Figurinhas “Ser UDN é…” – Terceiro pacotinho

A tia Carmela pediu, e aí vai mais um pacotinho para o  álbum de figurinhas: “Ser UDN é…”

Clique aqui para ver os outros pacotinhos.

Com as figurinhas “Ser UDN é…” você vai se divertir muito, colecionando as figurinhas sobre os udenistas mais bacanas e sua vida cheia de glamour!

51 - ... ter uma coleçãozinha de carros de luxo, mas não contar pra ninguém.

233 - ... fazer tudo apena$ por amor.

312 - ...ficar assustada quando o povo protesta, mas não se assustar com uns contratos esquisitos.

6000 - ... sair correndo para garantir uma boquinha na CET-SP.

287 - ...ser um grande democrata que gosta de condecorar ditadores e presidiários.

169 - ... ser muito emotivo e chorar porque levou uma surra na eleição e teve que voltar a trabalhar.

169 - ... ser muito emotivo e chorar porque levou uma surra na eleição e teve que voltar a trabalhar.

175 - ... ser eleito para a ABL não pelo que escreve, mas pelos patrões que tem.

175 - ... ser eleito para a ABL não pelo que escreve, mas pelos patrões que tem.

316 - ... ganhar a Medalha Alstom de Ética e Honestidade no Serviço Público.

31 - ... jogar bocha de camisa azul na Caverna do Ostracismo.

25 - ... trocar de partido, mas não de caráter.

25 - ... trocar de partido, mas não de caráter.

Anúncios

18 Responses to Figurinhas “Ser UDN é…” – Terceiro pacotinho

  1. Orlando disse:

    Rsrsrsrs, “ser UDN é……ser PiG e fazer oposição qdo a oposição estiver enfraquecida”…

  2. Patriarca da Paciência disse:

    Pe. Iscariotes,

    acho que a figurinha 51 tem tudo a ver com “uma boa idéia”.

  3. Patriarca da Paciência disse:

    Figurinha 287

    FHC demonstra ser mesmo muito generoso – reconhece até filho do Ricardão!

  4. Pe. Iscariotes disse:

    Não entendo muito a numeração destas figurinhas, por exemplo, a de nº 51 com o carrão, teria alguma referência ao tipo de combustível do mesmo , ou seria mera coincidência ?

  5. Padre Quevedo disse:

    Tia e Sobrinho, acompanhem o texto abaixo:

    1. Condessa Candinha Mexeriqueira em 20/06/2011 at 7:19 am
    Do blog do Luís Nassif:
    Alvaro Dias apresenta requerimento convidando o cavalo a depor.
    “São denúncias graves e que tem de ser investigadas!”.
    O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) apresentará, nesta segunda-feira (20), um requerimento à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado convidando o cavalo que derrubou o Senador Aécio Neves, a depor na comissão. Dias quer que o cavalo preste esclarecimentos na CCJ sobre denúncias de alinhamento com o governo e com o Partido dos Trabalhadores.
    “Os fatos narrados com base em entrevistas e depoimentos dos peões da fazenda, evidenciam ser pouco crível que decisões de tamanha gravidade, tomadas para respaldar rol de ilícitos cometidos ao longo de anos, o fossem sem o aval do governo para atingir o nosso Aécinho”, argumentou no requerimento.
    O cavalo, no entanto, já recusou a convocação antes mesmo de ser formalizada, afirmando que “Só não cai do cavalo quem não monta”.
    O ex-presidente da CCJ, senador Demostenes Torres (DEM-GO), afirmou que não há quórum oposicionista para convocar uma reunião da comissão “Não vou fazer presepada. É preciso 12 senadores para abrir uma sessão e nós não conseguimos reunir”, afirmou.
    Ministério Público
    Álvaro Dias também protocolou, nesta segunda, um documento solicitando a investigação das irregularidades na fazenda e as responsabilidades de petistas no caso. O documento é um complemento de outra representação já protocolada no órgão.
    Com o pedido, assinado também pelos deputados Jair Bolsonaro e Sério Guerra, a oposição quer que seja instaurado um inquérito civil público e a formalização de ação de improbidade administrativa contra os envolvidos.
    Denúncias
    O cavalo que estava lotado na fazenda da família de Aécio em Cláudio, no interior de Minas Gerais, foi exonerado do cargo na última sexta após denúncias de que teria recebido propina para Aécio
    O suposto esquema seria chefiado por integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT), que intermediavam contatos entre o cavalo e órgãos do governo mediante pagamento de propina, visando derrubar integrantes da oposição.

    É longo, mas dá prá perceber que é o vosso estilo, escarrado e cuspido, não é mesmo? Será que o turco está copiando o jeito de vocês escrevere. Cabe representação no Ecad. eh.eh.eh!

    • Armiro da Cartucheira disse:

      Pode ser! Mas circulam versões de que o cavalo é filiado ao PSDB-SP.
      As versões que dizem que ele, o cavalo, é jockey, ou melhor disk-jockey e que a montaria era um cavalo de luxo, com mais de 150 HP (horse power)de uma rádia colorida aqui de BH, já foram desmentidas. Outra estória mal contada é aquela que informa que o condutor estava com sua carteira de cavaleiro vencida e que tenha se recusado a soprar o a-bafômento.

    • Pe. Iscariotes disse:

      Sei não, acho que este cavalo foi na verdade um “presente de grego” de algum desafeto da mooca. Se for verdade, este cavalo será promovido à sacerdote em Sumpaulo, à exemplo do cavalo de Calígula. Hoje tem malhação, vamos nesta Tia Carmela ?

  6. Armiro da Cartucheira disse:

    Ser UDN é como ser mulher de malandro (dizem que gosta de apanhar); é ser torcedor do Ibis (que comemora quando o time não leva goleada); é fazer como a barata (que não come, mas deixa gosto ruim); é passar areia no c… para os outros meninos arranharem o p…

  7. Padre Quevedo disse:

    Tia, morreu hoje, a senhora deve tê-lo conhecido, um dos arautos da “redentora” Ravel, da dupla Dom e Ravel.

    Pena que a maioria não se lembra deles, mas senão, poderias colocar uma figurinha Ser da UDN é…..

    “Ser da UDN é…… compor músicas enaltecendo a ditadura, ficar amigo dos “homi” enquanto outros cantores comunistas são presos e/ou exilados, além de enriquecer a cultura musical da massa ignara. Dom e Ravel, os “sertanejos universitários” dos anos 70″

    Saudações!

  8. marcos donato disse:

    Ué o cara da figurinha 25 ter caráter é ua afirmação estranha…

    • Padre Quevedo disse:

      Caríssimo, ter caráter não significa, por si só, ser bom. As pessoas podem ter caráter de vigarista, por exemplo. É o que chamamos, em português, de uma palavra (adjetivo) que precisa de um complemento. Com o tempo a palavra passou a ter sentido próprio: Ter caráter= ser honesto. Nem sempre.

    • edubim disse:

      qual deles?

  9. ♂ Sendo o Sr. Merdal Pereira o bost-righter dos “marinhos” – aqueles que não têm nome – nada mais justo que admiti-lo entre os macróbios bebericadores de tisanas e conceder, também a ele, o direito a mausoléu. Garantem assim os ditos “marinhos” um vigia/procurador na ABL, para o improvável caso de algum membro erguer-se (epa!) do estado semicomatoso e botar-se a elogiar o Lula & Cia. Espero apenas que o Sr. Merdal se aperfeiçoe no uso da vírgula e descubra outros pronomes além do “que”. Lembro apenas a ele que não se deve iniciar frases com os pronomes “Ele” ou “Ela”, mania de quem soletra (mexendo a boca) textos em inglês. Quanto ao resto, que feneça vítima do bolor da ABL. Pobre Machado! Seus ossinhos devem ter ficado rubros de vergonha…

  10. Juliana disse:

    O Zé das Medalhas aí da foto parece um pai de santo, com essas correntes. Ele fez macumba para o pres. Zezinho?

  11. Paulo P. disse:

    Tia Carmela,

    Até quando esse seu sobrinho pervertido vai nos maltratar com essa figurinha 169. Esse lixo sai em todo pacotinho, desde o tempo das figurinhas dos amiguinhos do zezinho! Eu não aguento mais!

    CHEEEEEEEEGA !!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: