Festa em Goiás: Amigo do pres. Zezinho compra Touro Bandido

16 de junho de 2012

A nova estrela da UDN é conhecida por estar sempre de olhos abertos para a injustiça.

O Mais Preparado dos brasileiros, o futuro pres. Zezinho, participou hoje da festa de comemoração da nova aquisição de um amigo goiano.

O amigo do Presidente de Nascença está muito orgulhoso, pois acaba de adquirir o Touro Bandido, famoso campeão brasiliense de rodeios jurídicos e tergiversações processuais.

O Touro Bandido, mal foi comprado, já aprontou das suas, na festa junina da UDN de Anápolis. Mostrando que é fiel ao dono, arrebentou a porta da cadeia da quermesse, bem na hora em que seu dono estava preso. A estrepolia do simpático ruminante foi comemorada pelos partipantes da festa, porque assim o amigo goiano do pres. Zezinho pode voltar a ser o puxador da quadrilha da festa junina.

A UDN sempre gostou de investir em bovinos.

A UDN sempre gostou de investir em bovinos (clique na imagem para recordar).

Festival de virtude udenista

Sempre solidário, o amigo do pres. Zezinho já colocou seu Touro Bandido à disposição do Maior dos Filhos da Mooca, se precisar de alguma forcinha.

Comovido, o Presidente de Nascença agradeceu a gentileza aos soluços, em um emocionado ataque de choro, abraçado ao seu amigo empresário de muita sorte.

Dos caudalosos esgotos da Caverna do Ostracismo jorraram versões desencontradas sobre essa súbita explosão de emoções daquele que é O Mais Racional dos Homens Públicos.

Alguns udenistas acreditam que o Salvador da Pátria Ungido pelos Céus anda se emocionando fácil porque recentes sondagens eleitorais não têm trazido boas notícias para sua já vencedora campanha-treino deste ano.

Ainda que esteja certo de sua inevitável vitória, o Mais Competente dos Governantes teme que isso gere uma redução das doações para sua campanha.

Obviamente, o pres. Zezinho preocupa-se com os doadores, que deixariam de fazer o bem, praticando a virtude da generosidade, tão cultivada pelo seu amigo goiano.

O Pres. Zezinho está solidário com Carminha. A estrela da UDN, desesperada, colocou a faca no pescoço de uma ministra do STF: “julguem o mensalão, antes que minha casa caia”.

Outras fontes afirmam que o Almirante do Tietê  tem se identificado com o drama de Carminha, da novela Avenida Brasil, pois a casa da personagem está caindo e o presidente Zezinho é muito sensível a essas coisas.

Na mesma linha de raciocínio, outros informantes comprados baratinho no Retiro do Udenista (sito à Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis) têm dito que o pres. Zezinho anda nervoso porque está preocupado com o destino do filósofo greco-goiano Δημοσθένης, cuja casa caiu recentemente. O Maior Defensor do Mercado Livre teme que sua própria casa também caia, caso se forme uma grande torrente de água saindo do delta do Rio Tietê em direção ao Alto de Pinheiros.

QUADRILHA: A UDN goiana comemorou a nova aquisição com uma bela festa junina no Parque Vaca Brava, em Goiânia.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de rodeio. Quando ele era criança, na Mooca, na rua passava o seu Joaquim, o leiteiro, puxando a vaca, que se chamava Formosa. Era uma vaca muito mansinha, e todo mundo gostava dela. A Formosa levava um sininho no pescoço e as pessoas saíam de casa ao ouvirem o para ir comprar leite tirado na hora. Uma vez, o Zezinho e o Reinaldinho Cabeção ficaram escondidos, esperando o seu Joaquim passar com a Formosa. Quando ouviram o sininho, o Zezinho mandou o Reinaldinho Cabeção sair correndo aos berros para montar na vaca. O Reinaldinho Cabeção obedeceu, como sempre. Desembestou pela rua gritando “Jerônimo!”. Quando chegou perto da Formosa e foi começar a pular em cima dela, a vaca deu um coice e jogou o Reinaldinho Cabeção longe. Foi um deus-nos-acuda. Quando tudo se acalmou, Seu Joaquim  comentou: a Formosa é boazinha, mas não suporta moleque imbecil. O Zezinho ficou lá, sentado atrás do poste, rindo sem parar.