública, soluções de enfrentamento. Ele prefere soluções negociadas, como a que levou à bem sucedida experiência da autogestão nos presídios de S. Paulo, implantada por ele e seu amigo Geraldinho do Vale.

Entretanto, face ao caos instalado na cidade, compreendeu que não haveria outra alternativa, mas preferiu agir silenciosamente, para não confundir nem assustar os eleitores infantis paulistas.

Emoção no reencontro

O pres. Zezinho chorou ao ver sua amiga Ymelda na gaiola.

Depois de orientar a preparação da operação, o pres. Zezinho dedicou-se ao descanso. Foi para Ipanema, levar Gabeira, um tucano verde que ele comprou, para rever os amigos. Depois, despachou com sua assessora para assuntos inconfessáveis, srta. Soninha Copélia, em local ignorado.

Suas atividades foram interrompidas por um telefonema com uma notícia feliz. Ymelda, uma velha amiga do pres. Zezinho, que havia desaparecido em Porto Alegre, fora encontrada em um cativeiro, durante a operação.

Imediatamente, o Maior dos Filhos da Mooca correu para a Vila Cruzeiro. Ao ver a amiga, começou a chorar de emoção e pediu que os policiais abrissem a gaiola em que estava presa. Mas os policiais acharam melhor deixá-la lá: “o senhor nos desculpe, mas essas aves parasitas são muito perigosas e não se deve deixá-las soltas”, teria dito um irredutível policial que a esta hora já deve estar demitido.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN fez uma festa junina para comemorar a firmeza do pres. Zezinho no combate ao crime.

O Zezinho sempre gostou de brincar de polícia e ladrão, quando era criança. Normalmente vinha um monte de meninos, e eles faziam uma arruaça danada na rua. Uma vez, eles fizeram tanta reinação que os vizinhos foram reclamar com o pai dele.  O seu Francesco disse que se ouvisse mais queixa dos vizinhos por conta da bagunça, dava uma coça nele.  Na próxima vez que  organizou uma brincadeira de polícia e ladrão, o Zezinho foi mais cuidadoso. Disse que ia ser o chefe da polícia e o Marcelinho, um amigo que ele tinha que queria ser policial, ia ser o ajudante dele.  Quando começou a brincadeira, o Zezinho e o Marcelinho, em vez de prenderem os ladrões, conversavam com eles, dizendo que, se eles se escondessem bem e não fizessem barulho, eles não iam pegá-los. E o Zezinho escapou de levar uma coça do pai…


Pres. Zezinho faz sucesso na cúpula do G-20

15 de novembro de 2010

Segundo fontes do Além, Lord Keynes declarou que gostaria de ser estagiário do pres. Zezinho.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, foi o destaque da reunião do G-20 em Seul.

O Presidente de Nascença mudou o destino do encontro dos grandes líderes mundiais, apesar de não ter podido comparecer à reunião, por conta de malévolas artimanhas do usurpador do planalto.

Chocados com a ausência do Mais Genial dos Economistas, os mandatários do G-20 deram uma acolhida gélida ao usurpador do planalto e protestaram contra a presença ilegítima da usurpadora-mirim.

Os primeiros discursos exibiram manifestações duras contra a exclusão do pres. Zezinho da comitiva oficial do Brasil. O presidente chinês, sr.  胡锦涛, foi um dos mais veementes, e chegou a ameaçar abandonar a reunião.

A videoconferência do pres. Zezinho (direita) foi apresentada por dois ovinorepórteres de sua equipe.

O mal-estar foi contornado pelo presidente francês. Na verdade querendo evitar expor indevidamente sua senhora, o sr. Sarkozy sugeriu que o Presidente de Nascença participasse à distância, por videoconferencia, o que logo foi aceito.

O pres. Zezinho instalou-se na sala de videoconferências da Caverna do Ostracismo e de lá passou a orientar as decisões do G-20, dando conselhos aos presidentes e ministros reunidos em Seul, que se entusiasmaram com a fotogenia e desenvoltura frente às câmeras do Maior dos Brasileiros.

O Cachorro-Lagosta chegou a ser cotado a ir a Seul representando o pres. Zezinho, mas declinou por medo de virar churrasco.

Porém, o Presidente de Nascença não conseguiu participar de todo o encontro. Quando ditava o texto da  resolução final do encontro do G-20, foi interrompido por sua assessora para assuntos inconfessáveis, srta. Soninha Copélia, que solicitava seus préstimos em reunião privada sobre políticas de defesa dos valores familiares.

Desorientados, os líderes mundiais chegaram a pensar em cancelar o encontro, mas, ainda inspirados pela lembranças dos sábios conselhos do Maior dos Filhos da Mooca, concluíram o evento com uma declaração que resumiu seus ensinamentos e salvou a economia mundial de outra crise sem precedentes.

LIDERANÇA MUNDIAL

Os líderes do Ocidente fizeram um apelo ao pres. Zezinho para comandar a OTAN.

Com sua  participação na reunião do G-20, o Almirante do Tietê reforçou sua posição como mais expressiva liderança internacional. Comparado a Churchill pelo primeiro-ministro inglês e a Lincoln por Barack Obama, o pres. Zezinho agora tem um novo problema: escolher qual organismo internacional prefere presidir.

Além do cargo de secretário-geral da ONU, foram-lhe oferecidas a presidência do Banco Mundial e do FMI. Também suplicam-lhe que aceite o comando-geral da OTAN.

Fontes próximas ao Mais Competente dos Brasileiros informam que ele deverá acumular as quatro funções, pelo menos até assumir novamente a prefeitura de São Paulo, em 2013. Nessa ocasião, talvez abra mão do comando da OTAN por conta do excesso de viagens.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN fez uma bela festa junina para comemorar o sucesso do pres. Zezinho no G-20.

O Zezinho sempre gostou de viajar. Uma vez, quando ele era criança na Mooca, um tio dele foi visitar uns parentes no interior e resolveu levar primo dele, da mesma idade, para o menino conhecer as tias de lá. O Zezinho ficou muito bravo, disse que não era justo o tio levar o primo e não levar ele, começou a chorar e a fazer pirraça. No dia da viagem, o Zezinho acordou bem cedo e saiu escondido de casa. Quando o tio, a tia e o primo chegaram na Estação da Luz para pegar o trem, o Zezinho estava lá, esperando. Falou para o tio que ele merecia ir viajar mais que o primo, que era um burro que não sabia nada. E começou a gritar e a chorar. O tio ficou muito bravo, pegou o Zezinho  levou ele pela orelha até um taxi e mandou entregar na casa dele.  O pai do Zezinho deu uma bela coça nele, naquele dia…


Rei da Espanha homenageia o pres. Zezinho

7 de novembro de 2010

Cortesia: O rei da Espanha mandou uma linda camiseta como lembrança para o pres. Zezinho.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, iniciou sua campanha para a prefeitura da Locomotiva da Nação com um jet tour pelos países civilizados.

Na Europa, o Presidente de Nascença repetiu o sucesso de suas visitas anteriores ao berço da civilização paulista.

Conseguiu o feito de aumentar o enorme  respeito internacional que já havia acumulado em sua decisiva participação na conferência sobre meio ambiente da fábrica de chocolates  Kopenhagen.

Acompanhado de sua nova secretária e assessora para assuntos de integração nacional, srta. Mayara Obtuso, o Maior dos Brasileiros visitou novamente a França. No seletíssimo evento promovido pela empresa Asterix, Obelix e Cia., no balneário de Biarritz, encontrou-se com parte da alta intelectualidade européia e mundial.

Sucesso também na imprensa: a jornalista Francine de L’Herbe não desgrudou do pres. Zezinho.

Na palestra que proferiu, o Maior dos Filhos da Mooca mais uma vez impressionou uma platéia composta pela crème de la crème da elite intelectual do planeta. Com sabedoria, mostrou o vigor de suas propostas incomparáveis para o desenvolvimento do Brasil e o progresso da humanidade. Lembrando o ex-pensador FHC, presidente honorário da UDN, o Grande Estadista das Massas Lapeanas causou assombro na platéia, com seu profundo conhecimento da economia mundial e com sua denúncia inflamada da crise sem precedentes atravessada pelo Brasil.

O chapa do Pres. Zezinho, sr. Bento XVI, fez um belo discurso em latim: "Quosque tandem, Zezinhus, abutere patientia nostra?"

Alguns infiltrados escarlates da súcia do usurpador do planalto e da usurpadora-mirim do planalto não aguentaram a demonstração de conhecimento, argúcia e liderança do Estadista do Alto de Pinheiros e se retiraram, cabisbaixos.

O momento mais emocionante foi a homenagem prestada pela Coroa Espanhola ao Presidente de Nascença. Impossibilitado de comparecer, o rei Juan Carlos enviou um representante que leu um breve, mas significativo, discurso com  belas palavras do monarca espanhol endereçadas ao pres. Zezinho.

A nota triste foi a ausência do presidente Sarkozy. Segundo as más línguas do Elisée, o mandatário gaulês não participou pois sentiu-se humilhado pela genialidade do Mais Competente dos Brasileiros em sua última visita ao país, quando o pres. Zezinho esbanjou simpatia e conhecimento. Apesar dos apelos de sua sra., o presidente francês optou por não comparecer, mandando o primeiro-ministro François Fillon representá-lo.

Comentário da tia Carmela

Quadrilha: a UDN fez uma festa junina para comemorar o sucesso do pres. Zezinho no exterior.

O Zezinho sempre foi muito falador. Na escola, ele costumava levar bronca das professoras porque falava o tempo todo, em geral falando mal dos outros ou inventando coisas que tinha feito. Quando a professora mandava fazer alguma lição na classe, ele fazia bem depressa, para poder ficar contando vantagem pros outros. Uma vez,  o João Carlos, um menino muito caladinho, bonzinho, que tinha na sala dele, não aguentou o Zezinho falando tanto e deu um berro na classe: “por que você não cala a sua boca, seu mentiroso?!” O Zezinho ficou muito contrariado e saiu da sala chorando. Depois mandou o Reinaldinho Cabeção escrever nas paredes da escola um monte de xingamentos pro João Carlos...


Minha Casa Virou Cinza: novo programa de moradia do Pres. Zezinho

13 de outubro de 2010

Com os puxadinhos e o Minha Casa Virou Cinza, o pres. Zezinho promete uma política habitacional de primeiro mundo.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, tem uma grande preocupação com a moradia dos mais mais pobres e dos remediados.

Por isso, o Presidente de Nascença declarou ontem que pretende levar para todo o Brasil o revolucionário programa habitacional criado por ele e por Gilbertinho, seu pitta de estimação.

Trata-se do Programa Minha Casa Virou Cinza, que tem transformado a cidade de S. Paulo em um ardente canteiro de obras de remoção de entulho, carvão e cinzas.

O Programa Minha Casa Virou Cinza tem estado muito ativo em S. Paulo. Desde o início do ano, 60 favelas já foram contempladas. Sempre preocupado com a sustentabilidade, o programa beneficia até populações indígenas.

Geralmente às sextas-feiras ou sábados, uma favela localizada em áreas nobres da cidade é escolhida e seus moradores deixam de ter que morar naquele lugar precário, podendo ir morar em outra favela mais longe, a salvo de incêndios.

Altruísmo: os líderes do PV amam o Pres. Zezinho e George Washington.

Ambientalmente correto
O genial programa habitacional também é aprovado pelos entusiastas apoiadores do pres. Zezinho no PV (Partido das Verdinhas), que há décadas dão sustentação aos governos da UDN na Locomotiva da Nação.

Segundo o ex-maconheiro Gabeira, o Programa Minha Casa Virou Cinza é também um sucesso ambiental. O líder do PV na Caverna do Ostracismo, fundos declarou que o pres. Zezinho deu-lhes muitos motivos para que apoiassem o programa, mas eles já gastaram tudo e precisam de mais.


A favela Real Parque no Morumbi foi contemplada e melhorou a vista dos prédios vizinhos

Para os altruístas das verdes, o Minha Casa Virou Cinza tem alta sustentabilidade, pois sustenta uma melhor utilização de terrenos valiosos, antes usados para abrigar migrantes fedorentos que nem deviam estar em S. Paulo.

Depois de atendidos pelo programa, os terrenos são destinados a fins mais nobres, como a construção de edifícios de moradia para a gente bonita da metrópole paulistana, ou de avenidas para que possam desfrutar de congestionamentos modernos que só a competência gerencial da UDN é capaz de propiciar, como a Av. Marginal Serra.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN fez uma festa junina com fogueira e tudo para comemorar o novo programa.

O Zezinho sempre gostou de incêndio. Uma vez, teve um incêndio num cortiço na Mooca, na rua Borges de Figueiredo. Era uma gente muito pobre que morava lá, o cortiço tinha uns puxadinhos de madeira, fio desencapado, um horror. Quando pegou fogo, destruiu tudo. Graças a Deus que não morreu ninguém, tinha um monte de criança lá. Quando soube do incêndio, o Zezinho saiu correndo pela rua gritando “o cortiço tá pegando fogo!” e foi para lá com o Reinaldinho Cabeção, para apreciar a tragédia. No dia seguinte, a professora mandou fazer uma redação com o tema “o que você faria se fosse prefeito”. A redação dele foi “se eu fosse prefeito, punha fogo num cortiço por dia porque é muito legal ver o incêndio”.


UDN abre parque temático: Zezinholand

12 de outubro de 2010

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, recebeu uma homenagem reservada a poucos estadistas.

A UDN uniu-se à Disney e criou um parque de diversões temático em homenagem ao Presidente de Nascença. Trata-se da Zezinholand, o melhor dos parques temáticos já criados no mundo.

A viagem trem fantasma parece infantil, mas o final é atemorizante.

Na escolha do nome, a alternativa Zezinholândia foi descartada porque iria parecer nome de bairro da periferia e, se o nome fosse em português, não iria atrair a gente bonita que vota na UDN.


Pais e filhos divertem-se nos carrinhos de pedágio-pedágio.

Localizado junto à Av. Marginal Serra, em S. Paulo, o novo empreendimento traz inúmeras atrações baseadas na carreira, nos feitos, no currículo superior e nas idéias luminosas do Mais Competente dos Homens Públicos.

Sempre preocupado com os mais carentes, o Presidente Perfeito fez questão que a entrada na Zezinholand fosse gratuita. Os usuários pagam apenas pedágio de R$ 17,45 para passar no portão de entrada, administrado pela CCR.

O esqui pluvial é uma das atrações mais concorridas da Zezinholand

O esqui pluvial é uma das atrações mais concorridas do parque aquático da Zezinholand.

Para usar cada uma das atrações também não se paga entrada, apenas um pedágio de R$ 11,45, recolhido pela Tejofran.

Os banheiros também são grátis, sendo necessário apenas pagar um pedágio de R$ 8,45  para passar na porta que leva a eles. A renda é administrada pelo sr. Paulo P., tesoureiro oficial da UDN.


Emoção: A n. 2 do pres. Zezinho, srta. Soninha Copélia, é a atração do Trenzinho Ciclonudista do Amor.

A variedade de atrações no parque impressiona: trem fantasma, pedágio-gigante, montanha de lama. Um grande sucesso é o parque aquático da Zezinholand.

Nele, os felizes udenistas podem divertir-se com a Aventura no Tietê, onde os usuários podem participar de uma simulação de enchente, em um barco desgovernado dirigido por um boneco representando o Almirante do Tietê.


Reinaldinho Cabeção faz muito sucesso entre os eleitores infantis paulistas que frequentam a Zezinholand.

Visitantes também podem visitar o Salão das Mil Caras a única casa de espelhos do mundo em que, além da própria imagem, o feliz visitante também vê algumas das mil caras do pres. Zezinho refletidas.

Aqueles que amam a magia não podem perder o Castelo Encantado do Pres. Zezinho. No castelo, é possível ver o pres. Zezinho em pessoa fazendo seus truques de ilusionismo tão perfeitos que já enganaram mais de 30 milhões de pessoas. Dizem que o Castelo Encantado do Pres. Zezinho teria um túnel que levaria diretamente à Caverna do Ostracismo.

Os pequerruchos udenistas podem se divertir à farta na atração A Turma do Zezinho, onde podem brincar com alguns dos amiguinhos do Maior de Todos os Brasileiros, como Reinaldinho Cabeção,  Arthurzinho “Judoka”; Alvinho  Dândi;  Danielzinho Mendes, o dono da rua; Motinha, o quebra-galho; Arrudinha, o “irmão carequinha do Zezinho”; Ymeldinha, a gauchinha; Geraldinho  Limpinho;  Quequé, o amiguinho que brigou com a turma  mas depois voltaram a ser amigos e o Cachorro-Lagosta.

QUADRILHA: Na Zezinholand, tem festa junina da UDN todo dia.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de parquinhos de diversões. Quando ele era criança, ele sempre pedia pro pai dele levar ele e o Reinaldinho Cabeção no parque. Quando chegava lá em cima na roda-gigante, o Zezinho começava a balançar o assento e gritar “vai cair!”. O Reinaldinho Cabeção se borrava de medo e começava a chorar. E o Zezinho ria…

Link curto deste post: http://wp.me/py9tu-1gV