Injustiça: Cachorro-Lagosta foi hostilizado em manifestação da UDN

13 de abril de 2015
DECEPCIONADO: O líder da ala canina da UDN saiu cabisbaixo da manifestação animalesca.

DECEPCIONADO: O líder da ala canina da UDN saiu cabisbaixo da manifestação animalesca.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o senador e futuro presidente Zezinho, está muito triste com o resultado da manifestação de ontem contra o governo da usurpadora do planalto.

A causa da tristeza do Presidente de Nascença não é tanto a desidratação do movimento, que em menos de um mês viu-se reduzido a um décimo do que havia sido.

O fato que mais afligiu o Maior dos Filhos da Mooca foi o tratamento vil dispensado ao seu fiel correligionário, o Cachorro-Lagosta, líder da ala canina da UDN.

O pobre animalzinho  foi hostilizado na manifestação da UDN na Av. Paulista por estar usando sua tradicional roupinha vermelha de lagosta.

ARMADILHA: Os eleitores infantis paulistas pensaram que a roupinha de lagosta era uma armadilha dos comunistas para caçarem criancinhas para o jantar.

ARMADILHA: Os eleitores infantis paulistas pensaram que a roupinha de lagosta era uma armadilha dos comunistas para caçarem criancinhas para o jantar.

Aos gritos de “Petista bom é petista morto!” e “Vestiu vermelho, vai entrar no relho!”, entre outros cantares de democracia, os eleitores infantis paulistas que exigiam a revogação da Lei 3.353 e a implantação imediata do Acordo Caracu Brasil-EUA, no qual o Brasil entrará com a segunda parte, investiram ferozmente  contra o importante líder udenocanino.

Atacado com fúria irracional, o pobre bichinho teve uma das patas de lagosta arrancadas e viu-se obrigado a deixar a manifestação. Depois, já a salvo em sua casinha, o Cachorro-Lagosta confidenciou a amigos que pensou que ia ter um destino pior que a carrocinha, na mão dos próprios correligionários. “Mas tudo bem, não é a primeira vez que sou traîdo pelos comparsas da UDN, mas vou continuar fiel aos meus princípios e ao senador Zezinho”, comentou, resignado.

Equívoco

Vários líderes da UDN que constituem a Reserva Moral da Nação mostraram-se preocupados com o ocorrido. O Almirante do Tietê telefonou ao menino prodígio que liderava a manifestação para reclamar do ocorrido.

O jovem líder da ala fuzilo-infantil da UDN justificou-se no facebook. Postou que tudo não passou de um equívoco e que pensou que era um cachorro petista. Se fosse, mesmo, o certo seria dar-lhe um tiro na testa, como se deve fazer com todos os petistas, e transformá-lo em sabão para limpar o Brasil da corrupção e da CLT.

QUADRILHA: A UDN está preparando um belo estande de tiro ao petista para sua próxima festa junina infantil no playstation.

QUADRILHA: A UDN está preparando um belo estande de tiro ao petista para sua próxima festa junina infantil no playstation.

A mensagem já ganhou 150 milhòes de curtidas de eleitores infantis paulistas, segundo a PM de São Paulo, e 120 milhões, segundo o Datafolha.

Procurado, o pai do destemperado pirralho não deu entrevista nem um corretivo no moleque malcriado, pois estava ocupado gerenciando o negócio de desmanche de carros roubados da família.

Comentário da tia Carmela

Quem dorme com criança amanhece mijado.


Churrasco do Pres. Zezinho na Caverna do Ostracismo foi um sucesso total

15 de maio de 2011

ESPECIALISTA: A cleptoprenda da Caverna Ostracismo acendeu o fogo e assou as carnes.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, ofereceu ontem um maravilhoso churrasco em sua atual residência, na Caverna do Ostracismo, fundos, no simpático bairro paulistano de Higienópolis.

O Presidente de Nascença convidou para o evento alguns dos principais líderes da UDN, e a maioria compareceu animadíssima.

O churrasco atraiu muita gente de bons odores para Higienópolis. O primeiro a chegar foi o seu ex-menino de recados, Sr. Bob Freire que, como é de conhecimento geral, não perde uma boquinha por nada desse mundo.

Outro importante correligionário da UDN que, logo no começo, já estava grudado na churrasqueira esperando sair qualquer coisa foi o Sr. Maciel, um mapa do Chile sem função que foi largado na Caverna do Ostracismo em fevereiro. O Sr. Maciel aparentava estar faminto, já que falharam suas tratativas com o pitta de estimação do pres. Zezinho, que lhe oferecera uma boquinha.

Uma gentalha petista tentou estragar o evento, fazendo arruaça nas cercanias da Caverna do Ostracismo, como se vê no vídeo abaixo:

Essa gente diferenciada era apenas um punhado de desocupados, e os eleitores infantis do bairro não deram ouvidos a eles.

MIOPIA: Petistas e míopes viram centenas de pessoas na arruaça, mas o jornalista macrocéfalo corrigiu e disse que eram apenas 30 pares.

Segundo um importante jornalista macrocéfalo, os baderneiros eram apenas trinta pares compostos por um maconheiro e um petista, ainda por cima traidores de classe que, revoltados com seus pais, resolveram sair fazendo arruaça por aí.

Prestígio na imprensa

Além dos importantes udenistas que compareceram,  também se notava a presença de muitos jornalistas de programa.  Circulando com desenvoltura na Caverna do Ostracismo, os periodistas eram só elogios à iniciativa do Maior dos Filhos da Mooca.

A mais empolgada era a Sra. Elaine Tacanhede, que fazia a cobertura ao lado de seu marido, antigo serviçal do pres. Zezinho.  A importante feromonornalista declarou, logo ao entrar: isto sim é cheiro de churrasco! Lá fora aquela gente está fazendo um churrasco que fede a sebo! Eles nem devem saber onde é a Bassi, disse ela, horrorizada com a gentalha diferenciada que badernava do lado de fora.

FETICHE: Certos jornalistas fazem qualquer coisa para participarem dos eventos da UDN.

A nota triste do evento foi o desentendimento entre o bhost-righter do pres. Zezinho, sr. Reinaldinho Cabeção, e o  Cachorro-Lagosta. O importante líder udenocanino não gostou da brincadeira que o jornalista das 50 mil razões fez. Reinaldinho Cabeção compareceu ao churrasco vestido com uma fantasia de lagosta, e o simpático cãozinho perdeu a fleuma.  Investiu contra o jornalista das 50 mil verdades, gritando: “o único quadrúpede udenista que pode usar roupa de lagosta sou eu!”e aplicou vigorosa mordedura na flácida nádega direita do Sr. Reinaldinho Cabeção.

Sempre preocupado com a harmonia e a concórdia, o pres. Zezinho deu uma reprimenda nos dois brigões. Disse que o Cachorro-Lagosta devia se comportar melhor, e mandou-o para a casinha, pensar no que fez. Para o Sr. Reinaldinho Cabeção, o Almirante do Tietê disse: “Quantas vezes já lhe falei para deixar essas fantasias de lado? Por isso você vive passando vergonha por aí. Todo mundo ri da sua cara por causa dessas suas fantasias idiotas!”

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Nas festas juninas da UDN, a barraca do churrasco e a quadrilha sempre estão presentes.

O Zezinho sempre gostou de churrasco. Uma vez, fizeram um churrasco na vizinhança, e ele foi com o Reinaldinho Cabeção e com um amiguinho deles, o Marquinho, um menino tão magrinho que, coitado, acho que estava passando necessidade.  Eles comeram tanto no churrasco, que o dono da casa uma hora teve que falar pra eles deixarem alguma coisa para os outros. Aí o Zezinho ficou bravo e disse que isso era um absurdo, onde já se viu, ele era o convidado mais importante. O Reinaldinho Cabeção logo emendou, dizendo que aquele era um churrasco  de uma gente muito chinfrim e que eles deviam agradecer pelo Zezinho estar lá. E começou a botar defeito no churrasco, dizendo que a carne era ruim, as bebidas estavam quentes, as pessoas estavam mal vestidas… Enquanto isso, o Marquinho aproveitou a confusão e, discretamente, pegou uns espetinhos e saiu correndo pra fazer sua boquinha escondido…


Escândalo Pedigree: Cachorro-Lagosta nega envolvimento em desvio de ração

2 de maio de 2011

INGRATIDAO: O Cachorro-Lagosta exigiu um tratamento mais humano para os udenistas que comanda: "sempre fomos leais, por que a discriminação?"

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, está bastante preocupado com o desenrolar do Escândalo Pedigree, como está sendo chamado o novo escândalo envolvendo a UDN.

O Presidente de Nascença tem feito tudo para identificar os supostos culpados pelo suposto desvio de supostos recursos do suposto fundo partidário para suposta ração de supostos cachorros da suposta sede da UDN.

Na manhà de ontem, o Maior dos Filhos da Mooca convocou uma reunião com as principais lideranças da ala udenocanina  da agremiação.

Na reunião, ocorrida no canil da Caverna do Ostracismo, a principal estrela dentre a cachorrada da UDN, o sr. Cachorro-Lagosta, rechaçou com veemência as acusações de que estaria envolvido do escândalo.

CACHORRADA: líderes da UDN temem que o escândalo faça uma parte dos caninos abandonar a agremiação.

Em uma manobra ágil, o simpático líder udenocanino inverteu o jogo, e passou de acusado a acusador.  Além de negar veementemente qualquer ligação com o desvio de recursos para aquisição de ração, mostrou reportagens que provavam que a ala canina da UDN vinha sendo consistentemente discriminada pela direção udenista.

Segundo as reportagens, a direção da UDN  alimenta os canídeos  da agremiação com ração de má qualidade.

Em discurso raivoso, o Cachorro-Lagosta desafiava: “Duvido que os não-caninos da Caverna do Ostracismo sejam submetidos a esse tipo de tratamento degradante!”

Irritado com o encaminhamento que o caso estava tomando, o pres. Zezinho resolveu acalmar a cachorrada, e solicitou a ajuda de sua alma gêmea, o sr. Demoarruda Bauducco.

GULOSO: Todo mundo sabe que Brutus adora o panetone de Demoarruda Bauducco.

Orientado pelo Almirante Tietê, o importante líder udenista da Papuda prontamente iniciou a distribuição de panetone com sabor biscrok, de imediato devorado pelo Cachorro-Lagosta e seus seguidores. Até Brutus, filho do imperador  da UDN carioca,  César, participou da farra.

Como sempre, a distribuição de panetone acalmou os ânimos dos udenistas, mas não se sabe por quanto tempo, já que não costumam ser fáceis de contentar.

O pres. Zezinho  encomendou a seu jornalista de aluguel favorito, sr. Merdoval Pedreira, uma bela matéria dizendo que a notícia do desvio de ração pela UDN é totalmente descabida. acusando o ex-usurpador do planalto e o PT pelo desvio de recursos do fundo partidário da UDN.

O jornalista Reinaldinho Cabeção também participará da operação abafa. Em seu blog publicará que a culpa é de Nego, o cão afrodescendente  que o demoníaco José Dirceu infiltrou no Palácio do Alvorada, segundo a versão já do periodista das 50 mil razões.

QUADRILHA: Apesar do mal-estar, a ala canina da UDN vai participar da festa junina da agremiação.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca foi de dar comida boa para os cachorros. Uma vez,  a mãe dele comprou fígado para dar para o cachorro deles, misturado com arroz e uns restos de comida. O Zezinho pegou o fígado, tirou da tigela do cachorro e depois colocou no meio de um pão e levou para a escola. Na hora do recreio, ele pegou o sanduíche e deu para o Reinaldinho Cabeção, dizendo: “Como você é meu amigo, trouxe um sanduíche para você”. O Reinaldinho Cabeção quase chorou de alegria e comeu o sanduíche rapidinho. Quando terminou, o Zezinho falou que era comida que tinha tirado da tigela do cachorro dele. A molecada toda ficou rindo da cara do Reinaldinho Cabeção. Mas ele só falou: “Não tem problema, receber um presente seu é sempre maravilhoso”.


Cachorro-Lagosta apóia Merdoval Pedreira para a Academia

5 de abril de 2011
Os eleitores infantis paulistas acreditam que o Sr. Merdoval (direita) conta com o apoio das pessoas mais inteligentes do Brasil.

Os eleitores infantis paulistas acreditam que o Sr. Merdoval (direita) conta com o apoio das pessoas mais inteligentes do Brasil.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, conseguiu, em mais uma hábil manobra política, evitar a divisão interna da UDN nas eleições para a Academia Global de Letras, Números e Risquinhos (AGL).

O Presidente de Nascença conseguiu neutralizar movimentos de lançamento de uma candidatura alternativa à do grande periodista Merdoval Pedreira (UDN-RJ).

Setores da UDN, ao que parece insuflados pelo Faraó das Alterosas, teriam convencido o líder da seção canina da UDN, Sr. Cachorro-Lagosta, a candidatar-se à imortalidade acadêmica.

O Cachorro-Lagosta leu mais livros que a média do eleitorado da UDN.

O Cachorro-Lagosta ainda argumentou que leu mais livros que os jornalistas da Veja, mas não funcionou.

Esta jogada sórdida serviria para  desfazer a unidade udenista e colocar em risco a eleição do famoso jornalista de estimação do pres. Zezinho.

 

O Sr. Merdoval usou um forte argumento para convencer o pres. Zezinho a intervir: disse que era tão obediente quanto o Cachorro-Lagosta, com a vantagem de ter amigos em importantes órgãos da imprensa mais vendida do Brasil.

Comportamento intolerável

O divisionismo no regaço da UDN não poderia ser tolerado pelo Maior dos Filhos da Mooca, sempre comprometido com  a harmonia e concórdia nas hostes udenistas. Por isso, o pres. Zezinho resolveu agir com a habitual presteza.

ARGUMENTO SECRETO: A UDN nega, mas o Prof. Cesar trouxe Lassie para ajudar a convencer o Cachorro-Lagosta.

Consultou o Prof. Cesar Milan, Ph.D. orientador do Cachorro-Lagosta em seus estudos na Cornell University, que lhe explicou que o comportamento do cãozinho era intolerável e merecia uma reprimenda.

Então, o  Mais Genial dos Homens Públicos chamou o Cachorro-Lagosta à sua casa e deu-lhe comandos claros: “Senta! Fica! Finge de morto! Retira a candidatura!”

O simpático mascote da GRES Unidos da UDN obedeceu prontamente e ganhou um biscrok como prêmio.

Em nota à imprensa, a importante liderança udenocanina declarou que não guardava máguas da decisão do pres. Zezinho:

QUADRILHA: Importantes líderes das festas juninas da UDN ligaram para o Cachorro-Lagosta para agradecer e prometeram uma grande festa em homenagem ao udenocanino.

“Ele me convenceu que era o melhor para nossa matilha e eu apenas segui meu instinto e obedeci o nosso macho-alfa; estou muito feliz por fazer parte desta matilha e por ser liderado pelo Maior dos Brasileiros”, disse o Cachorro-Lagosta.

Comentário da tia Carmela

A tia Carmela disse que não aguenta mais ver o Cachorro-Lagosta ser humilhado toda hora pelo Zezinho, que só coloca o cachorrinho em roubadas, como ser presidente da UDN, mas que, quando o osso é bom, sempre tira da boca do Cachorro-Lagosta para oferecer para seus outros animais de estimação.


Cachorro-Lagosta será o novo presidente da UDN

7 de dezembro de 2010

O pres. Zezinho declarou: "O Cachorro-Lagosta é o melhor quadro que a UDN já produziu, depois de mim."

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, anunciou hoje que não pretende assumir a presidência da UDN.

Para o Presidente de Nascença, faria pouca diferença o cargo de síndico da pujante agremiação política, uma vez que, com cargo ou sem cargo, é o maior de seus líderes em todos os tempos.

Modesto, o Mais Competente dos Homens Públicos afirmou que seu interesse não são cargos ou honrarias, mas sim servir à Pátria.

Em um primeiro momento, a decisão do pres. Zezinho causou consternação na malta udenista. Mas a angústia logo dissipou-se, quando o Maior dos Filhos da Mooca anunciou o nome de seu preferido.

Trata-se do Cachorro-Lagosta que deverá presidir a adorável força política que agrupa a nata da política brasileira.

Cansaço: O atual síndico da UDN não vê a hora de passar o bastão.

Conhecido por sua lealdade, o líder udenocanino apresenta um temperamento calmo, porém firme, combinando a disposição para enfrentar inimigos coma docilidade com os membros do bando.

Nome aprovado

Em consultas informais  realizadas junto aos moradores do Retiro do Udenista o nome do Cachorro-Lagosta teve ampla aceitação.

A boa recepção ao nome do Cachorro-Lagosta no valhacouto localizado na Caverna do Ostracismo, fundos, deveu-se ao fato de que, ao contrário de muitos udenistas de escol, manteve-se fiel e obediente aos comandos do pres. Zezinho (senta!, deita!, rola!, fica!), mesmo nos  momentos mais difíceis.

Equilibrado, o simpático udenocanino costuma manter-se equilibrado em situações de tensão, jamais atacando sem receber a devida ordem (pega!).

Análises químicas mostraram que o Cachorro-Lagosta tem um olfato melhor que o dos concorrentes.

Também pesou a favor do Cachorro-Lagosta a acuracidade de seus sentidos.

Ao contrário de alguns udenistas de vida desregrada, o prestigioso cãozinho tem um excelente faro, pois suas cavidades nasais são bem desenvolvidas e não foram submetidas a desgastes desnecessários.

A decisão sábia do pres. Zezinho joga uma pá de cal nas descabidas pretensões de Tancredo Neves, que pretendia assumir a presidência da UDN e mudar sua sede para o novo Centro Administrativo que construiu no Cemitério de São João del Rey.

A obra sofreu duros ataques de muitos udenistas, porque o sr. Tancredo não utilizou-se dos serviços do grande engenheiro Paulo Caixa Preta 2, assessor para assuntos propinoviários do pres. Zezinho, preferindo uma solução caseira.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN fez uma bela festa junina para homenagear o Cachorro-Lagosta.

O Zezinho sempre gostou de treinar vira-lata. Uma vez, ele ensinou o vira-lata do Reinaldinho Cabeção a sentar e bater palmas. Era assim: sempre que o Zezinho chegava na casa do Reinaldinho Cabeção, o vira-lata do Reinaldinho Cabeção sentava e começava a bater palmas. Aí o Zezinho dizia: “muito bem, pode abanar o rabo, agora.” E o vira-lata do Reinaldinho Cabeção então levantava e ficava abanando o rabo para o Zezinho, todo contente.


Religiosos impõem novo vice para o Pres. Zezinho

7 de outubro de 2010

Os bispos infantis paulistas provaram que o demônio usa roupa de petista e lê livros proibidos.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, é um homem muito religioso. Felizmente, os homens santos reconhecem sua profunda fé e bondade. Não sem motivo, o Vaticano já providenciou sua beatificação in vita, que deverá ser concluída no dia 31 de outubro próximo.

Por conta da fé e devoção do Presidente de Nascença, os religiosos têm influenciado a campanha do Mais Cristão dos Servos de Deus. Suas opiniões têm sido sempre ouvidas pelo Maior dos Brasileiros.

Acolhendo os sábios conselhos de seus diretores espirituais, o pres. Zezinho vai mudar o vice de sua chapa nas eleições já ganhas deste ano.


PARANORMAL: O Pe. Quevedo tem um parecer polêmico sobre a moral cristã de Soninha Copélia e do pres. Zezinho.

De acordo com informações enviadas a este blogue pelo famoso clérigo paranormal Pe. Quevedo, circulam rumores de que o Mais Competente dos Brasileiros deverá substituir o tupinambá Cacique Merendinha por outro vice, mais adequado aos profundos valores cristãos professados pelo Presidente de Nascença e seus correligionários da UDN.

Ainda segundo o respeitadíssimo sacerdote, especialista em assombrações e coisas-ruins, o pres. Zezinho recebeu recomendações dos bispos Nelson, dom Benedito  e dom Airton  para fazer a troca.

O jornalista Merdoval Pedreira (direita) disse que é descabida a informação de que os bispos cometeram crime eleitoral só porque fizeram propaganda eleitoral pouco verdadeira no dia da eleição.

Para os epíscopos amigos da Verdade, o silvícola, na sua condição de pagão, não seria digno de assumir a presidência durante as viagens do Iluminado da Mooca para a Disneylândia, com objetivo de negociar com o sr. Mickey Mouse o Acordo CARACU EUA-Brasil.

Parte dos prelados estaria preocupada também com o risco de que o selvagem do Leblon entregue-se à antropofagia, devorando as inocentes criancinhas que terão sido salvas da sanha abortiva da usurpadora do planalto pela vitória do Mais Piedoso dos Homens.

O representante da Cia. de Jesus de Caça a Fantasmas informa que o Cachorro-Lagosta será o novo vice. Mas esta informação está equivocada.

De fato, o único udenista fiel chegou a ser cogitado pelo conselho ecumênico reunido pelo pres. Zezinho para escolher o novo vice. Chegaram a propor o slogan: O Cachorro-Lagosta também é fiel!

Mas o simpático líder udenocanino foi descartado porque se descobriu que a suposta foto de seu suposto batismo na verdade era uma foto do canino em dia de banho no petshop.


Jornal da Diocese de Guarulhos já alertava em 10/2/1980: nasceu no ABC um diabo para destruir os valores cristãos.

Além disso, suspeita-se que o Cachorro-Lagosta professe alguma religião satanista, e suas vestimentas vermelhas são apontadas pela lacraia de estimação do pres. Zezinho como evidência suficiente do seu satanismo canídeo.


Transfiguração maléfica: O Cachorro-Lagosta mostrou sua verdadeira face demoníaca.

Agora convertido em homem santo, o ex-maconheiro, ex-defensor do casamento gay, ex-defensor do aborto, ex-comunista e ex-engraxate do pres. Zezinho no Rio de Janeiro, o sr. Gabeira, é o mais cotado pelas crédulas Eminências para substituir o indígena incréu.

Segundo fontes de Higienópolis, o ex-ateu FHC apóia a ideia.

O ex-pensador, na verdade, está desesperado para arrumar uma ocupação para o ex-guerrilheiro, pois não aguenta mais as ladainhas do seu novo vizinho na Caverna do Ostracismo, fundos.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN fez uma festa junina para comemorar o novo vice e inaugurar a nova sede da campanha do pres. Zezinho (Rua Martim Francisco, SP).

Isso de ouvir padre o Zezinho nunca foi de fazer.  Quando ele era criança, na Mooca, às vezes a mãe mandava ele ir se confessar lá na Igreja São Rafael. Ele contava dois ou três pecados, só, mas como o padre já conhecia o Zezinho, passava logo uma penitência bem grande. Depois, comentava com o sacristão: “pra esse moleque eu nem preciso ouvir nada; ele faz tanta coisa errada que eu passo logo uma penitência bem grande, porque com certeza ele merece”. O problema é que o Zezinho dizia para o padre que estava arrependido e ia fazer a penitência, mas nunca fazia…


Revista Veja desmascara o Cachorro-Lagosta

19 de setembro de 2010

Graças à revista mais vendida do Brasil, o Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, descobriu uma terrível verdade: o Cachorro-Lagosta é membro da conspiração de arapongas petistas que tenta desestabilizar sua candidatura.

De acordo com o blogue Quanto Tempo Dura?, o fato ocorreu durante a reunião semanal de pauta que o Presidente de Nascença costuma fazer no valhacouto da famiglia responsável pela revista. O Maior dos Brasileiros indignou-se ao ver a capa da edição do próximo dia 25, mostrando  o seu ex-fiel seguidor, o Cachorro-Lagosta, mancomunado com o usurpador do planalto e outras figuras reprováveis da política nacional.

Durante todo o tempo, era o Cachorro-Lagosta quem sussurava no ouvido do usurpador do planalto os planos para acabar com a democracia.

A lacraia de estimação do presidente Zezinho revelou a origem do dinheiro fotografado. Segundo o portátil jornalista peçonhento,   a montanha verde na foto da capa é o dinheiro que o antigo assessor do Presidente de Nascença teria desviado da vaquinha feita pelos amigos que gostaram muito do Robanel.

Mas prova definitiva foi dada pelo importante jornalista e coprólogo,  sr. Augusto do Rego Nunes, que revelou que o Cachorro-Lagosta é, na verdade, primo em terceiro grau de um cachorro que era vizinho de um outro cão que tomava banho no mesmo pet-shop do subversino canino Nego, que trabalha para a usurpadora-mirim do planalto.

QUADRILHA: UDN fez uma festa junina para comemorar o fim do mistério e convidou os leitores que acreditaram na reportagem.

Ao saber dos fatos, o Almirante do Tietê não quis acreditar. Em prantos, apenas dizia: “isto não é possível”. Foi consolado pelo seu assessor de imprensa, Reinaldinho Cabeção, que exibia um sorriso mal-disfarçado no canto da boca: “Esse vira-lata nunca me enganou, ele é como os outros, mas nós sempre estaremos aqui com o senhor.”

Comentário da tia Carmela

Essa revista não é aquela que entregava aqui em casa, antigamente? Faz muito tempo que ninguém lia, mas eles continuavam mandando de graça. O único que gostava era o Totó, que pegava a revista e saía pela casa rasgando e espalhando papel por todo lado. Mas, depois, ele também enjoou…


Casinha do Cachorro-Lagosta tem vazamento provocado por petistas

7 de setembro de 2010

A usurpadora-mirim do planalto treinou pessoalmente o traidor canino "Nego" em táticas de guerrilha cloacal.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, está cada vez mais indignado com a onda de vazamentos em volta daqueles que o cercam.

Primeiro, foi o terrível vazamento de esgotos da casa de sua filha, que pode chegar às Ilhas Cayman e estragar a aposentadoria de muitos udenistas.

O Presidente de Nascença ficou muito angustiado, porque o vazamento, se não for contido, pode fazer a casa cair.

O Cachorro-Lagosta não vai se deixar abalar pelo vazamento criminoso. Nem vai deixar a casinha cair.

Agora, a onda vermelha de vazamentos atinge um dos colaboradores que o Grande Engenheiro Pátrio  mais  estima: o popular líder canino da UDN, o Cachorro-Lagosta.

A casinha do líder udenocanino foi vítima de um vazamento cloacal criminoso que o obrigou a bater em retirada, juntamente com toda a sua assessoria canina.

O vazamento tornou a habitação animal impraticável e a há riscos de que a casinha caia.

Em busca dos culpados

Inicialmente, por um erro de seus auxiliares, o pres. Zezinho indicou um blogueiro sujo como principal suspeito. Agora, o  dedo rijo e cheio de autoridade da Referência Moral da Nação volta-se para outros facínoras.

A sra. Eliane Tacanhede disse que a usurpadora-mirim do planalto ainda não provou que esse esquema da casinha não foi usado por ela para fazer o vazamento.

Segundo o Jornal Mais Vendido do Brasil, o vazamento na casinha do Cachorro-Lagosta é fruto de um ato criminoso que só pode ser atribuído à usurpadora-mirim do planalto.  Segundo a coluna “Poder Canino” do jornal, o executor desse verdadeiro atentado à democracia e à higiene canina foi o labrador “Nego”, doado pelo terrível monstro bolchevique José Dirceu à usurpadora-mirim do planalto.

O Presidente de Nascença disse que o usurpador do planalto também é culpado pelo vazamento. Como membro da classe serviçal, não devia ter esperado suas ordens para consertar o defeito: “queria que eu sujasse minhas mãos?”, teria dito o Mais Preparado dos Chiricos.

    Estranhos mapas encontrados em uma loja de pão de queijo indicam encanamentos secretos que teriam trazido o esgoto que vazou.

Estranhos mapas encontrados em uma loja de pão de queijo indicam encanamentos secretos que teriam levado o esgoto que vazou.

Entretando, alguns informantes imputam o vazamento do esgoto da casa da genial mulher de negócios e da casinha do cãozinho a um encanador mineiro que andou fazendo uns serviços por lá e acabou brigando com o pres. Zezinho.  Vingativo, o bombeiro hidráulico das Alterosas teria deixado descoberta uma tubulação por onde passam os esgotos familiares, o que, mais dia, menos dia, levaria ao vazamento.

Outra versão aponta como suspeito o menino de recados do pres. Zezinho, sr. Bob Freire. O Presidente de Nascença confirmou que, quando tomar posse novamente na prefeitura paulistana, o Cachorro-Lagosta será o chefe do Centro de Controle de Zoonoses . Esta decisão fez o sr. Bob Freire  entrar em pânico.

QUADRILHA: Bob Freire e seus asseclas não gostaram de ver o Cachorro-Lagosta prestigiado pelo pres. Zezinho e por isso boicotaram a festa junina da UDN.

O ex-comedor de criancinhas teria se apavorado com a ameaça do Cachorro-Lagosta: acabar com os roedores na sede da UDN paulista. Disposto a impedir a desinfestação, teria mobilizado seu exército de roedores para atacar o moralizante líder pet.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca gostou de sujar as mãos. Quando era criança, lá na Mooca, ele tinha um cachorrinho de estimação. Era um viralata chamado Barão, porque o pai dele tinha recolhido o cachorro na rua Barão de Limeira. O cachorro vivia fazendo porquice, fuçava no esgoto, espalhava sujeira por tudo quanto era lugar. Quando a mãe mandava o Zezinho limpar a casinha do cachorro e tirar a sujeira dele do quintal, o Zezinho chamava o Reinaldinho Cabeção para brincar com ele. Quando o Reinaldinho Cabeção chegava, ele fazia o moleque limpar a sujeira toda…


Cachorro-Lagosta integrará equipe do pres. Zezinho na prefeitura de SP

27 de agosto de 2010

O Cachorro-Lagosta já começou a estudar para assumir a função bem preparado.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, segue empolgando os paulistanos com a perspectiva de seu retorno à prefeitura da cidade nas eleições de 2012.

Fontes do Alto de Pinheiros informam que o Presidente de Nascença já está envolvido na montagem da equipe de valorosos colaboradores que o auxiliarão no governo da Locomotiva da Nação a partir de 2014 (o ano de 2013 foi cancelado, por ordem do pres. Zezinho).

A melhor parte da notícia é que o respeitadíssimo líder udenocanino, o Cachorro-Lagosta, aceitou convite para integrar a equipe do Maior de Todos os Homens Públicos.  O simpático cãozinho já demonstrara haver superado totalmente o episódio da escolha do vice do pres. Zezinho nas eleições deste ano, quando foi preterido. Há poucos dias, confirmou sua presença nas festividades da posse do Maior dos Filhos da Mooca no Palácio do Anhangabaú.

A sra. Soninha Copelia (direita) assumirá a pasta do Ciclonudismo, mas também fará alguns outros servicinhos para o pres. Zezinho .

O Cachorro-Lagosta foi convencido pelo Supremo Cérebro Paulista a colaborar com o seu exitoso governo da municipalidade paulistana: “os eleitores infantis paulistas gostam muito de você”, teria dito, emocionado, o Gênio da Mooca, ao ver alguns deles trocando figurinhas do Cachorro-Lagosta de seus álbuns.

Sabedor (claro!) da importância do Cachorro-Lagosta junto a seu eleitorado, o Presidente de Nascença pretendia entregar a pasta da Educação ao bem treinado crustocanino, mas a vaga já estava assegurada para a banda Paulo R. Gates de Souza e Suas Gráficas Maravilhosas. Para contornar a situação, decidiu designar o Cachorro-Lagosta para o Centro de Controle de Zoonoses da capital.

O Cachorro-Lagosta entusiasmou-se com a oferta e já anunciou que vai iniciar um programa agressivo de combate aos insetos e ratazanas na UDN.

Mas nem todos estão felizes com esse desfecho. O menino de recados do Pres. Zezinho, sr. Bob Freire, ficou apavorado. Segundo fontes do subsolo udenista, o esperto ex-comedor de criancinhas teme ser uma das vítimas do inseticida desse programa do Cachorro-Lagosta.

QUADRILHA: Os eleitores infantis paulistas (DIREITA) fizeram uma festa junina para comemorar a volta do Cachorro-Lagosta à vida pública.

Também os udenoroedores estao aterrorizados. Ainda que muitas ratazanas já tenham abandonado a sede da prestigiosa agremiação política, o Cachorro-Lagosta prometeu-lhes uma caçada implacável, junto com sua assessoria canina, chefiada pelo sr. Afonso.

Mostrando uma capacidade de aglutinação semelhante à do Mais Completo dos Líderes, o Cachorro-Lagosta envolveu na caçada aos roedores também um grupo de felinos, chefiados por um amiguinho do pitta de estimação do pres. Zezinho.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre quis ter um cão de caça. Quando era criança, lá na Mooca, tinha um viralata chamado Cacique. Uma vez ele tentou treinar o cachorro para caçar os gatos da vizinhança. Só que o cachorro ficou muito bravo, e queria morder todo mundo que aparecia na frente. O pai do Zezinho mandou o viralata passar uma temporada fora, no sítio de um amigo, mas não adiantou. O viralata voltou tão bravo como antes, e nem o Zezinho conseguia controlá-lo. Aí decidiram levar o cachorro para longe, já que ninguém queria o bicho. Soltaram o Cacique em algum lugar fora da cidade, e ele ficou lá, latindo sozinho, e nunca mais ninguém soube dele.


Cachorro-Lagosta confirma presença na festa do retorno do pres. Zezinho à prefeitura

9 de agosto de 2010

Os eleitores da UDN paulistana já alugaram o Buffet Millenium para a festa.

DA REDAÇÃO, COM CONTRIBUIÇÃO DO ENVIADO ESPECIAL A SP, GENNARO MACARRONE: A anunciada volta à Alcadia paulistana do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro prefeito Zezinho, criou um clima de festa e excitação em toda a capital do povo paulista.

Por toda parte, as pessoas bonitas da metrópole paulistana organizam festejos e gritam vivas ao retorno do Presidente de Nascença ao governo da Regens Urbs  da nação, após vencer a eleição de 2012.
Os paulistanos, nunca suficientemente gratos por tudo de bom que o Presidente de Nascença fez por sua cidade no governo estadual e na sua meteórica passagem pelo edifício Matarazzo, já preparam a festa da posse, que poderá fugir da tradição, vindo a ocorrer não na sede da Prefeitura, mas na mansão de João Dória Jr.
Ansiosos por demonstrar sua gratidão e felicidade, muitos querem dar presentes ao Defensor Perpétuo de São Paulo. Os moradores dos Jardins Europa e América preparam estátua equestre do prefeito Zezinho a ser inaugurada por ele mesmo.

Disputa acirrada: Os maiores jornalistas brasileiros afirmam que será uma honra ser a parte de baixo da estátua equestre do Almirante do Tietê.

Um dos pontos altos das festividades será a manifestação preparada pela Associação das Senhoras da Rebouças. O importante grupo de pressão e sagaz fiscal das peruadas de Dona Marta vai celebrar o Retorno do Melhor dos Prefeitos Paulistanos com um vassouraço coletivo na avenida.

O vassouraço da Rebouças inspira-se na Lavagem nas Escadarias de Nosso Senhor do Bonfim. A alusão à festividade da terra do acarajé não é gratuita. Foi sugerida pelo mini-deputado Efebo (UDN-BA):  “Nosso Senhor combina com o Presidente de Nascença”, teria dito o folclórico microdeputado da UDN.
Cachorro-Lagosta apóia
Até mesmo o Cachorro-Lagosta resignou-se e declarou que também comparecerá à cerimônia da re-posse do futuro prefeito Zezinho. A excitação dos eleitores infantis paulistas parece tê-lo feito esquecer sua substituição por outro quadrúpede na vaga de candidato a vice.

O Cachorro-Lagosta deixou o orgulho de lado e decidiu apoiar quem nasceu para vencer.

Suas declarações demonstram que se convenceu de que a mudança foi pelo bem da Nação. “Eu não sei nada desses negócios de FARCs. Se o Cacique Merendinha foi escolhido como pet-vice  pelo pres. Zezinho, é por causa de sua imensa capacidade de falar coisas certas e bonitas”, disse o Cachorro-Lagosta.

Em entrevista concedida ao jornalista Carlos A. Merdenberg, o importante líder udenocanino afirmou que superou a mágoa:”Quando me disseram que o Mais Competente dos Gestores reassumiria a Prefeitura, pensei em estragar a festa, fazer xixi no buffet, ou algo assim. Mas percebi que isso só me traria mais problemas, e eu acabaria indo parar na carrocinha. Então engoli o orgulho e decidi aderir.”
Mesmo entre aqueles que não fazem parte da gente bonita que vai ao Shopping Iguatemi a empolgação é visível.
Os trabalhadores mais humildes, centro das preocupações do Mais Trabalhador dos Paulistas, também planejam homenagens: os feirantes, por exemplo, tratados a pão-de-ló pelo prefeito-esquenta-banco, levarão o que têm. Na sua simplicidade comovente,  preparam oferendas de tomates, ovos, bananas vendidas a quilo  e outros gêneros alimentícios.

Convicção: Os tomates estão dispostos a tudo.

Caso não possam, no dia da posse, chegar próximo do Suprassumo da Competência – pois a imensa e exultante multidão que comparecerá neste dia deverá prejudicar a circulação – os nobres comerciantes arremessarão as oferendas de onde estiverem, para não perderem a viagem. Deverão, a todo custo, atestar publicamente o apreço pelo Duce da Mooca , e sua gratidão ao Todo-Poderoso (no caso, o prefeito Zezinho), coisa que todos nós deveríamos fazer.

Comentário da tia Carmela
O Zezinho sempre gostou de  homenagem. Quando era criança, uma vez ele inventou que queria uma estátua dele para homenageá-lo. Mandou o Reinaldinho Cabeção arrumar uma, mas ele não conseguiu ninguém que fizesse uma estátua do Zezinho. Então o o Zezinho falou pro Reinaldinho Cabeção: então você vai ser o cavalo da estátua equestre em minha homenagem. Fez o moleque ficar de quadro e sentou de cavalinho em cima dele, a tarde inteira, segurando uma espada de madeira. Quando o Reinaldinho Cabeção se mexia, levava uma pancada com a espada…

O triste fim do Cachorro-Lagosta

10 de julho de 2010

O Cachorro-Lagosta não consegue mais levantar a cabeça.

A transformação do Brasil em um paraíso terrestre, a ser operada pelo Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, exige sacrifícios. A dor  de alguns é o virtuoso pedágio a ser pago  para que o Bem Comum seja alcançado.

Mesmo uma campanha fadada à vitória como a do Presidente de Nascença deixa algumas baixas. Alguns, mais fortes, superam as agruras e saem fortalecidos. É o caso de Bianca Dias, a boneca inflável que foi, por alguns dias, candidata a vice do Mais Competente dos Seres.

Outros não conseguem superar as adversidades, e tornam-se pálidas sombras do que foram, escravizadas pelo sofrimento.

Este é o deprimente caso do outrora garboso Cachorro-Lagosta, até recentemente uma importante liderança canina da UDN, hoje um pobre cãozinho neurótico, sem ar, sem luz, sem razão.

Quadrilha: Uma comitiva da UDN foi chamar o Cachorro-Lagosta para participar da festa junina, mas ele não quis sair da casinha.

A triste sina do simpático udenopet iniciou-se quando a boneca inflável Bianca Dias foi escolhida como vice do Mais Sabido dos Economistas.  Revoltado por ter sido preterido, o Cachorro-Lagosta perdeu a cabeça e atacou a boneca inflável, causando danos terríveis à sua candidatura.

Seu ataque não lhe trouxe benefícios: apesar de esvaziar a candidatura da boneca inflável, também causou danos à imagem do próprio Cachorro-Lagosta. Pior para ele,  levou à escolha do Cacique Merendinha (Mauricinho Tupinambá) como vice do pres. Zezinho. Novamente, o latefundiário canino reagiu furiosamente e foi preciso chamar a carrocinha.

Vendo seu sonho totalmente inviabilizado, o Cachorro-Lagosta entrou em profunda depressão. Passa os dias macambúzio na área de serviço de seu apartamento.

No pequeno espaço onde se auto-confinou, pode ser visto caminhando sem direção, olhar perdido, como se a vida se lhe tivesse sido arrancada. O vídeo abaixo mostra o estado de desolação a que se reduziu o antes idolatrado cåo:

Reduzido a um farrapo canino, o Cachorro-Lagosta não tem mais ânimo sequer para brincar com sua bolinha de tênis. Mesmo seu apetite antes insaciável desapareceu. Até os biscroques que adorava agora jazem num canto da área de serviço, intocados. Recusa-se a receber visitas e não quer mais passear.

O Prof. Cesar Millan tentou consultar a tese do pres. Zezinho na Universidade de Cornell, mas não a encontrou.

Amigos próximos do Cachorro-Lagosta, preocupados com seu deprimente estado, chamaram o prof. Cesar Millan, Ph.D., que foi  orientador do cãozinho em seu doutorado na Cornell University. O prof. Cesar, infelizmente, pouco conseguiu.

Muitos já perderam a esperança. Os mais crédulos ainda acreditam na volta de Tancredo Neves que, assim como Lassie e o cachorro vigilante rodoviário Lobo, não morreu, apenas foi passar férias em Nova Iorque com Madonna.

O fundamento dessa crença é o fato de que o importante líder alteroso-ipanemenho sempre teve ascendência sobre o Cachorro-Lagosta, e poderia ceder-lhe a vaga de mascote da Copa de 2014, em um desesperado e generoso sacrifício para salvar a vida de um amigo.

Comentário da tia Carmela

Eu não tenho pena desse cachorro. Quem mandou confiar no Zezinho?


Cachorro-Lagosta revolta-se contra escolha de Tupinambá para vice

1 de julho de 2010

O Cachorro-Lagosta reagiu com ferocidade udenista à notícia.

Gerou um conflito no sempre harmonioso seio da UDN a escolha do silvícola Mauricinho Tupinambá (Cacique Merendinha) como o novo vice do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho.

O até então favorito a ocupar o posto, o sr. Cachorro-Lagosta, teve um ataque de raiva ao receber a notícia, levada pessoalmente pelo moleque de recados do Presidente de Nascença, Bob Jefferson. A esponja-mensageira foi recebida a mordidas pelo furioso líder udenocanino e seus assessores, sendo necessária a intervenção da equipe da carrocinha  para acabar com o conflito. O professor-orientador do canino, Cesar Millan, Ph.D (UCLA), também foi acionado, mas os habituais dois biscroques e uma bolinha de tênis não funcionaram.

Uma vez contido, mas ainda babando de raiva, o Cachorro-Lagosta deu uma entrevista coletiva, na qual não escondeu seu descontentamento: “O que o Zezinho tem na Cacciola? Pra quê chamar um selvagem, se poderia contar comigo, que já estou domesticado?!

Quadrilha: O Cachorro-Lagosta recusou-se a participar da quadrilha na festa junina da UDN e teve que ser substituído pelo Snoopy.

A escolha do parlamentar nativo-brasileiro pode reduzir a votação do pres. Zezinho entre os amplos setores que apoiavam a candidatura do simpático cãozinho. O Cachorro-Lagosta declarou que não está disposto a empenhar-se na campanha do Presidente de Nascença, por estar muito decepcionado com a UDN e com o pres. Zezinho. O canídeo disse  que só não passará a apoiar Marina Silva porque ela é contra a Teoria da Evolução, o que afeta diretamente os interesses do Cachorro-Lagosta.

Os selvagens também têm sentimentos

Choroso, Mauricinho Tupinambá reclamou da injustiça do Cachorro-Lagosta.

Informado da reação furiosa do Cachorro-Lagosta, o Cacique Merendinha entristeceu-se. Depois de chorar em altos brados, o tupinambá apareceu ainda coçando o nariz e fungando compulsivamente para atender a imprensa. Na sua entrevista, o gentio declarou-se injustiçado e fez uma revelação:

“Eu sempre tive uma boa relação com o Cachorro-Lagosta. Quando ele vinha ao Rio, nas reuniões da UDN, eu sempre o levava para passear no calçadão. Tenho até uma coleira em casa reservada para ele.  Sempre íamos juntos ao Bar Jobi, para ele dar umas mordidas nuns petistas.”

Comentário da tia Carmela

Separar amigos e destruir amizades sempre foi especialidade do Zezinho. Descontentar quem confiou nele, então, nem se fala! Quando ele era criança, lá na Mooca, ele fazia isso sempre… Já contei uns cinquenta casos desses…


Cachorro-Lagosta esvazia candidatura de boneca inflável a vice do pres. Zezinho

30 de junho de 2010

Bianca Dias não resistiu aos ataques furiosos do Cachorro-Lagosta

A definição da boneca inflável Bianca como vice do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, gerou uma pequena crise na já vitoriosa campanha da UDN. Após alguns dias tensos, a crise resolveu-se, com a desistência de Bianca de ocupar o posto.

Segundo fontes ligadas à Associação dos Maquiadores e Cabeleireiros  de Curitiba (AMACCU), o Cachorro-Lagosta realizou uma visita-surpresa à casa de Bianca durante a madrugada e, na ocasião, desferiu um ataque raivoso que  teria  esvaziado a candidatura da simpática liderança udenoplástica.

O ataque da liderança udenocanina coroou uma série de  duras reações de vários setores da UDN, que  ousaram rebelar-se contra mais esse magnânima e sábia decisão do Presidente de Nascença.

Cachorro-Lagosta, que, com a desistência, mantém-se como principal candidato, teria afirmado que estava convicto de ser o melhor nome, e que considerava um absurdo escolher qualquer outro  quadrúpede babão para o posto.

Entenda a crise do vice do pres. Zezinho

Suspeita: O Cachorro-Lagosta negou-se a falar sobre o que fez no encontro com a boneca inflável.

A indicação da boneca inflável para o cargo de vice do Mais Completo dos Gestores Públicos fez com que vários setores da UDN se rebelassem.

Imediatamente, lideranças do bairro da Lapa, em S. Paulo,  protestaram contra a escolha de Bianca Dias.  A líder udenista do bairro, sra. Soninha Copélia, mostrou-se visivelmente contrariada contra a escolha.Disse que já andava desconfiada das pesquisas que o Gênio do Twitter andava fazendo na internet a noite toda, ao invés de ir à Lapa vistoriar a maquete de pista de ciclonudismo que mandou construir.

A ala ambientalista da UDN também protestou: essa boneca inflável não é biodegradável, teria dito a candidata-estepe da UDN.

Merdenbergue & Merdovar ficaram preocupadíssimos com a crise da UDN.

O líder da ala infanto-juvenil esférica da UDN, Maia Jr., criticou a escolha porque Bianca não vem com panetone de brinde.

Com o conflito instalado, os grupos mais próximos do Deus em Exercício correram a tentar acabar com a crise e apoiar a decisão do Maioral dos Brasileiros:

A dupla caipira Merdenbergue & Merdovar tentou influenciar a opinião pública. Para isso, compuseram uma música sertaneja universitária contando a emotiva história de Bianca, de boneca inflável traída e jogada à própria sorte pelo ex-marido a vice do Maior dos Brasileiros.

O sempre disponível Reinaldinho Cabeção, assessor de imprensa do Homem do CV Incomparável, escreveu um post em seu blog “Burger King” defendendo o nome da boneca inflável: “O pres. Zezinho não erra. Se ele escolheu Bianca Dias, é porque é o melhor nome para combater os petralhas malvados que vão transformar o Brasil na nova Coréia do Norte. Só  Bianca Dias pode ajudar o pres. Zezinho a nos livrar de perder de 7 a 0 do timinho de Portugal”.

O assessor para assuntos inglórios do Presidente Mais Desejado, Bob Freire, organizou uma reunião da Associação dos Comunistas Arrependidos da UDN (ARRECUDN) para prestar solidariedade ao pres. Zezinho. Os oito participantes assinaram um entusiasmado documento de apoio ao nome de Bianca e lançaram a palavra de ordem “Zezinho Presidente, Bianca pra Suplente!”

Inútil: FHC e seu discurso rococó soaram como grego para parte dos líderes da UDN.

Para por fim ao conflito, o Presidente de Nascença convocou líderes das várias alas da UDN em disputa, para encontrar uma solução em reunião com o ex-sábio FHC. Chamado às pressas, o ex-sabichão não teve tempo de preparar sua fala e reaproveitou um discurso usado quando recebeu o título de doutor honoris causa na Universidade do Hamburguer  MacDonald’s. No discurso, proferido em francês medieval, o ex-pensador provou que, tirando um churrasco meia-boca na semana passada, tudo o mais que Lula fez foi por mérito dele, FHC.  O discurso não empolgou, e a reunião esvaziou-se.

Uma luz chegou nesta madrugada, com a notícia de que a boneca inflável Bianca Dias teria desistido da candidatura a vice.

Comentário da tia Carmela

Essa gente fica reclamando do Zezinho, mas isso não adianta nada. Ele nunca foi de ouvir ninguém. Quando ele era criança, lá na Mooca, ele sempre decidia o que cada menino ia fazer nas brincadeiras. Uma vez, o Zezinho resolveu organizar um concurso de joão-bobo na rua. Cada menino levou o seu. Quando chegou a hora do concurso, o Zezinho viu que o joão-bobo dele tinha furado e murchado. Não teve dúvida e chamou o Reinaldinho Cabeção e disse pra ele: “você vai ser o meu joão-bobo. E o Reinaldinho Cabeção ficou lá, levando socos do Zezinho e fingindo que era um joão-bobo…


Boneca inflável é nova vice do pres. Zezinho

26 de junho de 2010

A boneca inflável chegou incógnita ao escritório da UDN para o anúncio de sua escolha para vice.

Finalmente, o Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, terá uma companhia na caminhada em direção ao cargo que é seu por desígnio divino. A vaga de vice está prestes a ser ocupada.

A direção da UDN informou, por meio de seu instituto de pesquisas, que o Presidente de Nascença decidiu que sua vice será a boneca inflável Bianca Dias, importante liderança udenoplástica do sul do Brasil.

O Maior dos Economistas encantou-se com os talentos de Bianca Dias quando limpava o salão de cabeleireiro frequentado pela boneca inflável.

Entre as várias virtudes de Bianca Dias  estão sua vigorosa defesa dos princípios da UDN, seu retórica inflamada e sua preocupação com a família, tema tão caro ao Mais Perfeito dos Brasileiros.

A boneca inflável saindo do salãodepois de tingir o cabelo de loiro.

Também pesou o  fato de Bianca ser uma boneca inflável feita com materiais seguros para todas as idades, agora que o Maior dos Filhos da Mooca alistou-se na luta contra os tóchicos.

Segundo fontes ligadas à Associação dos Maquiadores e Cabeleireiros  de Curitiba (AMACCU), Bianca teria revelado que amanhã mesmo tingirá os cabelos de outra cor, substituindo o tradicional castanho-acaju. Deverão passar a ser loiros.

Segundo as mesmas fontes,essa foi  a única exigência do Presidente de Nascença, que anda saudoso de Madonna e Rita Camata.

Cachorro-Lagosta se rebela

O Cachorro-Lagosta ficou raivoso e descontrolado, ao saber da notícia.

O Cachorro-Lagosta, até então cotado para a vaga, ficou raivoso. Babando de ódio, invadiu a sede da UDN e tentou atacar a boneca inflável, que por pouco escapou de uma mordida fatal. Felizmente foi contido a tempo pelo assessor para assuntos inglórios do pres. Zezinho, Bob Freire, que gritou “parado” e “senta”. O Cachorro-Lagosta só se acalmou quando ganhou dois biscroques e um osso para roer.

Os defensores da simpática liderança canina reclamaram bastante. Inconformados, dizem que nada está definido e continuam defendendo o seu nome da para a vaga de vice.

QUADRILHA: A boneca inflável Bianca fez questão de ser a noiva, na festa junina da UDN.

Na verdade, fontes de Higienópolis revelaram em off que  teriam pesado contra o Cachorro-Lagosta os rumores de que o simpático cãozinho teria feito um acordo com Tancredo Neves, apoiando o nome do sr. Minésio para a escolha do Mascote da Copa de 2014.

Comentário da tia Carmela

Que negócio mais esquisito é esse? Isso não está indo longe demais, não? Dessas molecagens do Zezinho eu não sabia. Mas acredito em qualquer coisa…


Cachorro-Lagosta aprova reforma do Jornal Mais Vendido do Brasil

9 de junho de 2010

O Cachorro-Lagosta acha que o jornal está com o visual e conteúdo adequados a sua finalidade.

As qualidades infindáveis  do Mais Preparado dos Brasileiros tem sido cantadas em verso e prosa pelos Mais Vendidos Veículos de Comunicação do Brasil. Neles, uma legião de jornalistas de estimação,  redatores de aluguel,  comentaristas de vida fácil e  repórteres de programa têm, com grande honestidade, mostrado ao povo inculto as virtudes do Presidente de Nascença.

Esse esforço merece a gratidão eterna de todos nós. Graças a tanta generosidade, libertos das trevas, os brasileiros podemos fazer coro às loas ao Mais Competente dos Gestores.

Mas a vontade de ajudar o país que reina nos corações  dos donos desses órgãos de imprensa não tem limites. Perfeccionistas, querem um jornal cada vez melhor.

Por isso, recentemente o Jornal Mais Vendido do Brasil fez uma profunda reformulação editorial e está de cara-de-pau nova.

As alterações agradaram muito o candidato favorito a vice do pres. Zezinho, o Cachorro-Lagosta. A importante liderança canino-udenista apreciou muito o novo visual do jornal, que considerou inspirador. Em seu comitê, o jornal é um sucesso. Tanto ele como seus assessores  sempre que vão ao banheiro fazem-se acompanhar do prestigioso periódico.

Inspiração: o sr. Afonso, um dos assessores do Cachorro-Lagosta, é só elogios ao novo visual. (Foto: Blog Vendedor de Bananas).

Em depoimento, o Cachorro-Lagosta elogiou muito a reformulação e disse que ela irá ajudar na eleição do pres. Zezinho, pois vai ficar mais fácil para os eleitores entender que a chapa Zezinho-Lagosta é a única alternativa para o Brasil sair da terrível situação em que se encontra.

O Cachorro-Lagosta adorou o novo formato do jornal.

Sentimental, o Cachorro-Lagosta emocionou-se quando o dono do jornal atirou um exemplar para ele ir buscar. Nesse momento, o inteligente líder udenocanino  foi às lágrimas ao recordar que já trabalhou como entregador do jornal.  E que foi o periódico que o inspirou em suas primeiras obras.

Já o Mais Genial dos Homens Públicos, o pres. Zezinho, anunciou que gostou muito do jornal e determinou que o super-herói GOLDMAN adquira 3,2 milhões de assinaturas para serem distribuídas aos pet-shops paulistas.

Reforma na hora certa

Com a reforma, o jornal ficou mais adequado a seu público. Passou a usar letras maiores, dado o envelhecimento dos seus leitores fiéis. A reforma deixou o jornal mais colorido, para chamar a atenção dos  eleitores infantis paulistas, e passou a usar uma linguagem menos elaborada, para adequar-se ao nível intelectual de seu público. Contratou um símbolo da vanguarda intelectual dos anos 1980 (uma famosa atriz de documentários de Arnaldo Jabá sobre polvos) para anunciar a reformulação, mostrando como o jornal está ligado às tendências da juventude contemporânea.

A qualidade da informação transmitida às classes  toscas de nossa pátria, essa manteve-se inalterada, felizmente.


Comentário da tia Carmela

O cachorro lá de casa também gostou.


Cachorro-Lagosta faz sucesso na Parada Gay

6 de junho de 2010

O Cachorro-Lagosta disputa com Branco Dias (UDN-PR) a vaga de vice e a preferência da comunidade.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, deu hoje mais um passo decisivo rumo ao planalto.

Compareceu à Parada Gay em S. Paulo acompanhado de seu provável vice, o sr. Cachorro-Lagosta, e colheu frutos da popularidade da simpática liderança canina junto à comunidade LGBBTTVS.

Parada Gay Urgente, Zezinho Presidente!

A presença do Cachorro-Lagosta aumentou o já entusiasmado apoio da comunidade ao Mais Perfeito dos Brasileiros.

Muitos diziam que iam votar no pres. Zezinho se o Cachorro-Lagosta fosse confirmado como seu vice.

Empolgados, alguns participantes da animada  manifestação cívico-cultural pegaram  o Presidente de Nascença no colo e cantaram em coro: “Parada Gay Urgente, Zezinho Presidente.”

O pres. Zezinho estava que era só animação.

A diretora do Depto. de Pamonha e Curau da Procuradoria Geral da República informou que, como se tratava do pres. Zezinho, o ato não será considerado propaganda eleitoral antecipada.

Os mais entusiasmados se animaram quando o Maior dos Filhos da Mooca subiu em um carro de som e cantou “I Will Survive” ao lado do Cachorro-Lagosta, que acompanhou com uivos afinadíssimos. Do alto dos edifícios da Av. Paulista, chovia papel picado de dossiês antigos.

A empolgação era tanta que até o pitta de estimação do Presidente de Nascença foi aplaudido no evento, chegando às lágrimas por conta do gesto de ternura de seu dono, que puxou as palmas.

Mas a maioria dos participantes estava mesmo interessada no Cachorro-Lagosta. O simpático cãozinho mal conseguia caminhar, pois a todo momento precisava parar para atender os pedidos de fotografias e autógrafos.

QUADRILHA: A UDN aproveitou para fazer uma festa junina na Parada Gay.

QUADRILHA: A UDN aproveitou para fazer uma festa junina na Parada Gay.

Fontes ligadas à UDN disseram que a candidatura do Cachorro-Lagosta a vice saiu fortalecida do evento. Alguns candidatos, como Branco Dias (UDN-PR) e o Sinhozinho Agripino Malta (PFL-RN) praticamente desistiram depois de ver o prestígio do latefundiário canino entre a comunidade LGBBTTVS.

Comentário da tia Carmela

Eu, hein!… Esse Zezinho, pra ganhar um voto, faz cada coisa…. Subir no carro de som e cantar já é demais… Ele sempre cantou muito mal.Lá na Mooca, quando ele era criança, tinha um menino, o Paulinho, que era meio assim… Era um bom menino, mas era daqueles meninos mimados pela avó que só vivia no meio das meninas. Os outros meninos não queriam brincar com ele, coitado.  O Paulinho dizia que ia ser cantor, e chamava os outros meninos para ir brincar de programa de calouros na casa dele, mas nenhum ia. Só o Zezinho, que ia quando tinha eleição para monitor da classe ou pra carregar a bandeira na parada de 7 de setembro. Aí ele ia e levava o Reinaldinho Cabeção, para o Paulinho votar nele.


Cachorro-Lagosta é vítima de dossiê de aloprados

1 de junho de 2010

O Cachorro-Lagosta está aguardando a hora certa para reagir aos ataques dos aloprados do planalto.

Mais uma bomba caiu hoje na campanha do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho.

Desta vez, o projétil não mirava diretamente o Presidente de Nascença. O alvo era o seu provável vice, o Cachorro-Lagosta.

A campanha udenista foi sacudida pela explosiva noticia publicada por um dos jornalistas de estimação do Mais Competente de Todos os Homens. A nota dizia que um conhecido do primo da tia do colega de academia do ex-marido da cunhada do vizinho de um homem que sentou a seu lado no avião teria ouvido dizer que a candidata do usurpador do planalto teria recebido  um envelope pelo correio. Nele, talvez houvesse documentos, que poderiam ser o álbum de figurinhas dos amiguinhos do Zezinho ou um dossiê contra o Cachorro-Lagosta.

Miséria estética: Os dossiês dos aloprados não tem a qualidade dos dossiês dos amiguinhos do pres. Zezinho.

O objetivo do dossiê, preparado por um grupo de aloprados, seria desestabiizar a chapa do Mais Inteligente dos Homens, inviabilizando a candidatura a vice da simpática liderança canino-udenista.

Tudo isso porque os aloprados sabem que a simpatia do Cachorro-Lagosta garantirá o voto infantil dos leitores da Revista Mais Vendida do Brasil.

É a segunda tentativa de alijar o latefundiario do posto. Há poucos dias, petistas tentaram lançar um falecido rinoceronte para a vaga. A manobra foi anulada graças à pronta e furiosa reação do Cachorro-Lagosta, apoiado pelos amiguinhos do pres. Zezinho que trabalham como fabricantes de silêncio nos Jornais Mais Vendidos do Brasil.

Repercussão

A notícia gerou um ataque de fúria do Cachorro-Lagosta, debelado por seu professor Cesar Millan, (Ph.D.-UCLA) com dois biscroques.

Também o Presidente Perfeito reagiu com indignação à notícia. Imediatamente determinou que seu assessor de imprensa, sr. Reinaldinho Cabeção, encaminhasse press-releases a todos os ghost-righters amiguinhos apontando os perigos para a democracia em tal ato dos aloprados.

QUADRILHA: Jornalistas compareceram à festa junina da UDN para comemorar a pronta reação da justiça.

Os releases, que serão publicados amanhã em todos os jornais e revistas, também informam que  monopólio de espalhar dossiês foi atribuído ao Presidente Zezinho por Deus em pessoa.

O futuro ministro da educação e assuntos gráficos, Paulo R. Gates de Souza, criticou o dossiê. Apesar de não o ter visto, disse poder assegurar que não tinha a mesma qualidade dos dossiês produzidos pela assessoria do Almirante do Tietê, estes sim, impressos em gráficas de primeiro mundo.

O setor jurídico da UDN rapidamente iniciou uma reação.  A líder da UDN na Procuradoria-Geral da República afirmou que vai ofercer denúncia contra a usurpadora do planalto, solicitando como punição a impugnação de sua candidatura e a sua condenação a prestar serviços comunitários limpando a sujeira produzida pela vítima.

Ainda há esperança: a justiça está do lado do pres. Zezinho.

Ainda há esperança: a justiça está do lado do pres. Zezinho (direita).

O líder da UDN no TSE  antecipou-se e deu sentença favorável ao pedido da líder da UDN na PGN, mesmo sem ter recebido os documentos. Pesou na sua decisão a declaração do jornalista R. Bolat de que o dossiê também significava uma ameaça à estabilidade cósmica.

O sr. Merdoval Pedreira, em sua coluna de hoje, disse que a notícia do dossiê certamente é verdadeira, mas que as acusações ao Cachorro-Lagosta, ainda desconhecidas, são completamente descabidas.

Comentário da tia Carmela
O Zezinho sempre gostou desse negocio de dossiê. Uma vez, quando ele estava no ginásio, ele saiu falando que um menino tinha feito um dossiê contra ele. Foi até reclamar com a diretora. Como ela não tinha o que fazer, ele mandou o Reinaldinho Cabeção espalhar que ela era cúmplice do menino. Deu um bode danado…


Agora é oficial: Tancredo Neves diz não e indica o Cachorro-Lagosta para vice

31 de maio de 2010

Suspeitas: O Cachorro-Lagosta e Tancredo Neves andariam abanando o rabinho um pro outro.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, está um pouco triste.

Generoso e cheio de bondade, o Presidente de Nascença queria dar a honra de ser seu vice ao ex-governador da BR-3, sr. Tancredo Neves, também conhecido como Minésio.

Seria também uma forma de resolver de vez a Guerra dos Emboabas e melhorar sua relação com Tancredo. A amizade dos dois estava estremecida depois do vazamento da notícia de que a cantora  Madonna repetirá, no próximo dia  6 de junho, sua apimentada visita a São Paulo, ocorrida em fevereiro.

Triângulo mineiro: A cantora Madonna nega qualquer relação com a decisão de Tancredo.

Entretanto, o gesto amistoso não surtiu efeito. Apesar de ter levado às lágrimas o amigo Minésio, os compromissos de Tancredo com a gente de Minas no calçadão de Copacabana impediram-no de aceitar a gentil oferta, visto que será candidato a Mascote da Copa de 2014.

Provido de uma enorme estima pelo pres. Zezinho, o sr. Minésio enviou carta ao Maior dos Brasileiros agradecendo a gentileza e dizendo-se impossibilitado de aceitá-la.

Na carta, o sr. Minésio recomendou ao Grande Estadista Pátrio que entregue a vaga de vice ao Cachorro-Lagosta (PFL) importante liderança canina nacional. Gentilmente, convidou o Mais Competente dos Gestores a passar lá em casa qualquer dia desses para tomar um café com leite.

Compreensivo, como sempre, o Predestinado Redentor do Brasil telefonou ao sr. Minésio para agradecer a indicação e manifestar sua preocupação com uma estranha doença que tem se irradiado a partir de Minas.  Infelizmente, a linha caiu enquanto falava e, ao ligar novamente, o sr. Minésio não atendeu porque seu telefone estava fora de área.

Articulação

Fontes da UDN informaram que este movimento não é gratuito. Na verdade, Tancredo Neves teria feito um acordo com o Cachorro-Lagosta. Pelo acordo, o latefundiário canino abriria mão da disputa pela vaga de mascote da copa de 2014, apoiando o sr. Minésio. Em troca, receberia dois biscroques e uma bolinha de tênis. Como o voraz cãozinho comeu imediatamente os dois biscroques e ficou com cara de cachorro pidão, o generoso mineiro completou a oferta com mais um biscroque e  o apoio para a vaga de vice na chapa da UDN.

QUADRILHA: A UDN fez festa junina para comemorar a decisão de Tancredo. Rodrigo Maia fez parte da quadrilha.

Apesar de conhecer a articulação, o presidente Zezinho mostrou-se feliz com o apoio de Tancredo ao Cachorro-Lagosta, seu candidato preferido depois que sua alma gêmea, Demoarruda Bauducco, saiu da disputa.  “Só o Cachorro-Lagosta é tão leal a mim como Demoarruda”, teria dito o Bem-Aventurado Salvador do Brasil.

Fontes da UDN disseram-se aliviadas, pois estavam preocupadas com a contra-ofensiva petista contra a candidatura do Cachorro-Lagosta. Agitadores subversivos provenientes de São Paulo e  acolhidos pelos sul-riograndenses lançaram no fim-de-semana a candidatura de um rinoceronte morto à vaga de vice do Presidente de Nascença.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca brigou por causa de disputar namorada com os outros meninos. Uma vez, quando já estava no ginásio, ele chegou a brigar com um menino que começou a namorar a menina que ele gostava. Mas foi porque ele foi escolhido para representar a escola na comemoração de Sete de Setembro, não por causa da menina. Ele até mandou o Reinaldinho Cabeção espalhar a notícia de que esse menino fazia umas coisas muito feias. O menino ficou sabendo e deu umas bolachas no Zezinho…


Agora é oficial: Tancredo Neves diz não e indica o Cachorro-Lagosta para vice

30 de maio de 2010

Suspeitas: O Cachorro-Lagosta e Tancredo Neves andariam abanando o rabinho um pro outro.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, está um pouco triste.

Generoso e cheio de bondade, o Presidente de Nascença queria dar a honra de ser seu vice ao ex-governador da BR-3, sr. Tancredo Neves, também conhecido como Minésio.

Seria também uma forma de resolver de vez a Guerra dos Emboabas e melhorar sua relação com Tancredo. A amizade dos dois estava estremecida depois do vazamento da notícia de que a cantora  Madonna repetirá, no próximo dia  6 de junho, sua apimentada visita a São Paulo, ocorrida em fevereiro.

Triângulo mineiro: A cantora Madonna nega qualquer relação com a decisão de Tancredo.

Entretanto, o gesto amistoso não surtiu efeito. Apesar de ter levado às lágrimas o amigo Minésio, os compromissos de Tancredo com a gente de Minas no calçadão de Copacabana impediram-no de aceitar a gentil oferta, visto que será candidato a Mascote da Copa de 2014.

Provido de uma enorme estima pelo pres. Zezinho, o sr. Minésio enviou carta ao Maior dos Brasileiros agradecendo a gentileza e dizendo-se impossibilitado de aceitá-la.

Na carta, o sr. Minésio recomendou ao Grande Estadista Pátrio que entregue a vaga de vice ao Cachorro-Lagosta (PFL) importante liderança canina nacional. Gentilmente, convidou o Mais Competente dos Gestores a passar lá em casa qualquer dia desses para tomar um café com leite.

Compreensivo, como sempre, o Predestinado Redentor do Brasil telefonou ao sr. Minésio para agradecer a indicação e manifestar sua preocupação com uma estranha doença que tem se irradiado a partir de Minas.  Infelizmente, a linha caiu enquanto falava e, ao ligar novamente, o sr. Minésio não atendeu porque seu telefone estava fora de área.

Articulação

Fontes da UDN informaram que este movimento não é gratuito. Na verdade, Tancredo Neves teria feito um acordo com o Cachorro-Lagosta. Pelo acordo, o latefundiário canino abriria mão da disputa pela vaga de mascote da copa de 2014, apoiando o sr. Minésio. Em troca, receberia o apoio para a vaga de vice do Maior de Todos os Seres Humanos, além de dois biscroques e uma bolinha de tênis.

QUADRILHA: A UDN fez festa junina para comemorar a decisão de Tancredo. Rodrigo Maia fez parte da quadrilha.

Apesar de conhecer a articulação, o presidente Zezinho mostrou-se feliz com o apoio de Tancredo ao Cachorro-Lagosta, seu candidato preferido depois que sua alma gêmea, Demoarruda Bauducco, saiu da disputa.  “Só o Cachorro-Lagosta é tão leal a mim como Demoarruda”, teria dito o Bem-Aventurado Salvador do Brasil.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca brigou por causa de disputar namorada com os outros meninos. Uma vez, quando já estava no ginásio, ele chegou a brigar com um menino que começou a namorar a menina que ele gostava. Mas foi porque ele foi escolhido para representar a escola na comemoração de Sete de Setembro, não por causa da menina. Ele até mandou o Reinaldinho Cabeção espalhar a notícia de que esse menino fazia umas coisas muito feias. O menino ficou sabendo e deu umas bolachas no Zezinho…


Queda nas pesquisas reforça Cachorro-Lagosta como alternativa a vice

24 de maio de 2010

Cachorro-Lagosta: é nos momentos de crise que mais se precisa de um amigo fiel.

A campanha do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, segue empolgando as massas em todo o país.  Entretanto, um grosseiro erro na última pesquisa encomendada pelo Comitê de Campanha Centralizado – Donos de Jornal com o Zezinho (CCC-JZP) revelou uma improvável queda do Presidente de Nascença nas intenções de voto dos brasileiros.

Ainda que tudo tenha se tratado apenas de um equívoco, já corrigido pela pesquisa do prestigioso Instituto Dataprado, os números geraram movimentações nos bastidores da campanha já de antemão vitoriosa.

Defecção: o sr. Bart Simpson abandonou sua antiga paixão e agora apóia o Cachorro-Lagosta.

Os números, nitidamente equivocados, que mostraram uma queda do Sólon Redivivo no Sul do Brasil enfraqueceram a posição da cleptogovernadora Ymelda Cruz (P$DB-RS), que aspirava ser a vice-presidente em 2011. Ancorada nos estrondosos feitos de sua gestão moderna, eficiente e tecnicamente perfeita, a cleptoprenda ostenta uma popularidade inédita no RS: 95% dos entrevistados no comitê central da UDN aprovam seu governo.

Com o enfraquecimento da Reserva Moral dos Pampas (foto), o Cachorro-Lagosta vê-se cada vez mais prestigiado para assumiro o posto invejadíssimo de vice do Maior dos Brasileiros.

De um salto, o líder canino-latifundiário articulou um movimento  de apoiadores de seu nome em vários setores da sociedade, liderado pela atriz Luiza Mell.

Entre os jornalistas, o apoio ao Cachorro-Lagosta é quase unânime. Os profissionais da verdade apóiam entusiasticamente o vice preferido do Maior Defensor da Liberdade de Imprensa no Brasil. São liderados pela sra. Priscila Waldweiler, apresentadora do telejornal TV Colosso, chefe de um comitê com outras cadelas jornalistas conhecido como As Cadelinhas do Jotalhão.

Famílias unidas: os filhos dos pastores alemães também apóiam o Cachorro-Lagosta.

No campo religioso, existe um forte movimento de apoio de vários pastores alemães atuando no sul do Brasil, entre eles Danka von der Weisse Feder; Hero vom Wutachtal; Laius von Ghattas; Y. von Kleine Holzchen e Ute v. d. Lentfert Hoeve.

Entre os policiais, o sr. Lobo, aposentado da polícia rodoviária de S. Paulo, lidera uma grande frente de apoiadores espalhada pelas polícias militares de todos os estados.

Prof. Millan, PhD, treinou uma equipe de especialistas em campanha na internet para ajudar o Cachorro-Lagosta e o pres. Zezinho.

A mobilização transcende as fronteiras nacionais. O orientador do Cachorro-Lagosta em seu doutorado na UCLA (Universidade da Califórnia – Los Angeles), Prof. Cesar Millan, enviou uma carta ao Presidente Zezinho elogiando a escolha do inteligentíssimo cão e se dispõs a ajudar na campanha,  enviando alguns alunos para auxiliar o sr. Eduardo G. Zepelin e o sr. Gregorio de Mattos na campanha pela internet.

Clique aqui para saber mais sobre a candidatura do Cachorro-Lagosta a vice do presidente Zezinho.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho ainda vai mandar esse cachorro para a carrocinha, se isso valer o voto dos laçadores de cachorro do centro de controle de zoonoses…