Serra lança proposta para pré-sal: pedágio em oleoduto

6 de novembro de 2009

Sensibilizado com os apelos lançados pelo Princípe dos Sociólogos desde a Caverna do Ostracismo, o Mais Preparado dos Brasileiros, governador Zezinho, resolveu lançar uma ofensiva para mostrar que tem o que propor para contrapor-se às ações vazias, populistas e ineptas do analfabeto que usurpou o trono que Deus lhe havia concedido.

serra_yeda

O governador dá posse à Presidente da Comissão de Ética do projeto.

O Presidente de Nascença refletiu profundamente sobre os desafios da nação e decidiu fazer uma proposta revolucionária sobre a exploração do pré-sal: pedagiar os oleodutos.

Segundo fontes próximas ao governador, a genial proposta deverá ter os seguintes pontos:

  • O petróleo só poderá circular na rede de oleodutos a ser construída pelo governo do Estado e doada à iniciativa privada, em licitação a ser conduzida pelo senador Tasso.
  • O petróleo e seus derivados, ao passarem por oleodutos, deverão pagar pedágio a cada 20 km, na ordem de R$17,80 por barril.
  • Cada barril de petróleo deverá ter afixado nele um cartaz da proibição de fumar do governo de SP.
  • Os pedágios serão operados pela Tejofran e CCR.
  • Quando a Petrobrás for vendida pelo Mais Decente dos Brasileiros em seu mandato presidencial que tarda mas chegará, as empresas privadas que comprarem a companhia terão desconto de 70% no preço do pedágio. Se a Telefonica participar do negócio, não precisará pagar nem imposto nem pedágio.
brril

Policial de SP experimenta o novo uniforme brindado pelo Melhor dos Governadores: elegância, economia e praticidade.

Ao final do transporte pelo oleoduto, os barris vazios serão distribuídos aos professores, policiais e demais funcionários públicos para uso como uniforme e roupa do dia-a-dia. Como não precisarão mais gastar com vestuário, será possível reduzir em mais 30% os salários dos servidores, além da economia com uniformes. Será provada mais uma vez a grande eficiência do governo do Mais Sábio dos Homens de Bem.

Consta que o Maior dos Economistas convidou Roberto Freire para assumir a coordenação da operação dos pedágios, mas o comedor de criancinhas regenerado gentilmente declinou, afirmando já estar suficientemente ocioso com a sinecura que o Mais Preparado dos Brasileiros lhe arranjou nas estatais de SP.

Comentário da tia Carmela: Uma vez o Zezinho quis inventar um tipo de pedágio para líquidos, quando era criança, lá na Móoca. Ele espalhou na vizinhança que ia faltar água e que só teria água quem comprasse um bônus da companhia que ele estava inventando, a Jacaré S/A. E fez o Reinaldinho Cabeção escrever uns cartazes e colar nos postes com cola de farinha.  Foi até oferecer lá em casa. Depois, ficou muito bravo porque ninguém comprou e disse que aquela rua não merecia alguém como ele.

Anúncios

Chegaram as Palavras Cruzadas Tucanas

14 de setembro de 2009

Minha tia Carmela gosta muito de fazer palavras cruzadas. Todo domingo, quando vou visitá-la,  pede para eu levar umas revistas de palavras cruzadas. Nesta semana resolvi dar um presente especial para ela: umas palavras cruzadas tucanas, para ajudá-la a conhecer melhor o partido dos iluminados, dos sábios absolutos que nasceram com direito divino de governar o Brasil. Não é sem motivo que o Maior dos Filhos da Paulicéia filiou-se a este partido.

Clique aqui para fazer as palavras cruzadas, edição 1. Divirta-se!  O primeiro que deixar um comentário no blog com as respostas ganha uma foto do Presidente de Nascença.

E mandem sugestões de temas para colocarmos nas próximas edições.

Comentário da Tia Carmela: Nossa, que gente esquisita, essa daí!… Acho que a finada Dona Serafina não ia gostar de ver o Zezinho andando com eles… Já bastou o desgosto que deu quando começou a andar com aquela estudantada, nos tempos da Politécnica. Teve até que fugir do Brasil e a Dona Serafina chorou muito, coitada!…


Serra e o petróleo 1

30 de agosto de 2009

O Mais Economista dos Engenheiros e o Mais Engenheiro dos Economistas, o grande governador J. Serra, prova mais uma vez que é um grande estadista. Já avisou que, se eleito mudar as normas de exploração do petróleo do pré-sal que ainda nem foram definidas pelo governo. Com isso, quer mandar um recado a quem tem interesse nisso de que quer retornar a política de enfraquecimento da Petrobrás levada adiante nos tempos de FHC, e facilitar a apropriação da riqueza por estrangeiros. Talvez esta posição já seja fruto da assessoria de empresa americana concorrente da Petrobrás, que o seu partido, o PSDB, está recebendo,  conforme declarou o senador Alvaro Dias, seu colega de partido…


Comentário da Tia Carmela: Lembro quando o menino Zezinho já estava moço e foi estudar na Politécnica. Aí ele começou a andar com um bando de estudantes  que gostava de política e vivia chamando os outros de “entreguista”.  Eu nunca entendi bem mas lembro que todo mundo lá na Móoca dizia que era fogo de palha, coisa de estudante, e logo ele voltava ao normal…


A CPI da Petrobrás e o naufrágio de Serra

19 de julho de 2009

Veja texto do jornalista Luis Nassif que explica como a CPI da Petrobras faz parte da estratégia desesperada de Serra, como última tentativa para conter a perda de apoio a sua candidatura. Realmente excelente. Uma aula de análise política.

Leia aqui.

Comentário da Tia Carmela: Esse moço é maluco? Escrevendo um negócio desses, o Zezinho Serra vai mandar demitirem ele do emprego. Uma vez, lá na Móoca, o Zezinho fez o pai dele demitir um empregado da barraca porque o rapaz disse que o time do Zezinho ia perder o jogo no dia seguinte…