Após sucesso entre bem-nascidos, JB é convidado por Tancredo Neves a ser seu vice

jB aceitou o convite emocionado, mas o pres. Zezinho acha que só vai trazer dor de cabeça.

CUIDADO: JB aceitou o convite emocionado, mas o pres. Zezinho acha que só vai trazer dor de cabeça.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, recebeu uma péssima notícia na manhã de hoje: o anúncio do convite de Tancredo Neves (UDN-RJ) ao popular JB (PST do F-DF) para ser o candidato a vice-presidente de sua chapa.

O Presidente de Nascença avalia que JB dará uma dose extra de animação à combalida candidatura de seu desafiante nas hostes da UDN. Como sempre, fazendo coro, vários comentaristas políticos de programa ligados à UDN afirmaram que a presença de JB fará com que Tancredo Neves entre mais turbinado ainda na disputa.

A UDN mostrou-se dividida. Dos profundos e gosmentos esgotos da Caverna do Ostracismo, fundos, surgiram boatos de que o ex-pensador FHC considera que JB não será uma boa companhia para Tancredo Neves. Até hoje, O Faraó das Alterosas sempre andou com loiras que o deixavam mais simpático. O solerte colecionador de deputados teme que JB mude a personalidade de Tancredo Neves e que sua presença em altas taxas transforme o simpático conversador de Ipanema em um sujeito agressivo, arrogante e autoritário. Entretanto, esta suspeita pode ser infundada: segundo especialistas consultados, cada um reaje ao JB de um jeito. A maioria fica mansinha, mansinha, e concorda com tudo. Outros também abaixam a cabeça, mas é porque dormem. Apenas uma pequena parte reage com agressividade.

SEMPRE ALERTA: O Ministro da Justiça, que gosta de assistir de camarote JB fazendo das suas, já determinou a criação de uma Delegacia da Mulher no Palácio do Jaburu

SEMPRE ALERTA: O Ministro da Justiça, que gosta de assistir de camarote JB fazendo das suas, já determinou a criação de uma Delegacia da Mulher no Palácio do Jaburu

As mesmas fontes do Retiro do Udenista relataram que o ex-intelectual FHC, ao fim, aceitou a novidade: “serve qualquer um, até um serviçal, se for para derrotar o PT e fazer o Lula parar de receber títulos de doutor honoris causa”.

Preocupado com a virada do usurpador da UDN, o pres. Zezinho ligou para o líder da UDN no Supremo, Gilmar Dantas. Explicou ao grande libertador que acha que Tancredo Neves está dirigindo a UDN sem responsabilidade e, agora que não larga o JB, a coisa vai ficar mais irresponsável ainda.  Gilmar Dantas procurou acalmar o Almirante do Tietê e acionou o ministro Fucks Peito de Aço, que prometeu resolver o problema, mas isso não tranquilizou o pres. Zezinho: “esse aí me troca pela primeira festinha que fizerem para ele”, teria dito o Maior dos Filhos da Mooca.

O lançamento da candidatura de JB a vice de Tancredo Neves também preocupa a chapa do núcleo de piscicultura da UDN, que também tentou atrair JB. Entretanto, motivos religiosos ainda não explicados levaram ao veto a seu nome pela consultora da Natura que trabalha com o grupo.

Convite
Segundo fontes da ala mineira da UDN, o convite a JB teria sido feito em recente balada onde se encontraram os dois grandes filhos da Gente de Minas. O evento ocorreu no camarote de L. Hulk, o novo homem forte da JUDN (Juventude da UDN), que apresentou Tancredo Neves a JB entre os aplausos do público que gritava: vira vira vira, virou!

Importantes ditadores vieram prestigiar o encontro de Tancredo com JB.

SUCESSO: Importantes ditadores vieram prestigiar o encontro de Tancredo com JB.

Segundo relatos de udenistas globais presentes, imediatamente o carismático senador ipanemenho afeiçoou-se ao novato nas baladas globo-udenistas e não largava mais dele. Este, por sua vez, logo assimilou os costumes da turma e não saiu mais da boca do povo udenista bem-nascido. Desnecessário dizer o quanto Tancredo Neves ficou alegre, tendo que ser levado para casa por sua irmã, que lhe deu café amargo e banho frio, como sempre.

Ao presenciar o encontro, a veterana jornalista Hipólito da Costa chegou a tentar gravar um programa para saldar o fabuloso blend do importante líder udenoplayboy com o emergente empresário imobiliário transnacional. Não foi possível, porque a provecta etanojornalista teve dificuldades para se levantar da mesa. A partir de um certo ponto, sua presença tornou-se inconveniente e teve de ser retirada do camarote aos berros: “É isso aí, Tancredo! Eu já provei o JB e é um trem bão demais da conta, como vocês dizem lá em Ipanema!”

QUADRILHA: A UDN já está ensaiando a dança no local onde fará a festa junina em 2014.

QUADRILHA: A UDN já está ensaiando a dança no local onde fará a festa junina em 2014.

Comentário da tia Carmela
Lá na Mooca, tinha um menino, o João Batista, que vivia querendo ficar amigo da turma da Avenida Paes de Barros, que eram os riquinhos do bairro. Pra ficar amigo deles, o João Batista fazia tudo o que mandavam, inclusive bater nos meninos menores. Uma vez, tinha um menino, que também se chamava Zé, mas não era o Zezinho, que estava muito doente e tinha que tomar remédio várias vezes ao dia, coitado. Os moleques riquinhos da turma da Paes de Barros não gostavam do Zé, porque o Zé enfrentava eles, defendia os meninos menores das maldades e contava os podres deles para todo mundo. Aí eles pegaram o João Batista e disseram: “Queremos que você dê uma lição no Zé pra gente. Invente que ele fez alguma arte e dedure ele para a diretora da escola. Quando a diretora puser ele de castigo, você pega os remédios dele e esconde, para ele não tomar. Se você fizer isso, nós deixamos você ir na festa que vamos dar no sábado.” O João Batista fez tudo o que os moleques mandaram, contou uma mentira para a diretora e o Zé foi pro castigo e, sem os remédios, passou muito mal e quase morreu, mas o João Batista só pensava na festa dos riquinhos. No dia da festa,  ele pôs a roupa de missa e foi para a casa do seo Roberto Marini, que era o pai de um dos moleques, onde era a festa. Era uma casa no lado direito de quem sobe, mais ou menos na direção da Rua Madre de Deus. Era uma casa bonita, de estilo antigo, de dois andares, com uma espécie de torre pontuda em cima, acho que está lá até hoje, mas está meio judiada. Quando tocou a campainha e a mulher do seo Roberto Marini foi ver quem era, o filho do seo Robeto Marini gritou para a mãe: “não abre, mama, que esse é só o moleque que limpa as galochas da gente quando a gente chega na escola em dia de chuva”. O João Batista foi embora pra casa chorando. O Zezinho (não o Zé, mas o Zezinho de quem eu sempre conto as histórias) era amigo dos riquinhos e espalhou o vexame para todo mundo na escola. Como ninguém tinha gostado da desumanidade que ele tinha feito contra o Zé, a escola inteira fez piada do João Batista por uma semana, e ninguém mais quis ser amigo dele. Ele acabou largando a escola. Nem sei o que foi feito dele.

Anúncios

15 Responses to Após sucesso entre bem-nascidos, JB é convidado por Tancredo Neves a ser seu vice

  1. Haroldo Cantanhede disse:

    Prezada Tia Carmela, bem vinda de volta à lide; desejo-lhe um ano novo com muita paz e, se já não tiver feito isso, compre uma máscara contra gases para enfrentar o cenário do PiG, que está bem pesado. Trabalharemos todos para ler suas histórias e estórias, para o bem do nosso país. Valeu, Tia Carmela!!!

    P.S. Não sou parente de jornalistas entreguistas, graças a Deus.

  2. Marcio disse:

    Que bom a senhora voltou!!!! Estava com saudade das suas “estórias”!!!

  3. […] Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, continua muito preocupado com a desenvoltura demonstrada pelo novo queridinho da UDN, o popular […]

  4. padreiscariotes disse:

    Cara Tia Carmela. Aproveitando vossa experiência em assuntos udenísticos, nos dê uma luz em relação ao destino do “nova placent” JB. Ainda existe alguma utilidade para tal ser na udn ou já é página virada do folhetim ?

    Continuará o mesmo no lambe botas piguiano ou “Lembens assidue eliciet canis ore cruorem” (cão que muito lambe, tira sangue) ?

    Será capaz de fazer novos amigos e influenciar pessoas? Mus miser est sabe que solo clauditur uno. Afinal, estava escrito “nemo potest duobus dominis servire” (ninguém pode servir a dois senhores)

    Amém.

  5. Leila Farkas disse:

    Querida titia!
    Quanto tempo sem notícias e agora me aparece com esse texto “TUDO JUNTO AO MESMO TEMPO AGORA”….
    Adorei! Não desapareça mais. A senhora faz muita falta.
    Tem muita quadrilha querendo fazer festa no ano que vem…
    Um abração!

  6. SáeBenevides disse:

    Ressurecta Tia,

    bem vinda de volta !

    Esse JB aí da foto, eu manjo! É falseta, feito no Paraguay.

    Quanto ao víceo do Tancra, acho que não vai longe. Vai passar em brancas nuvens, perder seu brilho no pó da estrada.

    Tudo se desfará em um sonho de uma noite no Leblon.

  7. emerson57 disse:

    titia,
    que férias foi essa?
    está certo que o zézinho não é mais notícia, mas isso pareceu licença prêmio!
    a udn está firme e forte. ainda mais agora que comprou uma bandeira da n-a-t-u-r-e-z-a. pagaram uma fortuna. mas não foi com o dinheiro daquele b-a-n-c-o que tem um caminhão de vantagens. foi tudinho pago com c-o-x-i-n-h-a-s feitas de s-u-p-r-e-m-o de frango!

  8. Jimmy Cricket™ – Guarujá – SP disse:

    ♫ Tia Carmela! Que bom que senhora voltou! Eu estava sentindo imensa falta. Já coloquei seu site nos meus favoritos e passarei a visitá-la diariamente, como eu fazia antes. Espero que a senhora esteja bem de saúde.

  9. Jorge disse:

    Ah Tia, que saudades!!!!!!

  10. wagner paulista de souza disse:

    Que retorno, hein , Titia ? Em enorme estilo. Parabéns, e na verdade, obrigado pelas risadas incontroláveis que suas histórias me trazem. Bom dia.

  11. Vivi disse:

    Saudades da tiazinha…
    Senti falta do Reinaldinho Cabeção, mas gostei do novo amigo do Tancredo – agora que Stalin reencarnou, tudo é possível!
    Aguardo a fatia de bolo de chocolate para comemorar!
    bjsss

  12. De profundis clamavi ad te, Domine; De grandis filis et putis tucanis. Muita luta pela frente Tia Carmela, vossa ausência se fez sentida.

    • Tia Carmela disse:

      Revmo. Pe. Iscariotes,

      Minha tia Carmela comoveu-se com sua mensagem. Disse que é uma honra vê-lo gastar seu latim com uma pobre senhora da Mooca.

      Ela disse, também, que quando V.Revma. estiver passando pela Mooca, está convidado para comer um pedaço de bolo de chocolate. E pode comer igual a um padre…

  13. Paulo P. disse:

    Tia Carmela,

    Que saudade da senhora!

    A senhora agora também vai contar as histórias do menino João Batista, além das do Zezinho?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: