Injustiça: Cachorro-Lagosta foi hostilizado em manifestação da UDN

13 de abril de 2015
DECEPCIONADO: O líder da ala canina da UDN saiu cabisbaixo da manifestação animalesca.

DECEPCIONADO: O líder da ala canina da UDN saiu cabisbaixo da manifestação animalesca.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o senador e futuro presidente Zezinho, está muito triste com o resultado da manifestação de ontem contra o governo da usurpadora do planalto.

A causa da tristeza do Presidente de Nascença não é tanto a desidratação do movimento, que em menos de um mês viu-se reduzido a um décimo do que havia sido.

O fato que mais afligiu o Maior dos Filhos da Mooca foi o tratamento vil dispensado ao seu fiel correligionário, o Cachorro-Lagosta, líder da ala canina da UDN.

O pobre animalzinho  foi hostilizado na manifestação da UDN na Av. Paulista por estar usando sua tradicional roupinha vermelha de lagosta.

ARMADILHA: Os eleitores infantis paulistas pensaram que a roupinha de lagosta era uma armadilha dos comunistas para caçarem criancinhas para o jantar.

ARMADILHA: Os eleitores infantis paulistas pensaram que a roupinha de lagosta era uma armadilha dos comunistas para caçarem criancinhas para o jantar.

Aos gritos de “Petista bom é petista morto!” e “Vestiu vermelho, vai entrar no relho!”, entre outros cantares de democracia, os eleitores infantis paulistas que exigiam a revogação da Lei 3.353 e a implantação imediata do Acordo Caracu Brasil-EUA, no qual o Brasil entrará com a segunda parte, investiram ferozmente  contra o importante líder udenocanino.

Atacado com fúria irracional, o pobre bichinho teve uma das patas de lagosta arrancadas e viu-se obrigado a deixar a manifestação. Depois, já a salvo em sua casinha, o Cachorro-Lagosta confidenciou a amigos que pensou que ia ter um destino pior que a carrocinha, na mão dos próprios correligionários. “Mas tudo bem, não é a primeira vez que sou traîdo pelos comparsas da UDN, mas vou continuar fiel aos meus princípios e ao senador Zezinho”, comentou, resignado.

Equívoco

Vários líderes da UDN que constituem a Reserva Moral da Nação mostraram-se preocupados com o ocorrido. O Almirante do Tietê telefonou ao menino prodígio que liderava a manifestação para reclamar do ocorrido.

O jovem líder da ala fuzilo-infantil da UDN justificou-se no facebook. Postou que tudo não passou de um equívoco e que pensou que era um cachorro petista. Se fosse, mesmo, o certo seria dar-lhe um tiro na testa, como se deve fazer com todos os petistas, e transformá-lo em sabão para limpar o Brasil da corrupção e da CLT.

QUADRILHA: A UDN está preparando um belo estande de tiro ao petista para sua próxima festa junina infantil no playstation.

QUADRILHA: A UDN está preparando um belo estande de tiro ao petista para sua próxima festa junina infantil no playstation.

A mensagem já ganhou 150 milhòes de curtidas de eleitores infantis paulistas, segundo a PM de São Paulo, e 120 milhões, segundo o Datafolha.

Procurado, o pai do destemperado pirralho não deu entrevista nem um corretivo no moleque malcriado, pois estava ocupado gerenciando o negócio de desmanche de carros roubados da família.

Comentário da tia Carmela

Quem dorme com criança amanhece mijado.


Manifestações revelam as reservas morais da Nação

13 de abril de 2015
CORAGEM: As novas lideranças da UDN denunciaram a participação do PT no maior atentado que a Pátria já sofreu.

CORAGEM: As novas lideranças da UDN denunciaram a participação do PT no maior atentado que a Pátria já sofreu.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o senador e futuro presidente Zezinho, está muito feliz com o resultado das manifesações deste domingo pelo impeachment da usurpadora do planalto.

Ainda que os números de manifestantes tenham caído muito em relação à última vez, nesta ocasião o Presidente de Nascença ficou feliz por ver que os eleitores infantis paulistas continuam fiéis à UDN e a seu ideário, especialmente a revogação da Lei 3.353 e a assinatura do Acordo Caracu EUA-Brasil, no qual o Brasil entraria com o petróleo e a retaguarda.

O Almirante do Tietê não participou das manifestações, mas comoveu-se ao ver que os eleitores infantis paulistas, sempre bem informados, souberam prestigiar seus líderes, tanto antigos como novos.

Uma fonte da Caverna do Ostracismo forneceu uma lista desses respeitados líderes udenistas. Foi preciso usar um alfabeto inteiro para apresentar os grandes patriotas que lutam contra a corrupção petista e pretendem levar o Brasil de volta ao caminho do bem e da obedência ao FMI.

As 26 reservas morais da nação

a) O senador que estava muito ocupado tirando o pó da sala e maldosamente disseram que ficou escondido para não aparecer no fiasco que convocou em Belo Horizonte.

b) O velho coronel potiguar que acrescentou à sua capivara 1 milhão de suborno na Lava Jato, mas foi um engano.

c) O empresário do ramo de locais para diversão masculina adulta que tem medo que o Brasil se torne a nova Cuba, e que nunca subornou ninguém no governo ou na polícia.

PUTARIA: Os eleitores infantis paulistas sabem que podem confiar no principal empresário do sexo remunerado para promover a reforma moral do país.

PUTARIA: Os eleitores infantis paulistas sabem que podem confiar no principal empresário do sexo remunerado para promover a reforma moral do país.

d) O sindicalista que ficou rico vendendo sindicatos e votou a favor da terceirização, e que tem um correligionário que tem um helicóptero no qual acidentalmente foram colocados 450 kg de cocaína.

e) O herdeiro de um negócio de desmanche de carros roubados que pode ser considerado um grande filósofo em qualquer campeonato de playstation.

f) O governador tucano com uma infelicidade na família que fez com que tivesse um primo preso no meio de uma série de escândalos em seu governo.

g) A pessimista jornalista econômica que não acerta uma previsão há 12 anos, mas não perde seu emprego por ser muito competente no serviço que presta a seus patrões.

h) O líder empresarial que é reconhecido como gênio da gestão e da competitividade, o que faz com que tenha o direito de dizer como o governo deve ser gerido, e que foi invejosamente criticado por dar uns agradinhos por aí para não pagar imposto.

i) A famosa atriz que faz campanha contra Bolsa Famìlia, mas luta arduamente por seu direito a receber 13 mil reais por mês do Estado como pensão de seu pai, e por isso vê-se obrigada a ocultar seus casamentos.

j) O diretor de banco que, ofendido em seus brios, acertadamente não perdoa a usurpadora do planalto por ter baixado os juros.

DESPEITO: O animador de bailes da saudade da  Caverna do Ostracismo criticou a ausência de seu nome na lista, mas quem não tem competência não se estabelece.

MERITOCRACIA: O animador de bailes da saudade da Caverna do Ostracismo criticou a ausência de seu nome na lista, mas quem não tem competência não se estabelece.

k) O herdeiro de jornal falido que carrega cartaz ofendendo país vizinho (“Foda-se Venezuela”) que é um ninho de comunistas comedores de criancinhas.

l) O defensor da ditadura que anda armado  para se proteger da revolução bolchevique e sonha dar um tiro em um comunista.

m) O aposentado furioso porque não pode mais andar de carro direito porque Haddad encheu a cidade de faixas exclusivas de ônibus e ciclovias.

n) O parlamentar ruralista que defende matar os dispensáveis sem-terra e foi financiado por honestíssimo bicheiro goiano.

o) O historiador que passa por cima dos fatos para atacar o perigo vermelho representado pelo PT e é merecidamente compensado com umas ajudinhas de órgãos do governo de SP e empresas amigas.

p) O advogado que assessorou tucanos na privatização da Vale e é criticado pelos petistas porque mandou dinheiro pra Suiça sem contar para a Receita Federal, em protesto contra os impostos.

q) O cantor negro que se acha branco e diz que agora não defende mais os pobres, porque mora nos EUA e não anda mais de ônibus.

MORAL: Os eleitores infantis paulistas ficaram muito agradecidos porque o governador levou seu dinheiro para dar um passeio secreto de trensalão e conhecer a Suiça.

MORAL: Os eleitores infantis paulistas ficaram muito agradecidos porque o governador levou seu dinheiro para dar um passeio secreto de trensalão e conhecer a Suiça.

r) O apresentador de TV que vive da desgraça alheia e elegeu o filho e também é injustamente perseguido porque fez uma poupancinha secreta no HSBC da Suiça.

s) O pastor milionário que é contra a viadagem e lidera campanha para impedir proibição de violência contra homossexuais.

t) O médico que é contra o Mais Médicos e recebe salário de hospital público mas não vai trabalhar porque tem mais o que fazer do que atender esses miseráveis que recebem Bolsa Família.

u) O jornalista que recebeu 50 mil de bonificação de empreiteira por serviços não declarados e chama os petistas de petralhas.

v) O governador que deixa rolar uma roubalheira de 1,5 bi no metrô e diz que ele é a vitima.

w) O comerciante que é contra a corrupção, e sonega imposto em um ato de elevados moral e civismo.

x) O juiz que apressa o julgamento de petistas, e deixa prescrever o de tucanos, porque é preciso fazer justiça e a literatura assim o permite.

QUADRILHA: No Paraná, a UDN já está fazendo a festa junina há muito tempo.

QUADRILHA: No Paraná, a UDN já está fazendo a festa junina há muito tempo.

y) A aposentada furiosa porque o salário da empregada ficou muito alto, e além do mais os petistas inventaram que a serviçal agora tem direitos e não pode mais ficar à disposição 24 horas por dia.

z) O ex-presidente que doou o patrimônio público aos amigos, fez sempre as vontads dos EUA e do FMI e comprou deputados para sua reeleição para garantir que a democracia e a ética reinassem no Brasil.

Comentário da tia Carmela

Faltou o cachorro-lagosta. Os democratas devem ter batido nele porque a roupinha de lagosta dele é vermelha.


UDN indica novo embaixador na China

11 de dezembro de 2013
DESCAMINHO: Milhões de eleitores infantis paulistas foram às ruas comemorar a indicação, mas erraram o trajeto da passeata.

DESCAMINHO: Milhões de eleitores infantis paulistas foram às ruas comemorar a indicação, mas erraram o trajeto da passeata.

O Mais Preparados dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, participou nesta semana de importante decisão que redefiniu os rumos das relações do Brasil com a China.

O Presidente de Nascença reuniu-se com a cúpula da UDN para definir a indicação do novo embaixador brasileiro na China, a partir de 2015, quando a UDN retomar o governo do Brasil.

Trata-se do honorável Dr.. H. Romeu Junior, importante escritor e ativista pela liberdade de informação.

O Dr.. H. Romeu Junior foi escolhido pela UDN por ter uma extensa folha corrida de serviços prestados às relações comerciais sinobrasileiras.

Há muito tempo, o futuro representante da UDN no Império do Meio tem ajudado a dirimir pendências comerciais de importantes negociantes chineses atuando em São Paulo.

AMIZADE SÓLIDA: O sr. Lee, grande amigo do Dr. Junior, está disposto a defender seu amigo até o último carregamento.

AMIZADE DESINTERESSADA: O sr. Lee, grande amigo do Dr. Junior, está disposto a defender seu amigo até o acabarem os estoques de celular.

Além disso, atuou como embaixador informal, participando de mutirões para regularização de vistos de permanência no Brasil para cidadãos do grande irmão de olhos puxados.

Exímio conhecedor dos caminhos e descaminhos do comércio bilateral China-Paraguai-Brasil, o Dr. H. Romeu Junior tem viajado com experts na matéria para o país do Oriente, em busca de novos mercados.

Essa atuação granjeou-lhe gratidão entre as mais proeminentes figuras da comunidade chinesa no Brasil, recebendo delas tratamento especial e muita consideração, em meio a muitos agradecimentos pelos galhos quebrados.

Reunião
O encontro ocorreu na sede da da Revista Mais Vendida do Brasil, na Av. Marginal Serra, s/n.

A cúpula udenista foi recebida com hospitalidade ímpar pela famiglia que edita a revista, cujos sócios sulafricanos não puderam comparecer, pois estavam de ressaca depois de passarem a noite comemorando a morte do terrorista Mandela.

Outra ausência sentida foi a do editor adjunto, sr. Policarpo Waterfalls, que estava fazendo uma reportagem-denúncia sobre os privilégios de José Dirceu na prisão, revelando ao mundo a escandalosa verdade: o ar que o petista respira no presídio em Brasília é menos poluído que o ar de Higienópolis.

Imagem

MENTE CONFUSA: O novo queridinho da UDN pensou que ia para a embaixada na Jamaica, mas vai para a Clínica Maia.

Repercussão
O nome do futuro embaixador foi recebido com empolgação pelos líderes da UDN e pelos eleitores infantis paulistas, que pensam que ele e seu finado papai, o carcereiro H. Romeu do PS, são a mesma pessoa.

O Presidente do STF, Min. Merdoval Pedreira, escreveu uma de suas costumeiras notas baixas em sua coluna no Jornal da famiglia do Dr. Roberto, elogiando o caráter e a ética do profícuo delegado genérico.

Na verdade, o nome do Garcia Márquez do Eixo Taiwan-São Paulo-Brasília parece ter unido a UDN. De Ipanema, Tancredo Neves (UDN-RJ) mandou dizer que consultou seu grande amigo JB, seu filho e o líder da JUDN (Juventude da UDN), sr. L. Hulk, e estes informaram que seus patrões aprovaram a indicação.

SEGURANÇA: O novo amigo de Tancredo Neves, o simpático JB, ameaça prender quem votar contra a indicação do novo embaixador.

SEGURANÇA: O novo amigo de Tancredo Neves, o simpático JB, ameaça prender quem votar contra a indicação do novo embaixador.

A ala talco-farinácea da UDN também aprovou a escolha e chegou a oferecer um helipóptero cheio de confete para comemorar o fato, mas desistiu ao saber que o aparelho estava sendo processado criminalmente por ter transportado coisas esquisitas sem autorização de seus proprietários.

BENEPLÁCITO: O consul honorário dos EUA em Brasília, min. Lampréia, também aprovou a escolha.

Superando resistências
Segundo fontes da Caverna do Ostracismo, fundos, refúgio provisório de boa parte da liderança udenista, durante a reunião houve ressalvas ao nome do simpático delegado descartável, motivadas por sua anterior prestação de serviços ao governo do usurpador do planalto.

Entretanto, as dúvidas foram resolvidas pela intervenção da Diretoria de Dossiês e Assuntos Policiais da UDN, liderada pela araponga (Canalhus itagibus) de estimação do pres. Zezinho. A simpática ave, que veio especialmente do Espírito Santo, onde tem participado de um projeto especial do pres. Zezinho, explicou que o sr. H. Romeu Junior já havia se arrependido desse deslize juvenil e se reconverteu plenamente à UDN, tanto que agora lidera um projeto literário sob supervisão daquela facção udenista.

Esse mesmo motivo ajudou a superar outra resistência. A ala diplomática da UDN deu sinais iniciais de contrariedade pelo fato do futuro embaixador não vir da carreira diplomática e ser de uma família dada a atividades menos nobres. Mas, ao saber que por trás do aparentemente tosco homem de armas há um refinado escritor e filósofo, seu líder, o ministro descalço MG Lafer, declarou: “tenho certeza de que o sr. H. Romeu Junior é um dos nossos; ele é o novo Δημοσθένης”.

QUADRILHA: A UDN convidou os amiguinhos do Dr. H. Romeu Junior para dançar na sua próxima festa junina.

QUADRILHA: A UDN convidou os amiguinhos do Dr. H. Romeu Junior para dançar na sua próxima festa junina.

Comentário da tia Carmela
O Zezinho, quando estava no grupo escolar, lá na Mooca, uma vez perdeu a eleição de monitor da sala para o Luizinho. Ele ficou muito bravo, e procurou o Junior, um outro menino que não gostava do Luizinho, para fazerem uma vingança. O Junior preparou um monte de cartazes inventando um monte de mentiras contra o Luizinho e espalhou pela escola. Só que o Reinaldinho Cabeção, que era quem costumava fazer esse tipo de serviço sujo pro Zezinho, ficou ressentido porque o Zezinho não passou esse trabalho pra ele. E saiu contado pra todo mundo os podres do Junior. A diretora ficou sabendo e foi investigar os tais podres do Junior, que só não foi suspenso sabe-se lá porque…


ESCÂNDALO: PF SABOTA COMÉRCIO DE TALCO DA UDN MINEIRA

1 de dezembro de 2013

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, enviou mensagem expressando a sua habitual e sincera solidariedade às lideranças ala mineira da UDN.

O Presidente de Nascença ficou consternado com o lamentável mal-entendido envolvendo o helipóptero de propriedade da famiglia de um grande amiguinho do líder Tancredo Neves (UDN-RJ). A Polícia Federal acusa o helipóptero de carregar 450 kg de talco adulterado, tendo indicado a existência de farinha de trigo entre os papelotes de talco.

DIVISÃO: O líder udenocanino, sr. Cachorro-Lagosta, acusa o pitta de estimação do pres. Zezinho de querer pegar para ele todos os potinhos de ração e panelas de sopão.

FICHA LIMPA: O simpático líder da ala canino-olfativa da UDN,, sr. Cachorro-Lagosta, negou envolvimento na sabotagem ao transporte de talco da UDN mineira.

Vítima de uma terrível armação comandada pelo perigoso agente vermelho que ocupa o Ministério da Justiça, o helipóptero de prefixo PO-2222, foi apreendido pela PF quando fazia uma rotineira viagem de transporte de talco.

Como se veio a descobrir, o comércio do inofensivo pó branco é uma das principais atividades econômicas da famiglia do sr. Escobar Pórrela, que se dedicava à atividade há alguns anos, demonstrando todo o talento udenista para a gestão e o desenvolvimento econômico nacional.

Sempre modestos, como cabe ao bom udenista, os membros da famiglia sempre preferiam manter seu negócio oculto do grande público, para não humilhar ninguém com sua capacidade empresarial. Tanto que afirmaram que o talco não lhes pertencia. O chefe do clã comentou com os jornalistas: “o helipóptero é meu, o piloto é meu, a fazenda é minha, mas o talco eu não sei de quem que é…”.

REGENERADA: A araponga de estimação do pres. Zezinho (Canalhus itabigus) disse que agora dedica-se à carreira artística e não tem nada a ver com isso.

REGENERADA: A araponga de estimação do pres. Zezinho (Canalhus itabigus) disse que não tem nada a ver com isso, pois agora dedica-se à carreira artística em uma dupla sertaneja.

Reação imediata

Imediatamente, os principais jornalistas de programa se mobilizaram para não noticiar o feito, temendo prejudicar o promissor negócio polvomineiro. Uma das poucas exceçòes foi a do bhost-righter do pres. Zezinho, sr. Reinaldinho Cabeção que, disfarçado de jornalista, levantou suspeitas sobre o voo do helipóptero.

Tancredo Neves correu a expressar sua indignação com o feito dos federais. Subiu à tribuna do Senado e fez um discurso cheio de brilho. Disse que foi surpreendido pela notícia, e nem sabia que a famiglia Escobar Pórrela estava no negócio do talco, mas achava um absurdo a PF investigar um senador da UDN de Minas.

Em seu discurso, o empolgante senador da Vieira Souto criticou acidamente o ministro da Justiça: “Este homem é um irresponsável! Ousa atacar, na mesma semana, os homens bons de São Paulo e a Gente de Minas”, disse o enraivecido udenoplayboy, em alusão ao desplante do ministro em denunciar os udenistas de Higienópolis por participarem de uma compra absolutamente corriqueira de trens superfaturados. A emoção foi muito grande, e Tancredo Neves chegou à beira do choro, pois fungava bastante durante  o seu discurso.

CONSOLO: Tancredo Neves está inconsolável que precisou de uma dose extra de apoio de seu amigo e vice, o popular JB.

CONSOLO: Tancredo Neves ficou tão inconsolável que precisou de uma dose extra de apoio de seu amigo e vice, o popular JB.

Ao fim do discurso, Tancredo Neves recebeu várias doses de consolo de seu fiel candidato a vice, o popular JB, que tranquilizou o infeliz mano: “fique tranquilo, se chegar para a gente, eu e o Gilmar Dantas colocamos a culpa no PT”.

AMIZADE: Tancredo Neves era quase membro da famiglia de Escobar Pórrela.

QUADRILHA:  Tancredo Neves costuma participar das festas juninas da famiglia Escobar Pórrela.

Fontes da Caverna do Ostracismo, ligadas ao pres. Zezinho, com um contido júbilo comentaram que o Faraó das Alterosas sabia de quase tudo.

Um dos udenistas aposentados comentou: “Acho que ele só não sabia que tinham misturado farinha de trigo ao talco, e deve estar muito bravo por isso”.

Comentário da tia Carmela
Acho que o Zezinho andou metendo o nariz onde não foi chamado…


JB vai indicar juízes da Copa

27 de novembro de 2013
ISENÇÃO: JB seleciona os juízes de acordo com o apito que eles tocam e a família que têm.

CRITÉRIO REPUBLICANO: JB seleciona os juízes de acordo com o apito que eles tocam e a família que têm.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, continua muito preocupado com a desenvoltura demonstrada pelo novo queridinho da UDN, o popular JB.

O Presidente de Nascença já havia demonstrado seu desconforto com a unção do Mini JB (PST do F-DF) como novo herói da UDN e candidato a vice da chapa do usurpador da UDN, Tancredo Neves (UDN-RJ). Mas ações recentes do aclamado parceirinho do Faraó das Alterosas fizeram acender o sinal amarelo dos correligionários do Almirante do Tietê.

ISENÇÃO: Os juízes da UDN rezam todos pela cartilha do JB.

ISENÇÃO: Os juízes da UDN rezam todos pela cartilha do JB.

O novo motivo do alerta é a decisão do popular JB de escolher os juízes que apitarão os jogos da Copa de 2014. Ele pretende seguir a política de escalar apenas filhos de famílias udenistas de boa cepa para serem os juízes do jogos.

Além de facilitar a vida da torcida na escolha do tratamento a usar ao se referir aos juízes, a nova sábia medida do amigo que não sai da boca dos udenistas tem outra vantagem. Garantirá que a Copa do Mundo não seja manipulada pela usurpadora do planalto e pela corja petista e, com isso, atenda às boas normas da meritocracia e justiça tucana.

O heróico empresário miamimobiliário já vinha se preparando para sua nova função de escalador de juízes. Recentemente, trocou o juiz do jogo UDN x Estrela Vermelha, realizado no estádio da Papuda, no DF. O jogo faz parte de um torneio nada amistoso disputado entre os dois times, desde 2005.

DESCONFIANÇA INFUNDADA: Ao saber da notícia, jogadores do Náutico tentaram culpar o juiz e as cores do time pelo rebaixamento.

DESCONFIANÇA INFUNDADA: Ao saber da notícia, jogadores do Náutico tentaram culpar o juiz e as cores do time pelo rebaixamento.

Os primeiros jogos do torneio, realizados no Estádio UDNzão, em Brasília, foram apitados por JB de maneira muito questionada: inverteu faltas, ignorou uma série de jogadas e ainda intimidou os auxiliares para seguirem suas marcações, sempre a favor da UDN.

Agora, para os jogos da fase final do torneio, disputados no Estádio da Papuda, no DF (novamente, campo da UDN), para facilitar a vida do time da UDN, resolveu substituir o juiz original  pelo  filho de um importante auxliar do grande Demoarruda Bauducco, jogador veterano da UDN, que hoje defende o time da Caverna do Ostracismo.

O motivo da troca foi o medo da virada.
Apesar de estarem em desvantagem, os jogadores do Estrela Vermelha estavam ganhando simpatia do publico por conta da feroz perseguição que sofriam do time da UDN, da imprensa e dos juízes.

TODO MUNDO SABE: As reclamações do  time do Estrela Vermelha não comovem os juízes indicados por JB.

TODO MUNDO SABE: As reclamações do time do Estrela Vermelha não comovem os juízes indicados por JB.

A ameaça de chegada de reforços da Itália para o time do Estrela Vermelha teria desencadeado o pavor em JB, que decidiu que ele agora é também o Supremo Selecionador de Juízes da Nação.

A medida moralizante do revolucionário herói udenista preocupa o pres. Zezinho pelo sucesso que pode fazer, podendo gerar tanta empolgação nas hostes udenistas que impeça sua natural e inquestionável candidatura a ocupar o lugar no Planalto sempre deveria ter sido seu.

JB está se dando muito bem com os velhos amigos de Tancredo Neves.

JB está se dando muito bem com os velhos amigos de Tancredo Neves.

A justa iniciativa do novo amigo de todas as horas de Tancredo Neves também preocupa outros segmentos da nação, que temem que o Mini JB interfira na arbitragem da revanche do jogo UDN x Brasil, no qual a UDN foi derrotada em 2010. O novo jogo será disputado em outubro de 2014.Inclusive, há rumores no camarote do homem forte da Juventude da UDN (JUDN), Sr. L. Hulk, de que JB pretende ser o capitão da UDN nesses jogos.

Aprovação
Apesar dos protestos, os poderes constituídos não questionam a medida do Mini JB.

Segundo o Pres. do STF, Min. Merdoval Pedreira, a medida do Mini JB é totalmente amparada no direito udenista e foi aprovada pelos seus patrões e, em consequência, pelos eleitores infantis paulistas, que comemoraram a mudança do juiz.  Em Higienópolis JB tem forte apoio à sua intenção de mudar o formato do torneio UDN X Estrela Vermelha para mata-mata.

IMPOSSÍVEL:  Elementos nocivos ao país falsificaram capa da revista mais vendida para prejudicar JB.

IMPOSSÍVEL: Elementos nocivos ao país falsificaram capa da revista mais vendida para prejudicar JB.

Na imprensa, o apoio dos principais jornalistas de programa também é incondicional. Em programa ao vivo na Rede UDN de Comunicação ouviu-se o seguinte diálogo:

APRESENTADOR: O JB trocou o juiz no meio do jogo. Pode isso, Arnaldo?
– COMENTARISTA: A regra é clara, mas a gente sempre dá um jeitinho.

Imediatamente, o ex-intelectual FHC mandou uma mensagem patriótica pelo twitter para o programa, dizendo que qualquer juiz serve, desde que seja contra o PT. A frase do ex-pensador e colecionador de deputados foi lida no ar pelo apresentador e levou às lágrimas o público.

juizmet

QUADRILHA: A UDN sempre gostou de selecionar bem os juízes do concurso de danças nas suas festas juninas.

Comentário da tia Carmela
Uma vez, lá na Mooca, os moleques da turma da Av. Paes de Barros, que eram os riquinhos do bairro, desafiaram os outros moleques do Grupo Escolar para um jogo contra. O jogo foi no campinho do Paulista da Mooca. Quando souberam do jogo, o Zezinho se ofereceu para ser o técnico do time da Paes de Barros, e o João Batista, um moleque que era o capacho dos riquinhos, se ofereceu para ser o juiz do jogo. No sábado, quando foram jogar, o João Batista apareceu com uma roupa toda preta e um apito reluzente, que tinha ganho de presente dos capitães do time da Av. Paes de Barros, os filhos do seo Roberto Marini. Logo de cara, o João Batista expulsou alguns dos melhores jogadores do time do Grupo Escolar sem eles terem feito nada. E por aí foi, não marcava as faltas que os moleques da Paes de Barros faziam, deixavam eles fazerem gol que não valia e, no final, resolveu expulsar o time inteiro do Grupo Escolar. O jogo terminou em uma pancadaria danada. O Zezinho, como sempre, fugiu. O João Batista, que não era bobo, fugiu para o outro lado e ficou uns dias sem aparecer na escola. Quando voltou, ninguém mais quis ser amigo dele. Ele acabou largando a escola. Nem sei o que foi feito dele.


Após sucesso entre bem-nascidos, JB é convidado por Tancredo Neves a ser seu vice

18 de novembro de 2013
jB aceitou o convite emocionado, mas o pres. Zezinho acha que só vai trazer dor de cabeça.

CUIDADO: JB aceitou o convite emocionado, mas o pres. Zezinho acha que só vai trazer dor de cabeça.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, recebeu uma péssima notícia na manhã de hoje: o anúncio do convite de Tancredo Neves (UDN-RJ) ao popular JB (PST do F-DF) para ser o candidato a vice-presidente de sua chapa.

O Presidente de Nascença avalia que JB dará uma dose extra de animação à combalida candidatura de seu desafiante nas hostes da UDN. Como sempre, fazendo coro, vários comentaristas políticos de programa ligados à UDN afirmaram que a presença de JB fará com que Tancredo Neves entre mais turbinado ainda na disputa.

A UDN mostrou-se dividida. Dos profundos e gosmentos esgotos da Caverna do Ostracismo, fundos, surgiram boatos de que o ex-pensador FHC considera que JB não será uma boa companhia para Tancredo Neves. Até hoje, O Faraó das Alterosas sempre andou com loiras que o deixavam mais simpático. O solerte colecionador de deputados teme que JB mude a personalidade de Tancredo Neves e que sua presença em altas taxas transforme o simpático conversador de Ipanema em um sujeito agressivo, arrogante e autoritário. Entretanto, esta suspeita pode ser infundada: segundo especialistas consultados, cada um reaje ao JB de um jeito. A maioria fica mansinha, mansinha, e concorda com tudo. Outros também abaixam a cabeça, mas é porque dormem. Apenas uma pequena parte reage com agressividade.

SEMPRE ALERTA: O Ministro da Justiça, que gosta de assistir de camarote JB fazendo das suas, já determinou a criação de uma Delegacia da Mulher no Palácio do Jaburu

SEMPRE ALERTA: O Ministro da Justiça, que gosta de assistir de camarote JB fazendo das suas, já determinou a criação de uma Delegacia da Mulher no Palácio do Jaburu

As mesmas fontes do Retiro do Udenista relataram que o ex-intelectual FHC, ao fim, aceitou a novidade: “serve qualquer um, até um serviçal, se for para derrotar o PT e fazer o Lula parar de receber títulos de doutor honoris causa”.

Preocupado com a virada do usurpador da UDN, o pres. Zezinho ligou para o líder da UDN no Supremo, Gilmar Dantas. Explicou ao grande libertador que acha que Tancredo Neves está dirigindo a UDN sem responsabilidade e, agora que não larga o JB, a coisa vai ficar mais irresponsável ainda.  Gilmar Dantas procurou acalmar o Almirante do Tietê e acionou o ministro Fucks Peito de Aço, que prometeu resolver o problema, mas isso não tranquilizou o pres. Zezinho: “esse aí me troca pela primeira festinha que fizerem para ele”, teria dito o Maior dos Filhos da Mooca.

O lançamento da candidatura de JB a vice de Tancredo Neves também preocupa a chapa do núcleo de piscicultura da UDN, que também tentou atrair JB. Entretanto, motivos religiosos ainda não explicados levaram ao veto a seu nome pela consultora da Natura que trabalha com o grupo.

Convite
Segundo fontes da ala mineira da UDN, o convite a JB teria sido feito em recente balada onde se encontraram os dois grandes filhos da Gente de Minas. O evento ocorreu no camarote de L. Hulk, o novo homem forte da JUDN (Juventude da UDN), que apresentou Tancredo Neves a JB entre os aplausos do público que gritava: vira vira vira, virou!

Importantes ditadores vieram prestigiar o encontro de Tancredo com JB.

SUCESSO: Importantes ditadores vieram prestigiar o encontro de Tancredo com JB.

Segundo relatos de udenistas globais presentes, imediatamente o carismático senador ipanemenho afeiçoou-se ao novato nas baladas globo-udenistas e não largava mais dele. Este, por sua vez, logo assimilou os costumes da turma e não saiu mais da boca do povo udenista bem-nascido. Desnecessário dizer o quanto Tancredo Neves ficou alegre, tendo que ser levado para casa por sua irmã, que lhe deu café amargo e banho frio, como sempre.

Ao presenciar o encontro, a veterana jornalista Hipólito da Costa chegou a tentar gravar um programa para saldar o fabuloso blend do importante líder udenoplayboy com o emergente empresário imobiliário transnacional. Não foi possível, porque a provecta etanojornalista teve dificuldades para se levantar da mesa. A partir de um certo ponto, sua presença tornou-se inconveniente e teve de ser retirada do camarote aos berros: “É isso aí, Tancredo! Eu já provei o JB e é um trem bão demais da conta, como vocês dizem lá em Ipanema!”

QUADRILHA: A UDN já está ensaiando a dança no local onde fará a festa junina em 2014.

QUADRILHA: A UDN já está ensaiando a dança no local onde fará a festa junina em 2014.

Comentário da tia Carmela
Lá na Mooca, tinha um menino, o João Batista, que vivia querendo ficar amigo da turma da Avenida Paes de Barros, que eram os riquinhos do bairro. Pra ficar amigo deles, o João Batista fazia tudo o que mandavam, inclusive bater nos meninos menores. Uma vez, tinha um menino, que também se chamava Zé, mas não era o Zezinho, que estava muito doente e tinha que tomar remédio várias vezes ao dia, coitado. Os moleques riquinhos da turma da Paes de Barros não gostavam do Zé, porque o Zé enfrentava eles, defendia os meninos menores das maldades e contava os podres deles para todo mundo. Aí eles pegaram o João Batista e disseram: “Queremos que você dê uma lição no Zé pra gente. Invente que ele fez alguma arte e dedure ele para a diretora da escola. Quando a diretora puser ele de castigo, você pega os remédios dele e esconde, para ele não tomar. Se você fizer isso, nós deixamos você ir na festa que vamos dar no sábado.” O João Batista fez tudo o que os moleques mandaram, contou uma mentira para a diretora e o Zé foi pro castigo e, sem os remédios, passou muito mal e quase morreu, mas o João Batista só pensava na festa dos riquinhos. No dia da festa,  ele pôs a roupa de missa e foi para a casa do seo Roberto Marini, que era o pai de um dos moleques, onde era a festa. Era uma casa no lado direito de quem sobe, mais ou menos na direção da Rua Madre de Deus. Era uma casa bonita, de estilo antigo, de dois andares, com uma espécie de torre pontuda em cima, acho que está lá até hoje, mas está meio judiada. Quando tocou a campainha e a mulher do seo Roberto Marini foi ver quem era, o filho do seo Robeto Marini gritou para a mãe: “não abre, mama, que esse é só o moleque que limpa as galochas da gente quando a gente chega na escola em dia de chuva”. O João Batista foi embora pra casa chorando. O Zezinho (não o Zé, mas o Zezinho de quem eu sempre conto as histórias) era amigo dos riquinhos e espalhou o vexame para todo mundo na escola. Como ninguém tinha gostado da desumanidade que ele tinha feito contra o Zé, a escola inteira fez piada do João Batista por uma semana, e ninguém mais quis ser amigo dele. Ele acabou largando a escola. Nem sei o que foi feito dele.


Ciência udenista: Pres. Zezinho influencia campo magnético da Terra

9 de agosto de 2012

OBRIGADO! O pres. Zezinho é a última esperança para nos livrar da terrível tempestade de raios vermelhos cósmicos.

O campo magnético da Terra, indispensável à existência da vida, é mais uma das contribuições do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, ao engrandecimento da Pátria e da Humanidade.

Sempre modesto, o Presidente de Nascença sempre evitou que esse segredo vazasse para o público, e o mantinha guardado no mesmo cofre onde seu priminho Preciado costuma guardar uns documentos.

Entretanto, em um arroubo de admiração e quase veneração, seu assessor para assuntos propinoviários, Sr. Paulo Caixa Preta Dois, não se conteve e revelou ao público que o Almirante do Tietê possui inauditas propriedades magnéticas.

ASTROMAGNETISMO: Os cientistas da UDN estão pesquisando a capacidade do pres. Zezinho de atrair estrelas decadentes.

Segundo as declarações recentes desse prócer do financiamento udenista, o magnetismo do Maior dos Filhos da Mooca teria sido empregado por ele para guiá-lo em seu trabalho como dirigente da estatal paulista DEPRA – Desenvolvimento Propinoviário S.A.

Em suas viagens pelo estado para fiscalizar as obras propinoviárias, o Sr. Paulo Caixa Preta Dois orientava-se pelo campo magnético emanado pelo pres. Zezinho: “ele era minha bússola, quando eu estava na direção da DEPRA”.

 Graças a essa propriedade do Grande Líder da Nação, o Sr. Paulo Caixa Preta Dois sempre conseguiu encontrar os melhores caminhos para as obras propinoviárias a seu cargo, como a obra do Roubanel e a ampliação da Av. Marginal Serra.

Todas, é claro, foram feitas tendo o norte  fornecido magneto-propinoviariamente pelo Presidente de Nascença.

Ou seja, em São Paulo, todos os caminhos propinoviários levam ao pres. Zezinho.

Blindagem

Estudos desenvolvidos pelo grande físico José Goldenmerd (GOLDENMERD, 2012) comprovam as afirmações do Sr. Paulo Caixa Preta Dois. O eminente líder da ala científica da UDN foi além: o pres. Zezinho desempenha papel fundamental para a manutenção do campo magnético do planeta, sem o qual não poderia existir vida, pois ele funciona como uma blindagem que repele a radiação solar.

SILÊNCIO: Os cientistas da UDN recusam-se a comentar a enorme atração do pres. Zezinho sobre a Srta. Francine De L’Herbe (DIREITA).

Isto confirma a tese já apresentada por outros pesquisadores (RIBEIRO JR., 2011) de que o pres. Zezinho teria um enorme poder de repulsão, com seu magnetismo funcionando como uma blindagem contra denúncias. Essa mesma propriedade também protegeria a casa do pres. Zezinho que, a despeito dos constantes vazamentos, ainda não caiu.

Outros autores (NASSIF, 2012 e ROSÁRIO, 2012), têm demonstrado que a capacidade de repulsão do Maior dos Homens Públicos estaria sofrendo uma mutação e, ao invés de repelir ameaças, o estaria deixando vulnerável a ataques por meio de artefatos de papel. Também estaria repelindo indevidamente parte dos eleitores infantis paulistas, sempre fiéis ao Almirante do Tietê.

Heroísmo

Mas parece que as contribuições do pres. Zezinho não param por aí. Dos nauseabundos esgotos da Caverna do Ostracismo têm escorrido outras versões.

EXEMPLO EDUCATIVO: O pres. Zezinho é um modelo para os eleitores infantis paulistas.

Segundo fontes científicas da UDN, o Maior de Todos os Brasileiros realizou um grande ato de heroísmo magnético há 39 anos. Ao deixar o Chile após concluir obter seu diploma de enologia na Universidad Concha y Toro, o pres. Zezinho, abnegadamente, preferiu ir para os EUA e não para a Europa.

Mantendo-se mais ou menos na mesma longitude (ou seja, no mesmo fuso horário), evitou uma catástrofe. Uma mudança de sua localização no sentido longitudinal poderia tornar oblíquo o eixo do campo magnético da terra, alterando a localização dos pólos e gerando um desastre climático de graves consequências.

Outros udenistas comentam à boca pequena que as capacidades magnéticas do pres. Zezinho são tão fortes que ele é capaz de atrair materiais sobre os quais os ímãs normais não têm capacidade de atração. Como exemplo, citam que o magnetismo do Presidente de Nascença foi capaz de atrair para São Paulo cachoeiras localizadas em Goiás.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Importantes autoridades do MPE – Magnetismo Público Eleitoral também estão submetidas à magnética influência do pres. Zezinho e levarão um pratinho de curau para a festa junina da UDN.

O Zezinho sempre gostou de brincar com ímãs. Uma vez, ele arrumou dois ímãs e colocou nas luvas que usou para ir à escola, era inverno e ele usou umas luvas de lã que a mãe dele tinha feito. Na hora do intervalo, os moleques iam comprar doce na cantina, cada um com suas moedinhas. O Zezinho mandou os moleques segurarem as moedinhas na palma da mão e começou a contar vantagem, dizendo que apostava que tinha o superpoder de atrair as moedinhas com as mãos. Aí ele ia passando a palma da mão sobre as mãos dos moleques e as moedinhas grudavam nas mãos dele. Ele encheu o bolso. Só que um menino ficou muito triste porque o Zezinho tomou a moedinha dele e foi contar para o irmão, que já estava no ginásio. O irmão logo entendeu qual era o truque e, no dia seguinte, esperou o Zezinho na saída da escola e fez ele devolver as moedinhas dos moleques todos. Só o Reinaldinho Cabeção que não quis que ele devolvesse, e falou: pra mim você não precisa devolver, Zezinho; eu acredito nos seus superpoderes magnéticos. Quando o pai do Reinaldinho Cabeção soube, deu uma coça no moleque para ele deixar de seu trouxa, mas o ele continuou repetindo, enquanto apanhava, que o Zezinho tinha superpoderes.


UDN vai eleger exorcista para a Câmara de São Paulo

19 de julho de 2012

FOFOCA: Há rumores de que a exorcista da UDN seria filha do ex-premiê britânico Tony Blair.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, deu mais um passo no caminho para assegurar que todos os paulistanos enveredem pelo caminho da fé e da santidade.

Em mais um lance que demonstra a inteligência superior de seu Majestoso Encéfalo e a pureza de alma de seu Coração Ardente de Fé e Amor ao Próximo, o Presidente de Nascença resolveu lançar a candidatura de uma exorcista para a Câmara Municipal de São Paulo.

Com sua sabedoria, o Almirante do Tietê entende que é importante libertar São Paulo do demônio vermelho que, há 32 anos, tenta se apossar das almas dos Filhos da Paulicéia.

A exorcista escolhida pelo Mais Correto dos Homens Públicos é uma esclarecida líder popular da quase-juventude da UDN, aonde costuma pontificar com sua sabedoria e com a sofisticação de suas análises políticas.

Em sua cruzada contra o demônio vermelho, a  desencapetadora já fez seu primeiro milagre, libertando um demônio rubro que se apossara da alma de um jovem eleitor infantil paulista.

REVELAÇÃO: Quando jovem, o líder udenocanino Cachorro-Lagosta também foi possuído pelo capeta, mas foi exorcizado pela futura vereadora da UDN.

Uma vez libertado, o rapaz incorporou-se à ala humorístico-circense da UDN. Lá, começou uma nova vida e agora seu trabalho está fazendo sucesso no Retiro dos Udenistas (Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis), aonde ajuda a entreter udenistas que estão sem nenhuma conspiração ou golpezinho para passar o tempo.

Repercussão

Fontes do Vaticano informam que o Papa ficou muito satisfeito com a iniciativa do Mais Competente dos Gestores. A medida deve acelerar o processo de beatificação in vita do pres. Zezinho.

Também do Inferno chegam notícias da aprovação da jogada político-religiosa do Maior dos Brasileiros: o bispo Luizinho e D. Eugênio já mandaram imprimir um panfleto de apoio à candidatura da caçadora de capetas.

Mas nem tudo são flores e o Tinhoso (no caso, o Diabo) é cheio de ardis.

Um grupo de perigosos petistas logo fez um vídeo no You Tube com uma imitação grosseira da exorcista em ação, para desmerecer a iniciativa. Veja o vídeo abaixo e comprove a fraude: o Presidente de Nascença tem senso de ridículo e jamais teria uma candidata destas em sua chapa de vereadores!

Em outra manobra sórdida, o Capeta sublevou a ala demoníaca da UDN paulista, que compareceu ao evento de lançamento da candidatura da exorcista para protestar.

DEVOTAMENTO: A Srta. Francine De L’Herbe está fazendo coisas que até Deus duvida para  o pres. Zezinho tirar os olhos da exorcista da UDN.

Os demoudenistas tomaram a candidatura como uma provocação patrocinada pelo pitta de estimação do pres. Zezinho, que tenta de todas as formas liquidar os demoudenistas para ficar com seu espólio. Foi preciso uma intervenção firme do muy amigo do pres. Zezinho, Sr. Geraldinho do Vale, enviando a Rota e a Guarda Civil Municipal para que a reunião não virasse um pandemônio.

Mas não são apenas os demoudenistas os insatisfeitos. Dos caudalosos e santificados esgotos da Caverna do Ostracismo escorrem outras versões mais pastosas.

Comenta-se que a jovem não seria tão competente assim no exorcismo, pois não estaria conseguindo expulsar os demônios que têm trazido pensamentos luxuriosos ao Mais Puro dos Homens Públicos. Ao contrário, desde seu aparecimento o pres. Zezinho estaria lutando terrivelmente contra esses enviados do mal.

Nem mesmo a abnegada ajuda da Srta. Francine De L’Herbe estaria sendo capaz de libertar o Maior dos Filhos da Mooca de tanta concupiscência, o que já estaria causando desgosto e ciúme na sempre dedicada candidata-auxiliar do pres. Zezinho. Tristonha, a mais leal das serviçais do Presidente de Nascença teria confidenciado ao ex-gênio Caetano, cozinheiro da Caverna do Ostracismo: “Eu fico aqui fazendo o serviço sujo, e o pres. Zezinho só pensa nessa exorcistazinha!”

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: O presidente da UDN revelou que a quadrilha nas festas juninas da UDN está diminuindo por causa da ação do diabo vermelho. (CLIQUE PARA LER NOTíCIA)

Aqui na Mooca, tinha um monte de gente que achava que o Zezinho tinha parte com o capeta. Uma vez, ele inventou que o Reinaldinho Cabeção estava possuído por um demônio. Ficou uma semana falando para o moleque que ele estava possuído. Como o Reinaldinho Cabeção sempre foi fraco das ideias, acabou acreditando. Aí o Zezinho disse que ir exorcizar aquele demônio. Pegou uma Bíblia e amarrou uma corda no pescoço do Reinaldinho Cabeção e levou o moleque até a Água Rasa. Parou com ele na beira do barranco do córrego e começou a ler aquele trecho da Bíblia em que Jesus tira os demônios de alguém e os manda para uma vara de porcos, que se atiram em um precipício. O Reinaldinho Cabeção ficou encolhido, tremendo de medo. Quando terminou de ler, o Zezinho gritou “Sai, Capeta!” e empurrou o Reinaldinho Cabeção pra baixo. O moleque caiu no Córrego e se enlameou todo, pois o córrego já era poluído naquela época. Quando conseguiu sair da água, o Reinaldinho Cabeção tremia mais ainda, agora de frio, pois estava molhado e era um dia de inverno. Ele se ajoelhou aos pés do Zezinho e disse: “Obrigado, Zezinho, você me livrou do capeta!” Mas não livrou o cretino de apanhar uma surra do pai, quando chegou em casa, imundo, espirrando e com febre.


Disneylândia: ex-sábio FHC recebe Prêmio Bob Fields

16 de julho de 2012

JUSTIÇA: O prêmio fez ressurgir o interesse pelas as obras do ex-intelectual FHC.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, recebeu hoje visita de agradecimento de um dos maiores nomes da UDN: o ex-intelectual FHC.

Foi um agradecimento justo. O Presidente de Nascença deu uma grande contribuição para que o ex-sociólogo FHC recebesse a mais importante homenagem de sua carreira.

Trata-se do Prêmio Bob Fields, que o ex-pensador FHC recebeu na semana passada, em concorrida cerimônia na Disneylândia.

O Prêmio é oferecido a lideranças intelectuais e políticas latino-americanas que tenham dado grandes contribuições ao desenvolvimento de laços bem apertados entre os EUA e as repúblicas de banana ao sul do Rio Grande.

ESTADISTA: O ex-sábio FHC sempre soube colocar o Brasil em seu justo lugar no concerto das nações.

Além da bela estatueta e das palmas dos funcionários da portaria da Disneylândia, o ex-luminar ganhou um autógrafo do Mickey e uma sacola com 1 milhão de razões para continuar ajudando a UDN com suas ideias só comparáveis às do Maior dos Filhos da Mooca.

Após receber o venerável galardão reservado aos verdadeiros heróis da América, o segundo maior dentre os udenistas junta-se a outras importantes lideranças latino-americanas, como seus inspiradores Menem, Fujimori e Uribe.

No caso do ex-cdf FHC, a premiação foi pelo conjunto da obra. O incomparável ex-sabetudo é celebrado pela sua Teoria da Subserviência, também conhecida nos meios acadêmicos como Teoria da Retaguarda Inclinada, em que demonstra a inevitabilidade do Acordo Caracu EUA-Brasil, no qual o Brasil entraria com a segunda parte.

Homem de ideias e de ações, o ex- sábio também foi reconhecido pelos líderes da Disneylândia por ter, durante seu governo, promovido várias iniciativas para a implementação desse grandioso tratado bilateral. Infelizmente, a conspiração vermelha do usurpador do planalto fez com que o luminoso governo do ex-líder FHC terminasse sem ter implantado o Acordo Caracu EUA-Brasil, com o Brasil dando a retaguarda para a entrada dos EUA.

DESPEITO: Segundo o líder da bancada dos insetos da UDN, Sr. Aleluia, o usurpador do planalto mandou comprar 50 títulos honoris causa para compensar o Prêmio Bob Fields recebido por FHC. (Clique na foto para recordar.)

No seu discurso ao receber o Prêmio Bob Fields, o ex-iluminado FHC lembrou que só estava ali recebendo aquele prêmio graças à generosa contribuição de muitos udenistas, e fez questão de destacar e agradecer a enorme contribuição do Almirante do Tietê em seu governo.

Distinção

Face a seu enorme brilhantismo, o ex-sabichão FHC recebeu o Prêmio Bob Fields diretamente das mãos de importante assessor do Imperador Obama, o Sr Pato Donald, que acumula os cargos de responsável pelas relações com a UDN e faxineiro-junior da Casa Branca.

ALTIVEZ NACIONAL: O Prêmio Bob Fields é a maior honra que um brasileiro descalço pode receber.

Compareceram à concorrida cerimônia, entre outros, o Sr. Tio Patinhas, representando a ABAUDN (Associação dos Banqueiros da UDN), o senador Tancredo Neves (UDN-RJ), o imortal Sr.Merdoval Pedreira, representando a ABJP (Associação Brasileira dos Jornalista de Programa) e uma delegação de orgulhosos eleitores infantis paulistas. Vários moradores do Retiro do Udenista (Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis) também foram ao evento, à falta de outra coisa para fazer.

O assessor para assuntos propinoviários do pres. Zezinho, Sr. Paulo Caixa Preta Dois, tentou comparecer, mas acabou não indo à cerimônia. Solícito, ofereceu-se para carregar o prêmio, mas o ex-sábio FHC proibiu-o de deixar o Brasil e de abrir a boca no Congresso Nacional.

Por razões de segurança, não foi possível encerrar a cerimônia com a tradicional queima de fogos de artifício.

QUADRILHA: A UDN fez uma bela festa junina após receber entusiamadamente o ex-pensador FHC em sua volta da Disneylândia.

Mas não foi problema, pois em seu lugar foi apresentado o lançamento de um vídeo em 3D de uma bela explosão de um foguete do programa aeroespacial brasileiro, em gravação inédita da da CIA (Caracu Inteligency Agency). As cenas do vídeo levaram os presentes às lágrimas, em meio ao congraçamento geral.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho deve estar se roendo de inveja. Não tanto pelo prêmio, mas por causa do milhão de dólares que o FHC ganhou…


Filósofo aquático é recebido com honras na Caverna do Ostracismo

11 de julho de 2012

PLANOS PARA O FUTURO: O pres. Zezinho (DIREITA) declarou que Δημοσθένης será seu candidato a vice na eleição de 2028.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, cancelou toda a sua agenda de hoje, inclusive a reunião com João Bafo-de-Onça e Tio Patinhas para discutir a participação desses famosos heróis nos materiais de sua já vitoriosa campanha-treino deste ano.

O Presidente de Nascença desmarcou o compromisso com seus companheiros do mundo dos gibis para participar de importante solenidade no Retiro do Udenista (Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis).

Trata-se da festa de recepção do novo morador da Caverna do Ostracismo, o filósofo greco-goiano Δημοσθένης, expoente da Escola dos Pós-Cachoeiráticos, importante escola filosófica da pólis Anal.

O ex-pensador FHC comprou uma fantasia nova para participar das tertúlias com Δημοσθένης.

Agito intelectual

O evento promete sacudir Higienópolis nesta noite. Milhares de eleitores infantis paulistas já se acotovelam na entrada da Caverna do Ostracismo, à espera do filósofo aquático. Muitos portam cartazes com fotos do sábio e faixas com dizeres como “Δημοσθένης, exemplo para todos nós” ou “UDN paulista saúda o grande líder Δημοσθένης.”.

Muitos próceres da UDN preparam suas homenagens ao grande pensador. Além do discurso de saudação do Almirante do Tietê, o evento será abrilhantado pelo filósofo Agripinus, da Escola dos Rabodepalhistas, que fará uma resenha panegírica da obra do grande Δημοσθένης, mostrando que, a despeito dos logros produzidos pelas aparências, tudo na natureza muda, menos o caráter dos udenistas de escol.

O filósofo Policarpolous Quaresma Jr., também da Escola dos Pós-Cachoeiráticos, comparecerá representando a famiglia que controla a Revista Mais Vendida do Brasil, e fará um discurso demostrando que as acusações contra Δημοσθένης são descabidas e que o PT é responsável pela seca que atualmente assola as cachoeiras do Centro-Oeste.

CICERONE: O filósofo Heráclito (UDN-PI), da Escola dos Batráquios, mostrará a Δημοσθένης seus aposentos na Caverna do Ostracismo.

O imortal jornalista de programa, Sr. Merdoval Pedreira, da Escola dos Pigóicos, também prepara uma ode filosófica aos grandes feitos de Δημοσθένης. Intitulada “Ode ao Homem Moral”, deverá ser lida pelo ator Carlos M. Beleza, que virá no mesmo disco-voador fosforescente dos informantes da boneca inflável Bianca Dias.

Caetano, o cozinheiro da Caverna do Ostracismo, da Escola dos Sensacionalistas, prometeu fazer um jantar vegetariano especial para Δημοσθένης: “ele anda meio enjoado de bicho, mas não abre mão de umas verdinhas”, teria dito o ex-gênio.

ANGÚSTIA: O pres. Zezinho e seu amigo Aloysio Biggs de Olivieira temem que o filósofo Paulo Caixa Preta Dois, da Escola do Propinóicos, perca o controle e aja irracionalmente.

Apreensão

Apesar da euforia com a chegada do grande filósofo especialista em matérias de ética e moral, há um clima de apreensão entre udenistas graúdos. Muitos temem que Δημοσθένης fique pouco tempo na Caverna do Ostracismo. Circulam boatos de que ele poderia transferir-se para o Centro Filosófico da Papuda, no DF, onde o grande líder de sua escola está hospedado.

Dos caudalosos esgotos filosóficos da Caverna do Ostracismo jorram outras versões.

Outras fontes daos meios udenistas comentam à boca miúda que o próprio pres. Zezinho tem demonstrado apreensão. O Maior dos Sábios do Brasil estaria preocupado com os recentes debates da Escola dos Pós-Cachoeiráticos. O medo do pres. Zezinho é que o seu assessor para assuntos propinoviários, sr. Paulo Caixa Preta Dois, da Escola dos Propinóicos, empolgado com os debates Pós-Cachoeiráticos, distraia-se e deixe vazar água no Congresso, o que poderia fazer a casa do Presidente de Nascença cair.

QUADRILHA: Em homenagem a Δημοσθένης, a UDN preparou uma simpática festa junina com trajes gregos.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de filosofia. Quando ele era criança, gostava de chamar os moleques para brincar de filósofo. Ele pegava uns lençóis da mãe, se enrolava e ficava andando pelo quintal falando coisas muito sábias. Enquanto isso, os moleques tinham que ficar sentados, fazendo cara de espanto e ouvindo ele falar. De vez em quando, ele fazia uma pergunta para algum moleque e, como o garoto não tinha como saber, o Zezinho chamava ele de burro, idiota e ignorante. Depois de uns dez minutos, nenhum moleque queria mais brincar daquilo, mas o Reinaldinho Cabeção sempre queria continuar. Às vezes, eles ficavam a tarde inteira brincando de filósofo. Quanto o Zezinho cansava e acabava com a brincadeira, o Reinaldinho Cabeção sempre dizia: “Puxa, Zezinho, você é tão sabido! Você deve ser o maior filósofo do mundo!”


Boneca inflável da UDN vira musa da democracia paraguaia

7 de julho de 2012

MODELO PARA AS AMÉRICAS: Secundada pelo capataz Monfranco, a boneca inflável prometeu à TV local total que a UDN lutará até o último centavo contra a entrada da Venezuela no Mercosul

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, enviou  hoje mensagem a Disneylândia, avisando que a missão enviada pela UDN para saudar o novo capataz do Paraguai foi um sucesso.

Prometida há alguns dias pelo Presidente de Nascença, a missão udenista foi a primeira delegação internacional a prestar homenagem à nova era da democracia paraguaia.

O objetivo da missão da UDN foi levar a solidariedade dos moradores da Caverna do Ostracismo ao recém-empossado capataz da República Transgênica do Paraguai, sr. Francisco Monfranco.

HOMENAGEM A STROSSNER: A boneca inflável da UDN depositou flores no túmulo do grande ícone da democracia paraguaia.

A missão da UDN ao país irmão foi chefiada pela líder da ala das bonecas infláveis da UDN, Bianca Dias.

Toda catota, a boneca inflável exibiu seu novo visual na recepção de gala oferecida pelo capataz. Sabedora de sua responsabilidade, trocou a cor do cabelo e botou um botox novo.

O poeta romano Virgílius também integrou a missão, e fez uma leitura dramática da nota oficial da UDN apoiando o golpe que levou o capataz ao poder.

Aplaudidíssimo, Virgilius chorou ao final da leitura do poema, sendo consolado pelo proconsul Agripinus, que aproveitou para propor ao novo capataz um negocinho de inspeção veicular em Ciudad del Este.

SEGREDOS UDENISTAS: O pres. Zezinho (DIREITA) não abre mão dos segredos que a Srta. Francine De L’Herbe constuma dizer aos seus ouvidos.

Estiveram presentes todos os altos dignitários da terra de Yparacai, exceto o zagueiro palmeirense Román e a principal autoridade do país, o Gerente Geral da Monsanto no Paraguai. Ele havia prometido participar do evento, mas acabou não indo porque teve que levar seu cachorro para passear.

Mal estar

No início da solenidade, uma gafe do cerimonial paraguaio quase pôs tudo a perder.

O mestre de cerimônias leu errado o nome da boneca inflável, confundindo-a com a Srta. Francine De L’Herbe, candidata-auxiliar do Mais Preparado dos Brasileiros na eleição deste ano.

As negociações iniciais da visita consideravam que a delegação da UDN seria chefiada pela Srta. Francine De L’Herbe, daí a falha. A boneca inflável foi escolhida porque o pres. Zezinho recusou-se a autorizar a ida de sua assessora para assuntos de downloads e uploads, por conta das eleições municipais, que demandarão seu infatigável trabalho de menina de recados do Maior dos Filhos da Mooca.

O capataz Monfranco ficou decepcionado e comentou com alguns capangas: “me gustaba mas que hubiese venido la De L’Herbe; es demócrata igual que nosotros y esta mejor que esta muñeca inflable, que tiene tan demasiado botox, que ya no se le queda firme em la cara”.

MODÉSTIA: A boneca inflável louvou a sabedoria dos donos do Paraguai em não ter imposto de renda no país: “pelo mesmo motivo, eu não costumo declarar minhas fazendas”.

Resolvido o mal-estar, o capataz mostrou-se gentil e encantado com os dotes democráticos da boneca inflável, a quem fez outorgar o título de Musa da Democracia Paraguaia. A boneca inflável quase estourou de satisfação.

OBEDIÊNCIA e ORGULHO: A boneca inflável da UDN atendeu aos apelos de seu líder.

Agenda oculta

Logo após o anúncio do sucesso da missão, notícias desencontradas começaram a correr. Dos caudalosos esgotos fétidos da Caverna do Ostracismo jorravam versões que diziam que havia um objetivo oculto na viagem da delegação chefiada pela boneca inflável.

Algumas fontes udenistas afirmam que a delegação tinha como objetivo real tomar algumas aulas de democracia para reproduzir em sua volta ao Brasil.

Outras fontes com trânsito e tráfico na Caverna do Ostracismo asseguram que a viagem, na verdade, foi para tratar de detalhes de uma operação secreta da UDN, liderada pelo Almirante do Tietê: a operação Caracu.

A operação tem como objetivo permitir o  estabelecimento do Acordo Caracu EUA-América do Sul, no qual os EUA entrariam com a primeira parte.

O acordo seria uma versão ampliada do Acordo Caracu EUA-Brasil, que tem sido sistematicamente boicotado pelos usurpadores do planalto. Neste acordo, o Brasil entraria com a retaguarda.

QUADRILHA: O capataz prometeu participar de uma festa junina quando for visitar o Brasil no futuro governo do pres. Zezinho. Ele e seus capangas Já estão ensainado para participar da dança típica.

A adesão do Paraguai é considerada vital pelo diretor do departamento de Acordos Caracu da Disneylândia, Sr. Ricardo Zúñiga. Ao que parece, o novo capataz paraguaio já antecipou que a parte paraguaia do acordo já está à disposição, e só espera os EUA entrarem logo com sua parte, que será a mais dura.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de gente sem nenhuma noção do ridículo.


Festa em Goiás: Amigo do pres. Zezinho compra Touro Bandido

16 de junho de 2012

A nova estrela da UDN é conhecida por estar sempre de olhos abertos para a injustiça.

O Mais Preparado dos brasileiros, o futuro pres. Zezinho, participou hoje da festa de comemoração da nova aquisição de um amigo goiano.

O amigo do Presidente de Nascença está muito orgulhoso, pois acaba de adquirir o Touro Bandido, famoso campeão brasiliense de rodeios jurídicos e tergiversações processuais.

O Touro Bandido, mal foi comprado, já aprontou das suas, na festa junina da UDN de Anápolis. Mostrando que é fiel ao dono, arrebentou a porta da cadeia da quermesse, bem na hora em que seu dono estava preso. A estrepolia do simpático ruminante foi comemorada pelos partipantes da festa, porque assim o amigo goiano do pres. Zezinho pode voltar a ser o puxador da quadrilha da festa junina.

A UDN sempre gostou de investir em bovinos.

A UDN sempre gostou de investir em bovinos (clique na imagem para recordar).

Festival de virtude udenista

Sempre solidário, o amigo do pres. Zezinho já colocou seu Touro Bandido à disposição do Maior dos Filhos da Mooca, se precisar de alguma forcinha.

Comovido, o Presidente de Nascença agradeceu a gentileza aos soluços, em um emocionado ataque de choro, abraçado ao seu amigo empresário de muita sorte.

Dos caudalosos esgotos da Caverna do Ostracismo jorraram versões desencontradas sobre essa súbita explosão de emoções daquele que é O Mais Racional dos Homens Públicos.

Alguns udenistas acreditam que o Salvador da Pátria Ungido pelos Céus anda se emocionando fácil porque recentes sondagens eleitorais não têm trazido boas notícias para sua já vencedora campanha-treino deste ano.

Ainda que esteja certo de sua inevitável vitória, o Mais Competente dos Governantes teme que isso gere uma redução das doações para sua campanha.

Obviamente, o pres. Zezinho preocupa-se com os doadores, que deixariam de fazer o bem, praticando a virtude da generosidade, tão cultivada pelo seu amigo goiano.

O Pres. Zezinho está solidário com Carminha. A estrela da UDN, desesperada, colocou a faca no pescoço de uma ministra do STF: “julguem o mensalão, antes que minha casa caia”.

Outras fontes afirmam que o Almirante do Tietê  tem se identificado com o drama de Carminha, da novela Avenida Brasil, pois a casa da personagem está caindo e o presidente Zezinho é muito sensível a essas coisas.

Na mesma linha de raciocínio, outros informantes comprados baratinho no Retiro do Udenista (sito à Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis) têm dito que o pres. Zezinho anda nervoso porque está preocupado com o destino do filósofo greco-goiano Δημοσθένης, cuja casa caiu recentemente. O Maior Defensor do Mercado Livre teme que sua própria casa também caia, caso se forme uma grande torrente de água saindo do delta do Rio Tietê em direção ao Alto de Pinheiros.

QUADRILHA: A UDN goiana comemorou a nova aquisição com uma bela festa junina no Parque Vaca Brava, em Goiânia.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de rodeio. Quando ele era criança, na Mooca, na rua passava o seu Joaquim, o leiteiro, puxando a vaca, que se chamava Formosa. Era uma vaca muito mansinha, e todo mundo gostava dela. A Formosa levava um sininho no pescoço e as pessoas saíam de casa ao ouvirem o para ir comprar leite tirado na hora. Uma vez, o Zezinho e o Reinaldinho Cabeção ficaram escondidos, esperando o seu Joaquim passar com a Formosa. Quando ouviram o sininho, o Zezinho mandou o Reinaldinho Cabeção sair correndo aos berros para montar na vaca. O Reinaldinho Cabeção obedeceu, como sempre. Desembestou pela rua gritando “Jerônimo!”. Quando chegou perto da Formosa e foi começar a pular em cima dela, a vaca deu um coice e jogou o Reinaldinho Cabeção longe. Foi um deus-nos-acuda. Quando tudo se acalmou, Seu Joaquim  comentou: a Formosa é boazinha, mas não suporta moleque imbecil. O Zezinho ficou lá, sentado atrás do poste, rindo sem parar.


Pres. Zezinho pede ajuda para a casa não cair

15 de dezembro de 2011

RISCO: Se a casa do pres. Zezinho caír, leva junto metade de Higienópolis.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, pediu ajuda às famiglias da Imprensa Mais Vendida do Brasil para ajudá-lo  a superar seu drama pessoal.

O difícil momento vivido pelo Presidente de Nascença é devido ao seu temor de ver sua casa cair, por conta de estranhos e injustificados  ataques que tem recebido.

Como é sabido por todos, os ataques têm sido desferidos por um colunista social a soldo da usurpadora mirim do planalto. O Sr. Amaury Jr. tem  passado o dia atirando pesados livros cheios de mentiras e documentos oficiais contra os alicerces da casa onde mora o Maior de Todos os Brasileiros.

PAÚRA: Está faltando mesa para os udenistas esconderem-se debaixo, quando a casa cair. Esperto, o Cachorro-Lagosta já garantiu a dele.

A casa é de uma conhecida sócia do banqueiro Daniel Mendes, por acaso filha do pres. Zezinho. O imóvel já parecia estar condenado, desde que, em setembro de 2010, terríveis vazamentos afetaram sua sustentação, deixando, já naquela ocasião, a casa em vias de cair.  Segundo fontes da UDN, os vazamentos teriam se originado em algum ponto entre Ipanema e a Pirâmide Administrativa de Tancredo Neves, e atingido também a casinha do Cachorro-Lagosta, entre outros próceres udenistas.

Até o momento, 30 mil livros já foram atirados contra a casa do pres. Zezinho, e o impacto começa a afetar a sustentação da casa. A previsão é que mais 50 mil exemplares sejam atirados em breve, correndo o risco de fazer, definitivamente, a casa cair.

Quem tem um amigo tem um tesouro

Como sempre generosos e desinteressados, os capos das famiglias udenoperiodistas decidiram socorrer seu prestimoso colaborador.

ARMA COVARDE: Os livros que estão sendo atirados contra a casa do pres. Zezinho têm um peso descomunal.

Para evitar que a casa do Zezinho caia de vez, enviaram pilhas de jornais e revistas das mais vendidas do Brasil para calçar o cambaleante castelo de cartas em que se tornou a casa do pres. Zezinho.

Como isso não basta, determinaram que seus principais jornalistas de programa montassem uma barreira humana em volta da casa, para evitar que os ataques do livro maldito atinjam-na.

Rapidamente, diversos  comentaristas de aluguel voluntariaram-se para a difícil tarefa de blindar a casa do Mais Honesto dos Homens Públicos com seus corpos, seu sangue e sua coragem.  Liderados pelo Sr. Ricardo Bolat, já estão a postos, e prometem defender a casa do pres. Zezinho até o último centavo.

QUADRILHA: A festa junina de final de ano da UDN, na Al. Barão de Limeira, foi cancelada porque foi todo mundo tentar evitar que a casa do pres. Zezinho caísse de vez.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre teve medo de que  a casa caísse. Já contei a história da casinha que ele fez o Reinaldinho Cabeção construir, né? Numa outra vez, ele viu um filme no cinema em que o bandido fazia uma sabotagem e a casa do mocinho desmoronava. O Zezinho ficou tão impressionado que, quando chegou em casa, mandou o Reinaldinho Cabeção ficar encostado na parede, para escorar a casa. O moleque ficou lá, segurando a casa, até que a mãe do Zezinho percebeu e disse que aquilo já era demais, e mandou o Reinaldinho Cabeção pra casa dele. E pôs o Zezinho de castigo…


Justiceiro da USP prende 3 terríveis meliantes

2 de novembro de 2011

HOMEM DE VISÃO: O reitor indicado pelo pres. Zezinho colocou a USP no caminho da modernidade.

Quando foi governador da Locomotiva da Nação, o Mais Preparado dos Brasileiros, o  futuro pres. Zezinho, deu inestimáveis demonstrações de visão estratégica e de respeito pela USP.

Um dos pontos altos da gestão do Presidente de Nascença foi a  magnífica aula de democracia  que deu com a nomeação do super-herói Justiceiro Rodante para o cargo de  reitor da USP.

Muito criticado à época, o tempo deu razão ao Maior dos Filhos da Mooca.  O Sr. Justiceiro Rodante é hoje aclamado pela comunidade universitária. Com seu estilo democrático, que lembra o do pres. Zezinho, já é considerado uma das maiores lideranças universitárias que a UDN já produziu.

Doutrina de Segurança Uspiana

Grande doutrinador que é, o  Sr. Justiceiro Rodante implantou uma implacável política de segurança, baseada na Doutrina de Segurança Uspiana, visando combater os inimigos externos e, principalmente, os terríveis inimigos internos da Universidade.

ESTUDANTE AGRIDE TROPA DE CHOQUE COM PERIGOSO LIVRO: A comunidade udenista da USP acha que já está na hora de acabar com esse acinte à democracia fardada.

A política de segurança do Sr. Justiceiro Rodante foi implantada com o apoio da sempre gentil polícia militar paulista, que,  estimulada pelo pres. Zezinho, desde 2009, vem se especializando em prestar excelentes serviços de policiamento e defesa dos direitos humanos no campus da USP.

REFORÇO: O Cachorro-Lagosta foi treinado para detectar tóchicos e atacar estudantes subversivos.

A PM paulista criou uma unidade especializada para atuar no campus da universidade. Esta tropa de elite utiliza métodos sofisticadíssimos de detecção de meliante, como a identificação de intenção criminosa pelos movimentos oculares do bandido (veja exemplo aqui).

A doutrina de segurança do Sr. Justiceiro Rodante começa a fazer efeito. Na semana passada, o super-herói da UDN uspiana deu uma lição aos terríveis  maconheiros da USP.

Em ação articulada com a sempre gentil PM, o Sr. Justiceiro Rodante capturou três assustadores meliantes que consumiam tóchicos no campus da universidade. A atitude dos facínoras foi considerada contrária à moral e à ordem pública, desrespeitando o disposto no  Decreto Lei 477/69, Art. 1o, VI.

Os perigosos indivíduos foram encaminhados à delegacia enquanto seus comparsas estudantes faziam o que sabem: baderna e agitação subversiva.

PATRIOTISMO: A ala infanto-juvenil da UDN uspiana aprovou a ação da polícia.

Repercussão

Como todas as ações que tem o dedo da UDN paulista, esta também foi um sucesso. A isenta imprensa paulista rapidamente mostrou como a  USP está infestada por uma praga de uma minoria de bandidos, arruaçeiros, maconheiros e, pior, esquerdistas contestadores.

O  jornalista das 50 mil razões publicou um post comemorativo da ação da “democracia de farda“, no site da Revista Mais Vendida do Brasil.

NEM PENSAR: O Sr. Justiceiro Rodante assinou um novo convênio com a PM para prender criminosos cibernéticos que atuam na USP, especialmente organizando protestos virtuais.

Apenas uns poucos desclassificados inimigos da democracia e da ordem pública ousaram criticar a iniciativa, como um juiz renegado e um deputado vermelhóide.

A UDN uspiana delirou com a ação, sentindo-se finalmente segura. Mas a moralização continua. Agora, o Sr. Justiceiro Rodante deverá assinar a Portaria 477, que proíbe  manifestações, greves, passeatas e protestos, pois atrapalham o bom andamento das aulas e a subida da USP nos rankings internacionais.

O  depoimento de um dos jovens udenistas uspianos diz tudo sobre a expectativa: “Nosso reitor-herói, o  Justiceiro Rodante, mostrou que finalmente na USP será aplicada a máxima do saudoso Pres. Médici: “estudante estuda, professor leciona, trabalhador trabalha“.

Graças à UDN paulista, ao pres. Zezinho e ao Sr. Justiceiro Rodante, a USP, finalmente, sai das trevas.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: a UDN uspiana fez uma bela festa junina em homenagem à tropa de choque da PM.

O Zezinho sempre gostou de super-herói. Uma vez, ele chamou o Reinaldinho Cabeção e uns moleques mais novos para brincar de super-herói. Ele  disse para o Reinaldinho Cabeção: “você vai ser o Super-Cabeção e eu vou ser o Super-Zezinho”.  Os moleques menores iam ser os bandidos. Na hora da briga, ele mandou o Reinaldinho Cabeção bater nos moleques menorzinhos e ficou só olhando.   O problema foi quando os irmãos maiores dos moleques ficaram sabendo e foram tirar satisfação com eles. Aí o Super-Zezinho sumiu e o Super-Cabeção levou uma surra daquelas…


UDN infiltra agente na CIA

27 de outubro de 2011

Sob a batuta cada vez mais firme do Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, a UDN continua dando lições inigualáveis de amor à Pátria.

Firmeza de caráter e obediência aos chefes são requisitos fundamentais para o sucesso na carreira jornalística.

Em uma jogada de mestre, seguramente inspirada pelo Majestoso Encéfalo do Presidente de Nascença, a UDN conseguiu infiltrar um agente na CIA (Caracu Intelligence Agency), respeitada organização sediada em Orlando, voltada à defesa da paz e da não-violência.

Como se sabe, a prestigiosa organização, criada por Walt Disney para promover a auto-determinação dos povos, está diretamente envolvida nas negociações para a efetivação de um dos principais pontos da plataforma udenista de salvação nacional: o Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual o Brasil entrará com a segunda parte.

As negociações do acordo, segundo alguns, foram iniciadas pelo pres. Zezinho ainda na década de 1970, sendo aceleradas durante o inesquecível governo udenista do ex-sábio FHC, mas terrivelmente sabotadas durante o governo do usurpador e da usurpadora-mirim do planalto.

Revelação

O Wikileaks revelou hoje o nome do agente infiltrado pela UDN. Trata-se do Sr. Bill Waasp, famoso jornalista e porta-voz noturno do Maior dos Homens Públicos. Sua principal tarefa era fornecer informações aos coleguinhas da CIA  (Caracu Intelligence Agency) e ajudá-los a convencer a opinião pública das vantagens do Brasil firmar o Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual o Brasil entrará com a retaguarda.

O Sr. Waasp tem até sala na sede da CIA (Caracu Intelligence Agency) em Brasília.

Para auxiliar essa edificante empreitada dos generosos irmãos do norte, o Sr. Waasp adotou uma sistemática de encontros regulares com diplomatas israelenses e norte-americanos. Nesses encontros, o Sr. Waasp procura apresentar-lhes as melhores maneiras de fazer com que esses países possam ajudar o Brasil a ampliar sua soberania e fortalecer sua presença no mundo.

Essa atitude patriótica do Sr. Waasp está sendo reconhecida por toda a imprensa udenista, que, orgulhosa de ter um colega de profissão deste naipe, tem publicado páginas e páginas sobre essa maravilhosa revelação.

Na Academia Brasileiras de Letras, Números e Risquinhos, o imortal Merdoval Pedreira proferiu um extenso discurso elogiando a atividade do Sr. Waasp na CIA (Caracu Intelligence Agency) e tecendo pesadas críticas às comemorações do aniversário do usurpador do planalto.

QUADRILHA: UDN fez uma bela festa junina para homenagear o Sr. Waasp pelo seu brilhante trabalho para promover o Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual o Brasil dará a parte final.

Enquanto isso, o chefe do Sr. Waasp na Mais Vendida das Televisões prometeu um aumento e uma promoção, em reconhecimento ao tempo e à vida dedicados aos interesses nacionais.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de brincadeira de agente infiltrado. Uma vez, ele mandou o Reinaldinho Cabeção se infiltrar na turma da rua de cima. O Zezinho não gostava deles porque eles mandavam no bairro e nunca deixavam o Zezinho aprontar com a turma deles. Aí ele mandou o Reinaldinho Cabeção entrar para a turma deles para passar informação sobre os planos deles. Só que os moleques da rua de cima descobriram, deram uns tapas no Reinaldinho Cabeção e fizeram ele dar informação errada para o Zezinho. Aí, todos os planos do Zezinho começaram a dar errado… Até que o Zezinho percebeu e deu uns croques no Reinaldinho Cabeção, dizendo: “isto é pra você deixar de ser otário e aprender a fazer o serviço direito”. 


UDN já tem seu futuro ministro da educação

10 de agosto de 2011

AFINIDADE: O pres. Zezinho emocionou-se ao ler a biografia do seu futuro ministro da educação.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, já está pensando na composição de seu ministério, quando assumir o lugar que é seu, por direito, em 2015.

Dada a importância que dá ao tema, o primeiro nome já definido pelo Presidente de Nascença é o futuro ministro da educação.

Trata-se de um ilustre parlamentar udenista, o Sr. Dario Bueno (PFL-SP), vereador de Jacareí-SP e grande educador pátrio. Ele é, carinhosamente,  chamado por seus amigos, correligionários e familiares de Dario Burrro, em uma clara brincadeira com seu intelecto superior.

INTELECTUAIS QUADRÚPEDES: o Sr. Burrro costuma convidar o Cachorro-Lagosta para seus saraus literários em Jacareí.

O Sr. Burrro (foi necessário acrescentar um terceiro “r” por conta do tamanho incomum de sua inteligência), tem se notabilizado pelo seu compromisso com o magistério e seu grande amor aos educadores pátrios, comparável apenas à ternura devotada pelo Almirante do Tietê a  essa maltratada classe.

O importante parlamentar asinino já aceitou o convite do Maior dos Educadores Brasileiros, e declarou-se honrado em ocupar a cadeira que já foi de Jorge Bornhausen, Hugo Napoleão e Jarbas Passarinho.

Talento disputado

Enquanto 2015 não chega, algumas das principais lideranças da UDN estão disputando a o auxílio do Sr. Burrro como secretário de educação, já que o petista ignorante que é prefeito de sua cidade despreza a contribuição desse novo Anísio Teixeira.

NA HORA CERTA: Geraldinho do Vale estava à procura de um novo educador, depois que seu Chalita mudou de lado e de preferências.

O muy amigo do pres. Zezinho, Geraldinho do Vale, já convidou o Sr. Burrro para assumir a secretaria estadual de educação. Ao convidá-lo, disse que o Sr. Burrro era o nome ideal para continuar o legado do inesquecível Paulo R. Gates de Souza, primeiro como secretário estadual, depois como ministro.

Também o pitta de estimação do pres. Zezinho tem assediado o Sr. Burrro para assumir  a direção da Secretaria Municipal de Educação. Além disso, Tancredo Neves tem cogitado convidá-lo à assumir a pasta da educação em sua pirâmide administrativa em Minas Gerais.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: O futuro ministro da educação adora as festas juninas da UDN.

O Zezinho sempre gostou de burros. Quando ele era criança, na Mooca tinha o seu Odair, um peixeiro que passava todo dia vendendo peixe em sua carroça puxada por um burrinho. O Zezinho gostava de ir olhar o burrinho, quando ele passava. Uma vez, ele inventou que o burrinho era capaz de falar, e convenceu o Reinaldinho Cabeção, que foi conversar com o burro, que, é claro, não respondia. O Reinaldinho Cabeção foi se queixar ao Zezinho, que disse: o burro não quer conversar com você porque você é mais burro que ele. O Reinaldinho Cabeção voltou chorando pra casa. No dia seguinte, os dois estavam brincando quando o seu Odair apareceu, com o burrinho puxando a carroça. O Reinaldinho Cabeção, todo animado, virou para o Zezinho e disse: Zezinho, será que hoje o burro vai querer falar comigo?


Festa na Caverna do Ostracismo: John Been chegou!

4 de agosto de 2011

ENTRE IGUAIS: John Been (direita) ficou muito feliz ao saber que vai dividir os aposentos com o ex-sábio FHC (direita).

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, participou hoje da solenidade de recepção do novo morador da Retiro do Udenista, sito à Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis.

O novo morador é o gênio da raça Tom John Been, um dos poucos brasileiros dignos de ser tratado como um igual pelo Presidente de Nascença, que é seu amigo e compadre.

DESESPERO NA CASERNA: A soldadesca tão amada por Tom John Been está desconsolada com sua partida.

A chegada de Tom John Been causou grande comoção entre os moradores da Caverna do Ostracismo.  Emocionados, os udenistas perfilaram-se à sua chegada, enquanto sua conterrânea Ymelda Cruzes entregava-lhe um lindo buquê de flores azuis e amarelas.

Entre os oradores convocados a homenagear o novo hóspede do covil udenista, o ex-intelectual FHC destacou-se por seu discurso singelo, no qual precisou de apenas duas horas para demonstrar que seu governo foi melhor que o governo do usurpador do planalto. Ao final do discurso, que preferiu fazer com seu inglês de lorde, o ex-pensador FHC agradeceu a Tom John Been pela grande contribuição que deu a ele, como ministro e líder do governo no STF.

Entre idiotas

ADMIRAÇÃO: O cozinheiro da Caverna do Ostracismo imita John Been no que pode.

Tom John Been agradeceu com um pequeno discurso, no qual declarou-se feliz por  mudarde ares, pois já estava cansado do tipo de idiotas fraquinhos com os quais lidava: “Amanhã, quando for visitar o cônsul do EUA com o pres. Zezinho, falarei que aqui, em Ostracism Cave, é que me sinto entre os do meu tipo”, disse, apontando para seus novos colegas de valhacouto.

John Been revelou que decidiu trocar Brasília pela Caverna do Ostracismo depois de ser atingido por uma vassoura, em reunião com a usurpadora-mirim, no Palácio do Planalto.

Emoção

Mas o grande momento foi, como esperado, o momento musical. Tom John Been cantou e encantou, fazendo um belo dueto com Milton Nascimento em Canção da América.

Ao chegar a parte “Amigo é coisa para se guardar/No lado esquerdo do peito“, o pres. Zezinho subiu ao palco e abraçou seu amigo John Been.

QUADRILHA: Os eleitores infantis paulistas organizaram uma bela quadrilha para homenagear Tom John Been.

O que se viu, então, foi a Caverna do Ostracismo inundada pelo pranto dos udenistas embevecidos que aplaudiram freneticamente a demonstração de afeto entre dois grandes brasileiros.

Comentário da tia Carmela

Apesar do nhenhenhem de amizade velha, O Zezinho deve estar é pensando: esse cara vai querer posar de vítima para tentar ser candidato no meu lugar. Esse não perde por esperar…


Eleições 2012: UDN promete limpeza étnica em SP

22 de julho de 2011

Slobodan Matarazzo foi  indicado pelo pres. Zezinho para ser  prefeito de SP.

O pres. Zezinho (DIREITA) sempre se identificou com os modos gentis do Sr. Slobodan Matarazzo.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, não deverá concorrer à prefeitura da Nova Iorque dos Trópicos no ano que vem, para concentrar-se em sua importante atividade no Conselho de Moral e Bons Costumes da UDN.

Mas o Presidente de Nascença não descuida de seus eleitores de Higienópolis, Vila Madalena, Pinheiros e Jardins. Já designou se antigo assessor para assuntos de limpeza étnica, Sr. Slobodan Matarazzo, como candidato da UDN à prefeitura em 2012.

O Sr. Slobodan Matarazzo tem uma longa folha corrida a serviço da nobre causa do embranquecimento e da civilização da Paulicéia.

Durante a curta, porém inesquecível passagem do Maior dos Filhos da Mooca na prefeitura paulistana, o Sr. Slobodan Matarazzo foi chefe da toda poderosa Secretaria de Serviços Municipais de Limpeza Étnica, acumulando, ainda, a Subprefeitura da Região Central.

Herói da Paulicéia

DESIGN: O Sr. Slobodan Matarazzo mudou a cara de SP com um mobiliário urbano projetado para a limpeza étnica.

Nesses postos, o Sr. Slobodan Matarazzo granjeou a simpatia e admiração da cosmopolita elite paulistana que, de súbito, viu-se imersa em uma moderna capital mundial, com serviços públicos exemplares, ruas sem lixo acumulado, calçadas em ordem, vias de automóveis dando lugar a vias de pedestres, transporte público confortável e abundante e, mais importante, apenas gente cheirosa circulando na região central.

Durante a gestão do Sr. Slobodan Matarazzo, a limpeza pública era prioridade. Higienicamente, gente suja e fedorenta foi banida das áreas centrais, reservadas aos descendentes dos bandeirantes e dos condes e barões italianos que vieram a SP aumentar sua fortuna. O trânsito de veículos foi disciplinado, e as horríveis carroças dos catadores de recicláveis foram impedidas de circular, juntamente com outras medidas de combate a essa repugnante e inútil profissão de gente desclassificada.

São Paulo, cidade de primeiro mundo

HIGIENE ACIMA DE TUDO: O Sr. Slobodan Matarazzo organizou um disciplinado batalhão de limpeza étnica no centro de SP.

O Sr. Slobodan Matarazzo ajudou a transformar SP em uma cidade primeiromundista. Mendigos e moradores de rua pararam de exibir a deprimente visão de sua barbárie aos delicados olhos da gente bonita paulistana, tendo que ir oferecer seu degradante espetáculo a seus iguais nos bairros periféricos.

Graças a suas políticas de limpeza étnica de irrepreensível qualidade e justiça, os eleitores infantis paulistas viram a substituição dos imigrantes botocudos nordestinos por seletíssima leva de milhares de novaiorquinos, londrinos e parisienses que decidiram trocar suas inconvenientes cidades cheias de imigrantes do terceiro mundo pela Metrópole dos Bandeirantes, cada vez mais branquinha e cheirosa.

Atualmente, o Sr. Slobodan Matarazzo ocupa a Subprefeitura Honorária da Caverna do Ostracismo, onde vem desempenhando um brilhante trabalho na portaria da garagem do valhacoudo udenista, impedindo que gente diferenciada adentre o seleto espaço da modernidade paulista e nacional com seus carros 1.0.

APOIO MILIONARIO: Milhões de eleitores infantis paulistas saíram as ruas para apoiar a candidatura do Sr. Slobodan Matarazzo.

Apoio entusiasmado

A notícia do lançamento da candidatura desse grande herói bandeirante gerou uma onda de manifestações de aprovação.

Capitaneados pelo grande pensador Reinaldinho Cabeção, os jornalistas de programa, colunistas de aluguel e comentaristas-michê já iniciaram seu trabalho de propaganda através dos Jornais e Revistas Mais Vendidos do Brasil.

Também já começaram as manifestações nas ruas de SP. Multidões de paulistas quatrocentões de estirpe elevada mostram seu entusiasmo em demonstrações cívicas de sua superioridade, agradecendo ao Almirante do Tietê por designar tão valoroso paulista para a nobre tarefa.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: A UDN fez uma festa junina bem higiênica para comemorar a candidatura do Sr. Slobodan Matarazzo.

O Zezinho sempre gostou de judiar de mendigo e de catador de lixo. Quando ele era criança, lá na Mooca, uma vez o Zezinho e um amigo bem malvado que ele tinha, o Andrezinho, filho de um italiano que dizia que o avô era conde na Itália, organizaram uma turma de moleques para aprontar com um mendigo que costumava dormir embaixo de uma marquise na rua Barão de Jaguara, perto do colégio deles. De manhã cedinho, quando ia para a escola, eles chegaram perto do mendigo, que dormia embaixo da carrocinha de recolher garrafa e papelão, e começaram todos a fazer xixi nele ao mesmo tempo. O coitado do mendigo acordou assustado e começou a gritar com os moleques, mas eles tinham trazido cada um um saco com ovos podres e jogaram no homem. Depois, saíram correndo e gritando: “mendigo nojento, vai embora da Mooca que aqui não é seu lugar!”


UDN homenageia o legado de Paulo R. Gates de Souza

28 de junho de 2011

LEGADO: O pres. Zezinho fez uma pesquisa aprofundada para mostrar ao mundo o legado do Sr. Paulo R. Gates de Souza.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, liderou hoje uma singela homenagem ao seu ex-secretário de assuntos gráficos, sr. Paulo R. Gates de Souza, que deixou a Caverna do Ostracismo rumo a local mais adequado.

O Presidente de Nascença estava às lágrimas ao discursar, lembrando o maravilhoso legado do maior educador que a UDN já produziu.

Na cerimônia, o representante da editora da Av. Marginal Serra também fez um discurso comovido, lembrando como o Sr. Paulo R. Gates de Souza contribuiu para o desenvolvimento da educação brasileira.

GRATIDÃO: O Sr. Bill veio dos EUA para homenagear o primo que tanto lhe ajudou.

A delegação espanhola também compareceu para homenagear o grande patrono do ensino da língua de Cervantes e de Santillana.

Seu representante, Sr. Jaime Jimenez Arbe, fez um emocionado panegírico sobre o  educador das grandes cifras, destacando seu apego à cultura espanhola.

Sua homenagem será publicada em edição especial do jornal El País, a ser distribuída a todos os diretórios da UDN.

QUADRILHA: A UDN fez uma bela festa junina para homenagear o legado do maior secretário de assuntos gráficos que SP já teve.

A justa homenagem transformou-se em uma procissão de educadores geniais, agradecidos por tudo o que o ex-secretário de assuntos gráficos fez pela educação nacional.

O sindicato das empresas gráficas também mandou um representante, que lembrou que o ex-educador sempre foi defensor da pluralidade.

Comentário da tia Carmela

Falta não fará.


Caverna do Ostracismo prepara time para a Copa América de Bocha

15 de junho de 2011

O pres. Zezinho (direita) durante partida de bocha na Caverna do Ostracismo.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, anda muito atarefado com suas novas funções na UDN.

O Presidente de Nascença foi eleito por aclamação para a vaga de técnico do time de bocha da Caverna do Ostracismo (Bochacismo E.C.).

Em julho, será disputada a Copa América de Bocha e o Almirante do Tietê já começou a montar a equipe, que deve mostrar a toda a América do Sul a força e o poder da UDN.

QUADRILHA: Importantes udenistas prestigiaram a festa junina do time de bocha da Caverna do Ostracismo.

Para a montagem da equipe, o Maior dos Filhos da Mooca está usando como base experientes jogadores da UDN, com grande habilidade de pegar bola.

Já estão selecionados craques como o  Sr. Demoarruda Bauducco, o Revmo. Pe. Anchieta, o Sr. Paulo R. Gates de Souza, o Sr. Conselheiro Robson e o Sr. Paulo Caixa Preta 2.

Como podem ser inscritos até seis atletas, o pres. Zezinho ainda procura o sexto nome para a equipe. Dê sua opinião na enquete abaixo:

Comentário da tia Carmela

O Zezinho anda com uma cara  de bocha, mesmo…  O engraçado é que, quando era criança, ele não gostava de jogo de bocha. Ãs vezes o pai dele ia jogar e levava o Zezinho e oReinaldinho Cabeção. Eles iam contra a vontade, e passavam a manhã toda fazendo arte. Uma vez eles fizeram as necessidades na caixa onde as bolas eram guardadas. Quando os jogadores pegaram as bolas, sujaram as mãos todas. Naquele dia o pai do Zezinho levou ele e o Reinaldinho Cabeção  de volta pra casa pela orelha.