Pres. Zezinho troca a Parada Gay por passeio em NY

11 de junho de 2012

TRIBUTE: Pres. Zezinho recebeu homenagem de esportistas em NY.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, decidiu esticar seu giro em New York ao lado do novo ideólogo da UDN paulista, Dep. Tiririca.

Com isso, o Presidente de Nascença não teve condições de cumprir a promessa de participar da Parada Gay de São Paulo, neste domingo.

Em nota oficial, o Maior dos Filhos da Mooca minimizou o compromisso anteriormente assumido:  “Era só uma palavrinha que eu tinha dado, dando uma confirmaçãozinha de que eu ia dar uma passadinha na paradinha gay. Coisa sem importância, ninguém vai notar”.

O Maior dos Democratas  escalou para substituí-lo na Parada Gay a Srta. Francine De L’Herbe (UDN-SP), sua  laranja eleitoral para a campanha–treino deste ano.  A Srta. Francine participou daquele desfile de degenerados visivelmente constrangida, contrariando seus valores e crenças tão duramente adquiridos na convivência noturna com o Grande Líder Moral da Pátria Paulista.

Versões desencontradas

O Pres. Zezinho levou umas malas especiais para carregar pacoteiras, presente de seus amigos goianos.

Dos caudalosos esgotos da Caverna do Ostracismo continuam  jorrando versões desencontradas para a ausência do pres. Zezinho.

Alguns dos moradores do Retiro do Udenista atribuíram  a decisão ao desejo do Pres. Zezinho de não desagradar seu conselheiro moral, Pastor $ila$ Malacheia, a quem prometeu acabar com a viadagem, na próxima vez que assumir a prefeitura por uns meses.

Outros udenistas comentaram  que o motivo da permanência do Mais Honesto  dos Brasileiros relaciona-se com malas cheias, mas que é totalmente outro.  Sem entrar em detalhes, apenas observaram que o asessor para assuntos propinoviários da UDN, Sr. Paulo Caixa Preta Dois, foi junto, para carregar a pacoteira que o pres. Zezinho vai trazer.

QUADRILHA: A UDN prefere festa junina a parada gay.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca gostou de parada. Quando ele era criança, lá na Mooca, tinha a parada de 7 de Setembro e os meninos da escola tinham que desfilar. O Zezinho odiava ir e costumava dizer: “se fosse, pelo menos, parada de 4 de Julho, ainda vá lá!”. Uma vez, ele convenceu o Reinaldinho Cabeção de que tinha sido escalado pela professora para ser o D. Pedro I na parada, e que o Reinaldinho Cabeção teria que ser o cavalo do D. Pedro.  Na hora da parada, o Zezinho montou nas costas do Reinaldinho Cabeção e foi assim a parada toda. No final, o pai do Reinaldinho Cabeção estava esperando, muito bravo, e levou o moleque pela orelha até em casa, dizendo: “isso é pra você aprender a não deixar o Zezinho montar em você!.” E o Reinaldinho Cabeção dizia: “mas eu não fiz nada demais…”


Acabou a palhaçada: Pres. Zezinho vai substituir Tiririca

12 de novembro de 2010

Desde a infância, o promotor Mauricinho tem medo de palhaço; por isso, entende tão bem os sentimentos dos eleitores infantis paulistas.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, aceitou uma nova missão para engrandecimento da Pátria Paulista.

Convocado pelo promotor Mauricinho, do Juizado Especial Circense, o Presidente de Nascença vai substituir o deputado federal Tiririca.

O promotor Mauricinho não achou a menor graça na última piada do deputado eleito.

Diligente e preocupado com essa grande ameaça à democracia,  entrou com uma ação contra Tiririca por crime contra o orgulho paulista, com base no artigo 32 do estatuto social da empresa Folha da Manhã S/A.

Incorformado, o promotor Mauricinho exigiu que os eleitores do deputado federal Tiririca fizessem uma prova de economia preparada pelo Maior de Todos os Economistas.

SENSO DE HUMOR: Os irmãos Marcelo e Diogo de M. disputam as eleições para o Conselho de Administração das empresas das famiglias Marinho e Civita.

Como nenhum dos eleitores conseguiu resolver o complexo questionário, o promotor Mauricinho resolveu cassar-lhes o título de eleitor.

Por conta do resultado, o promotor Mauricinho decidiu também tomar o diploma do Instituto Universal Brasileiro do deputado Tiririca.

O diploma foi entregue ao pres. Zezinho, que merecia e precisava mais. Segundo o promotor Mauricinho, o estilo do Presidente de Nascença combina mais com o elevado nível intelectual e cultural dos eleitores infantis paulistas.

O banqueiro de estimação do pres. Zezinho vai mudar a grade da TV Cultura para atender à ordem do promotor Mauricinho.

Fontes da atual residência do pres. Zezinho (Caverna do Ostracismo, fundos) disseram que o Maior dos Filhos da Mooca está bastante motivado para a nova função, onde poderá continuar sua alegre pregação de paz e concórdia entre os brasileiros.

Também informaram que a srta. Mayara Obtuso será a principal assistente do Maior dos Brasileiros, tanto que já começou um regime e comprou uma nova coleção de shortinhos para o serviço.

QUADRILHA: UDN fez uma bela festa junina para comemorar a decisão do promotor Mauricinho.

Já a assessora para assuntos inconfessáveis do Mais Competente dos Brasileiros, a ciclonudista Soninha Copélia, mostrou desagrado com a escalação da Musa dos Paulistas para a função: “colocando uma meia de lycra cor-da-pele, eu também posso ficar de shortinho”, teria dito.

Comentário da tia Carmela

Uma vez, quando era criança na Mooca, o Zezinho quis fugir com o circo. Montaram um circo num terreno perto do cemitério da Quarta Parada. O Zezinho foi lá, num sábado de tarde, com o Reinaldinho Cabeção, e adorou aquilo tudo. No dia seguinte, de manhã, ele saiu escondido de casa bem cedinho, com uma trouxa de roupa. Chegou no circo e disse que queria ficar lá com eles. O dono do circo disse que ele podia ficar, mas que a única vaga era para limpar as jaulas dos bichos. O Zezinho disse: “eu não vou limpar cocô de elefante! Eu mereço ser  o astro do circo!” E voltou pra casa, chorando…