Serra lança proposta para pré-sal: pedágio em oleoduto

Sensibilizado com os apelos lançados pelo Princípe dos Sociólogos desde a Caverna do Ostracismo, o Mais Preparado dos Brasileiros, governador Zezinho, resolveu lançar uma ofensiva para mostrar que tem o que propor para contrapor-se às ações vazias, populistas e ineptas do analfabeto que usurpou o trono que Deus lhe havia concedido.

serra_yeda

O governador dá posse à Presidente da Comissão de Ética do projeto.

O Presidente de Nascença refletiu profundamente sobre os desafios da nação e decidiu fazer uma proposta revolucionária sobre a exploração do pré-sal: pedagiar os oleodutos.

Segundo fontes próximas ao governador, a genial proposta deverá ter os seguintes pontos:

  • O petróleo só poderá circular na rede de oleodutos a ser construída pelo governo do Estado e doada à iniciativa privada, em licitação a ser conduzida pelo senador Tasso.
  • O petróleo e seus derivados, ao passarem por oleodutos, deverão pagar pedágio a cada 20 km, na ordem de R$17,80 por barril.
  • Cada barril de petróleo deverá ter afixado nele um cartaz da proibição de fumar do governo de SP.
  • Os pedágios serão operados pela Tejofran e CCR.
  • Quando a Petrobrás for vendida pelo Mais Decente dos Brasileiros em seu mandato presidencial que tarda mas chegará, as empresas privadas que comprarem a companhia terão desconto de 70% no preço do pedágio. Se a Telefonica participar do negócio, não precisará pagar nem imposto nem pedágio.
brril

Policial de SP experimenta o novo uniforme brindado pelo Melhor dos Governadores: elegância, economia e praticidade.

Ao final do transporte pelo oleoduto, os barris vazios serão distribuídos aos professores, policiais e demais funcionários públicos para uso como uniforme e roupa do dia-a-dia. Como não precisarão mais gastar com vestuário, será possível reduzir em mais 30% os salários dos servidores, além da economia com uniformes. Será provada mais uma vez a grande eficiência do governo do Mais Sábio dos Homens de Bem.

Consta que o Maior dos Economistas convidou Roberto Freire para assumir a coordenação da operação dos pedágios, mas o comedor de criancinhas regenerado gentilmente declinou, afirmando já estar suficientemente ocioso com a sinecura que o Mais Preparado dos Brasileiros lhe arranjou nas estatais de SP.

Comentário da tia Carmela: Uma vez o Zezinho quis inventar um tipo de pedágio para líquidos, quando era criança, lá na Móoca. Ele espalhou na vizinhança que ia faltar água e que só teria água quem comprasse um bônus da companhia que ele estava inventando, a Jacaré S/A. E fez o Reinaldinho Cabeção escrever uns cartazes e colar nos postes com cola de farinha.  Foi até oferecer lá em casa. Depois, ficou muito bravo porque ninguém comprou e disse que aquela rua não merecia alguém como ele.

Anúncios

6 Responses to Serra lança proposta para pré-sal: pedágio em oleoduto

  1. MINISTÉRIO PÚBLICO-RJ OMISSO NAS GARANTIAS CONSTITUCIONAIS…

    Enquanto o MPF atuou na defesa dos direitos do cidadão junto às concessionárias CONCER (Rio-Juiz de Fora) e com isso colaborou em favor dos moradores de Seropédica no processo à NovaDutra (Rio-São Paulo) no trecho entre Resende e Itatiaia, e mais, Xerém, Três Córregos, Barra do Piraí, e muitos outros, que são em “estradas” pedagiada, o que é previsto constitucionalmente Art. 145 II e 150 V e permitido, Lei 7.712/88, não fosse à proximidade e interferência no transito diário daquelas Municipalidades que originou a extinção da cobrança aos moradores residentes no Município por força de Ato Jurídico exercido pelos Promotores Federal, alguns membros do MPE-RJ “falha por omissão” acompanhados de perto pelo TCM-RJ, OAB-RJ, ALERJ, CMV-RJ, SEFAZ-RJ deixando de proteger o direito de ir e vir e a discriminação tarifaria, mesmo insistentemente solicitado por moradores da Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Deodoro, cujo novo pedágio urbano vem sendo anunciado pra Avenida do Catonho. http://www.cvm.gov.br/port/descol/respdecis.asp?File=5403-1.HTM

    O nosso pedágio é na “Avenida Carlos Lacerda” literalmente dentro do perímetro urbano, com faixas de reversão, sinais luminosos, transito intenso, o que é uma violação as clausulas pétreas, da CF e LOM-RJ, e agravante cerceador ao direito de ir e vir.

    Existe, por exemplo, em São Paulo uma Lei Estadual nº 2.481/53 que delimita a distancia de 35 km a partir do marco zero da cidade, para instalação de praça de pedágio, para os casos de pedágios legais em “estradas” e próximas ao perímetro urbano. Podemos observar a preocupação do legislador em afastar e garantir a municipalidade o constitucional direito de ir e vir, da ganância capitalista e empresarial.

    Outro aspecto são os bens públicos, tipo ruas, avenidas e praças, que se integram as tarefas do cotidiano social de qualquer perímetro urbano municipal, pois são utilizadas para, trânsito de socorro e emergência tipo ambulâncias, bombeiros, policias, nas atividades civis, ao trabalho, ao hospital e maternidade, as escolas, faculdades, Fórum aos bancos, museus, cinemas, teatros, clubes e bailes, as repartições publicas do tipo INSS, DETRAN, Delegacias de Policia, Prefeituras, Secretária de Fazenda, concessionárias de luz, água e gás, enfim resolver as questões de ordem social e fiscal que se impõe como norma e obrigações do cidadão, da criança e do idoso, pela via que desejar ir ou vir, mais econômico, de menor transito, de menor percurso e mais rápido, para atender melhor suas necessidades optando sem qualquer restrição pelo trajeto; injustificado o argumento da existência de vias alternativas, em verdade a principal via alternativa para escoamento do trafego ficou prejudicada e obstruída pela praça de pedágio, as demais não foram construídas pela concessionária são opções inerentes, existentes em qualquer perímetro urbano no mundo. A liberdade e o direito de ir e vir e a opção preferencial do trajeto no perímetro urbano são clausula pétreos (APC 1347785DF – RA No. 36022 de 05.03.86 – Pub. DJU pag. 8.144 de 15.05.86 Min. Relator Manoel Coelho). Mesmo assim, as duas principais opções existentes como alternativas, uma cruza a comunidade do Morro dos Macacos pela Avenida Grajaú-Jacarepagua, sinuosa, íngreme, em péssimo estado de conservação, desmoronamentos, e de alto risco por bala perdida, confrontos e arrastão, a segunda alternativa não só aumentaria o percurso em pelo menos três vezes, como a passagem por mais de dez bairros tumultuando as zonas residenciais e zonas de risco, retardaria em mais de duas horas o percurso que seria de quinze minutos. Essas seriam as opções, porem mais do que abusivas e sobre tudo ilegais e inconstitucionais é a obrigação compulsória de desviar ou pagar pedágio para ter acesso as ruas e avenidas.

    Outro fator é a bi-tributação concomitante que os cidadãos pagam até cinco vezes ao transitar especificamente nesta AVENIDA Municipal, qual seja: Valor do Pedágio na AVENIDA, valor da CIDE/Combustíveis, valor do ICMS, valor do IPVA, valor do IPTU.

    Alem do mais, em face da indivisibilidade deste tributo, penalizam apenas 20% dos usuários desta “avenida” que pagam o pedágio, enquanto o restante 80% ou seja, a maioria dos 400 mil usuários dia trafega absolutamente sem pagar nada, “de graça”, ou melhor, por conta e à custa da minoria, sendo servido de todos os direitos inerentes aos pagantes. http://jbonline.terra.com.br/jb/papel/cidade/2003/07/09/jorcid20030709009.html

    São esses os principais aspectos que deveriam fundamentar Ação Popular (Lei nº 4.717, de 29 de JUNHO de 1965) liderado pelo Ministério Publico do Rio de Janeiro. Porem pode-se acrescentar coadjuvantes originalmente marginais e significativos que nos remetem se não ao crime de fato e de direito, mas, de extrema permissividade que merece atenção investigativa;

    O Priculun in Mora, muito usado como forte argumento para manutenção do contrato, neste caso é tese afastada por excesso de prazo da concessão, originariamente contratada por 10 (dez) anos, prazo esse, que se considerou para a recuperação dos investimentos mais juros e lucro à concessionária. Porem isso ocorreu no ano de 1994, portanto expirado suposto receio de prejuízo a quem quer que seja. Vale salientar, sem entrar no mérito da questão por não ser esse o momento e a arena para tal. Mas fato é que para conseguir aumentar o prazo de concessão de 10 (dez) anos para 25 (vinte e cinco) anos abusaram das normas, a firma concessionária foi fundada em 1995 (CNPJ-ALVARA) e participou da licitação em 1994 (4º.TA Cont. No. 513/94) portanto até mesmo antes de sua existência, é o que indica a documentação, e mais, a única concorrente nesse consorcio, abandonou a concorrência.

    A divulgação de circular e uso de recibos inadequados, e os fortes indícios de abuso de normas agregando prazos para estender o período da concessão por mais 15 anos, à aparente segregação inconstitucional de impostos Federais em áreas Municipais, uso de multa por evasão de pedágio permitido apenas em estradas por policiais rodoviários, o cancelamento da inscrição do concessionário junto a CVM por suspeita de irregularidade contábil, o uso de alvará incondizente com a função de concessionária arrecadadora de pedágio em “Avenida”.

    Finalizando, é jurisprudência no STF que Município não pode cobrar pedágio em face de construir, beneficiar e ou reparar investimentos em obras viárias de perímetro urbano. Esse é o entendimento, dentre outros dos Min. Ilmar Galvão (RE 140.779 SP de 02.08.95 TP), Min. Carlos Madeira (RE 99.466 SP de 06.18.85 ST – indexação TRO 215), Min. Carlos Velloso (RE 0194862 RS de 25.06.199 DJ) como sendo o instituto legitimo para custear, e, mediante prévio referendum popular, esta previsto no CTN-Código Tributário Nacional cobrável na cota de IPTU em apenas uma parcela conforme disposto nos artigos deste CTN art. 81, DL. No.195 24.02.1967 art. 12.

    A violação dessa jurisprudência pelo Executivo Municipal, traz conseqüências aos fatos geradores, na regulamentação para alocação e distribuição das receitas, que deveriam ser carimbadas em face ao destinatário, inicialmente estimada em +/- R$ 12,0 doze milhões por mês, junto ao fisco e ao erário, mediante conflito de normas tributarias sobre o arrecadado sem a devida destinação por agencia reguladora, vez que estão sendo exercidos em esfera Territorial não competente, portanto impunes as definições previstas no Código Tributário Nacional, tornando-se invisível e distante do alcance fiscalizador do sistema tributário. Arrecadando tributos originariamente Estaduais e Federais em áreas Municipais (?), sem a devida regulamentação e autorização Constitucional e Legal. http://www.cvm.gov.br/port/descol/respdecis.asp?File=5403-1.HTM

    **********************************************************************

    OAB-RJ – ADVOGADOS COM MEDO…

    MAIORIA DOS ADVOGADOS CARIOCAS TEME PELO FUTURO DE SUAS CARREIRAS JUNTO AO TJRJ, QUANDO SE TRATA DE LUTAR PELA EXTINSÃO DA COBRANÇA DO PEDAGIO DA AVENIDA CARLOS LACERDA.

    Consultados vários advogados do Rio de Janeiro, sobre a possibilidade de entrarmos com uma ação para extinguir a cobrança de pedágio na AVENIDA Carlos Lacerda – Linha Amarela – tanto a OAB-RJ, MPERJ, DPGE, e outros advogados autônomos se dizem com receio e até medo de impetrar tal ação…

    -Preciso trabalhar tenho família e filhos não posso me arriscar, entrar com uma ação dessas é mexer no vespeiro, criar inimigos poderosos no MP, OAB e no TJ-RJ!

    -Por acaso o senhor já viu alguma ação contra essa cobrança no TJRJ… O senhor acha que estamos satisfeitos em pagar pedágio na avenida, claro que não, mas tem coisas que o melhor é fazer como nas favelas, respeitar a Lei do silencio !

    PROPAGANDA ENGANOSA NA PAGINA OFICIAL DA PGR/MP.
    “Onde estiverem os direitos do cidadão os Ministérios Publico estará presente”

    **********************************************************************
    Gilmar: MP era braço judicial da oposição na era FH
    O Globo – ‎há 2 horas‎
    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, disse ontem que uma parte do Ministério Público “foi braço judicial de partidos …
    Mendes: MP deve desculpas ao País por uso partidário
    Estadão – ‎há 10 horas‎
    SÃO PAULO – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, disse hoje que o Ministério Público (MP) deve desculpas ao País por ter utilizado …
    Gilmar Mendes: procuradores deveriam pedir desculpas por usarem MP …
    O Globo – ‎há 13 horas‎
    SÃO PAULO – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, disse nesta segunda-feira que “uma parte” do Ministério Público foi …

    **********************************************************************
    Rodoanel ignora decisão da Justiça e mantém cobrança de pedágio
    O Globo – ‎31/07/2009‎
    SAO PAULO – A decisão do juiz Rômolo Russo Júnior, da 5ª Vara da Fazenda Pública da capital, que suspendeu a cobrança de pedágio nas 13 praças do trecho …
    http://oglobo.globo.com/cidades/sp/mat/2009/07/31/rodoanel-ignora-decisao-da-justica-mantem-cobranca-de-pedagio-757053671.asp
    **********************************************************************
    MPF/RJ move ação contra União, ANTT e concessionária da Rio-Juiz de Fora.
    Liminar pede isenção da cobrança de pedágio para moradores de Duque de Caxias.
    O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro entrou hoje, 15 de agosto, na Justiça com Ação Civil Pública contra a União, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Concer (Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio). O procurador da República Carlos Bruno Ferreira da Silva, autor da ação, pede em liminar que a Concer deixe de cobrar tarifa do pedágio em Duque de Caxias, no trecho Centro/4º Distrito da Rio-Juiz de Fora, mediante a apresentação de comprovante de residência pelo motorista do veículo, identificando-o como morador de Duque de Caxias.

    http://www2.pgr.mpf.gov.br/noticias/noticias-do-site/consumidor-e-ordem-economica/mpf-rj–move-acao-contra-uniao.-antt-e-concessionaria-da-rio-juiz-de-fora-20050815

    **********************************************************************

    07/08/09
    STJ ordena e CCR suspende pedágio para veículo de Resende
    …Tribunal de Justiça (STJ), a CCR suspendeu a cobrança de pedágio de veículos com placas de Resende (RJ) que trafegarem na rodovia Presidente…12 horas desta sexta-feira, 7, e vale para a praça de pedágio de Itatiaia, localizada na altura do km 318 da Rodovia Presidente…

    http://www.estadao.com.br/economia/not_eco415202,0.htm

    **********************************************************************
    Protesto contra pedágio congestiona rodovia em São Paulo
    O Globo – ‎14/08/2009‎
    SÃO PAULO – Um protesto de moradores provoca congestionamento na rodovia SP-332, em Paulínia, na região de Campinas, na manhã desta sexta-feira. …
    http://oglobo.globo.com/cidades/sp/mat/2009/08/14/protesto-contra-pedagio-congestiona-rodovia-em-sao-paulo-757403934.asp

    **********************************************************************
    STJ mantém proibição de pedágio na Dutra
    Consultor Jurídico – ‎10/08/2009‎
    O ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça, manteve a decisão que proibiu a cobrança de tarifa de pedágio na rodovia Presidente Dutra a …
    http://www.conjur.com.br/2009-ago-11/stj-livra-moradores-resende-rj-pagar-pedagio-dutra

    **********************************************************************

    STJ MANTEM DECISÃO QUE ISENTA MORADORES DE CIDADES DO RIO DE JANEIRO DE PAGAR PEDAGIO.

    Falha tentativa da Novadutra (Concessionária da Rodovia Presidente Dutra) de suspender a decisão que concedeu a isenção do pagamento de pedágio na rodovia aos moradores de duas associações do Rio de Janeiro.

    A 1ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) rejeitou o recurso com o qual a concessionária pretendia a revisão de decisão tomada pelo presidente do tribunal, ministro Raphael de Barros Monteiro Filho, que, em janeiro deste ano, negou seguimento ao pedido formulado pela Novadutra nesse sentido.

    http://ultimainstancia.uol.com.br/noticia/36350.shtml

    **********************************************************************

    Moradores de cidades em Santa Catarina com praças de pedágio passam a ter o direito de não pagar a taxa

    Lei estadual que concede o benefício é publicada e está em vigor

    Já está em vigor a lei aprovada pela Assembléia Legislativa de Santa Catarina que isenta de pedágio nas rodovias federais os proprietários de veículos emplacados nos municípios catarinenses onde ficam as praças de cobrança.

    http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/jsc/19,0,2608094,Moradores-de-cidades-com-pracas-de-pedagio-passam-a-ter-o-direito-de-nao-pagar-a-taxa.html

    **********************************************************************
    Juiz reafirma que pedágios do Rodoanel são ilegais.
    Por Fernando Porfírio
    A Justiça de São Paulo confirmou a proibição da cobrança de pedágio no trecho oeste do Rodoanel Mário Covas. A decisão foi proferida pelo juiz Rômolo Russo Júnior, da 5ª Vara da Fazenda Pública. O magistrado recebeu Embargos de Declaração apresentados pela Procuradoria-Geral do Estado, mas negou provimento ao pedido.
    Ação Popular nº 053.08.617139-1
    Clique aqui para ler a decisão.
    http://www.conjur.com.br/2009-jul-31/juiz-reafirma-pedagios-trecho-oeste-rodoanel-sao-ilegais

    **********************************************************************
    Motoristas sofrem arrastão na Avenida Grajaú-Jacarepaguá
    http://www.tvcanal13.com.br/noticias/motoristas-sofrem-arrastao-na-grajau-jacarepagua-65639.asp

    Um grupo de homens armados promoveu um arrastão na noite desta quinta-feira (18) na Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, que liga os bairros da Zona Norte à Zona Oeste do Rio de Janeiro. Segundo agentes da 41ª DP (Taquara), onde o caso está sendo registrado, cerca de 50 pessoas teriam sido assaltadas.

    Segundo informações iniciais a Polícia Civil, as vítimas foram registrar queixa na delegacia por roubo de pertences. Nenhum carro teria sido roubado durante a ação dos criminosos, que fugiram após o crime.

    Ainda não há informações se a polícia vai realizar uma operação para tentar localizar os criminosos.

    **********************************************************************

    Motoristas sofrem arrastão na Grajaú-Jacarepaguá

    Segundo vítimas, suspeitos estavam armados com fuzis e pistolas. Vítimas prestaram queixa na 41ª DP (Tanque).
    Do G1, no Rio

    VEJA O VIDEO.

    Um grupo de 15 homens armados com pistolas e fuzis promoveu um arrastão na noite desta quinta-feira (18) na Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, que liga os bairros da Zona Norte à Zona Oeste do Rio de Janeiro.
    Segundo agentes da 41ª DP (Tanque), onde o caso foi registrado, cerca de 50 pessoas foram assaltadas na descida da serra. O caminho é bastante usado por motoristas para ter acesso rápido à Tijuca, na Zona Norte, e ao Centro da cidade.
    http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1199905-5606,00.html

    **********************************************************************
    Menino de 11 anos mulher baleados em operação policial no Morro dos Macacos.
    Vitor Dalemberg estaria fora de perigo e Raquel Lanes está em estado grave
    POR MARIA INEZ MAGALHÃES, RIO DE JANEIRO
    Rio – Um menino de 12 anos, uma adolescente de 14 e uma mulher, de 33, ficaram feridos, nesta quarta-feira, durante um tiroteio no Morro dos Macacos, na Tijuca, Zona Norte do Rio. Moradores afirmam que as balas partiram de policiais militares do 6º BPM (Tijuca), que entraram em confronto com traficantes, mas a corporação nega que seus homens tenham realizado qualquer tipo de operação na comunidade.

    http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2009/8/menino_de_11_anos_mulher_baleados_em_operacao_policial_no_morro_dos_macacos_30361.html

    **********************************************************************
    Veículos com placas onde há praças de pedágio estão isentos da tarifa

    Portaldailha
    Cesar Souza acrescentou, que se for condenada, a concessionária deverá
    ressarcir os consumidores que pagaram o pedágio no período de 4 de agosto
    deste ano …

    Veja todos os artigos sobre este tópico:
    http://news.google.com/news/story?ncl=http://www.portaldailha.com.br/noticias/lernoticia.php%3Fid%3D3943&hl=pt-BR

    **********************************************************************
    Juíza suspende pedágio em Atibaia
    17h22min – 21/10/2009
    Moradores serão cadastrados para receber isenção do pedágio em Atibaia
    Após decisão judicial, concessionária informa que receberá cadastros até o dia 29 de outubro
    http://www.vnews.com.br/noticia.php?id=59010

    **********************************************************************
    MPF move ação contra cobrança ilegal de pedágio

    O Ministério Público Federal (MPF), de Santa Catarina, entrou com uma ação civil pública contra a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Autopista Litoral Sul. A ação pretende suspender a cobrança do pedágio dos automóveis que possuem placas das cidades onde estão instaladas as praças na BR-101.
    http://www.jornaltribuna.com.br/cotidiano.php?id_materia=34594
    **********************************************************************
    Liminar garante liberação no pedágio
    Moradores dos distritos da cidade são liberados de pagamento na praça da BR-393
    Uma liminar concedida pela juíza Wanessa Carneiro Molinaro Ferreira, da Justiça Federal de Barra do Piraí, deferiu parcialmente uma liminar determinado a liberação dos moradores dos distritos da Califórnia, São José do Turvo, Dorândia e Vargem Alegre, com placas da cidade, do pagamento da taxa do pedágio localizado na altura de Dorândia. Desde que a praça entrou em operação a prefeitura vem buscando a gratuidade para seus moradores. A liminar foi concedida através do processo 2009.5.19.000508-8 da prefeitura.

    http://www.avozdacidade.com/portal/Economia/htm000020815.asp

    **********************************************************************
    SÃO PAULO – MINAS GERAIS – [ 06/11 ]
    Moradores de Vargem se livram de pagar pedágio
    Cruzeiro On Line
    Os 6.883 moradores da pequena cidade paulista de Vargem, na divisa com Minas Gerais, conseguiram uma vitória na Justiça Federal e vão ficar sem pagar pedágio na praça do km 7 da Rodovia Fernão Dias, que divide o município ao meio. A vitória foi obtida depois de muita mobilização, o que levou o Ministério Público Federal a abrir uma ação civil pública contra a concessionária Autopistas Fernão Dias, que administra a rodovia.
    http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia.phl?editoria=20&id=235575
    **********************************************************************

  2. Jimmy Cricket disse:

    ♫ Esqueci de perguntar: será que a distribuição dos barris vazios será intermediada pela benemérita Daslu? ☺☺☺

  3. Jimmy Cricket disse:

    ♫ Magistral! Oh, quão duro será aguardarmos até 2011 para voltarmos ao estado de beatitude proporcionado pelo governo dos ínclitos e benévolos tucanos! Ainda um ano ou quase de tirania a suportar sob o tacão do déspota que se instalou no Planalto, malgrado nossos ingentes esforços. Rezarei para São FH-Gá pedindo forças para aguentar até lá e tenho certeza de que serei atendido. Valei-nos santinho de Higienópolis… ☺☺☺

  4. Douglas disse:

    Só esqueceu de dizer o nome da rede de oleoduto: “rede de oleodutos Mario Covas”

  5. Rodrigo Ferro disse:

    Como sempre, o mais preparado dos brasileiros apresenta idéias condizentes com sua imensa capacidade craniana.
    Agora, só uma pergunta: o que a tia Carmela tem a dizer do prêmio que o presidente Lula, usurpador do trono do mais brilhante dos filhos da Moóca, recebeu da Chantam House, em Londres?

  6. Antônio Miranda disse:

    Prezado,
    O pagamento seria por quilo a cada quilometro. Fazer contas usando o baril como unidade é muito complicado, É pior que banana em dúzia. Sugestão do “FHC-Salieri” o Mestre da Inveja.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: