Tancredo Neves recusa teste do sovacômetro para salvar candidatura

RECUSA OBSTINADA: O faraó chegou a forjar um ferimento para não fazer o teste do sovacômetro.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, convocou hoje uma reunião de emergência na Caverna do Ostracismo para discutir a última peraltice do faraó das Alterosas.

A causa da convocação da reunião pelo Presidente de Nascença  foi a traquinagem cometida pelo fanfarrão minésio ontem à noite, em Belo Horizonte.

A molecagem

Montando seu corcel a alta velocidade, foi parado por um guarda de trânsito no cruzamento da Av. Cristóvão Colombo com Rua Alagoas. Na ocasião, dirigia-se, apressado, à reunião com a cúpula da UDN  para anúncio de sua escolha como  candidato da UDN à presidência da Associação dos Moradores, Amigos e Estivadores de Ipanema (AMAENEMA).

OLFATO POLÍTICO PRIVILEGIADO: O líder da ala canina da UDN, Sr. Cachorro-Lagosta já vinha avisando que algo não cheirava bem para os lados de Minas.

O jovem faraó saltou de seu corcel, abriu os braços e falou para o guarda: “Seu guarda, o senhor desculpe se fiz alguma coisa errada; é que não conheço bem a cidade, eu moro no Rio”.

Nesse momento, o homem da lei sentiu um odor muito forte e desagradável vindo de Tancredo Neves e informou: “Sinto muito, mas o senhor está com um cheiro estranho. O senhor terá que fazer o teste do sovacômetro.”

A exigência do policial acabou com a fleuma do faraozinho:  “Você está pensando que isso aqui é o Leblon?”, disse ele, indignado. E montou no corcel, saindo em disparada.

Repercussão

A reinação do faraozinho foi prontamente abafada pela Imprensa Mais Vendida das Alterosas, em operação de dar inveja ao pres. Zezinho, e não impediu o anúncio da sua candidatura.

DESCONFIADO: A ala paulista da UDN já havia tentado convencer Tancredo a fazer o teste do sovacômetro, mas ele não aceitou de jeito nenhum.

Entretanto, setores da UDN ligados ao pres. Zezinho manifestaram seu desconforto.

Também há dúvidas se a ciclonudista Soninha Copélia passaria no teste do sovacômetro.

A presidente da Federação Udenista de Esposas de Funcionários do Almirante do Tietê, Sra. Elaine Tacanhede, questionou  a legitimidade de Tancredo como candidato da UDN: “como ele poderia implantar o nosso Programa Avanço Brasil, se foge do teste do sovacômetro?”

Sensibilizado com os argumentos da honestíssima olfatoudenista, o Maior dos Filhos da Mooca resolveu agir.

Convocou os  membros do importantíssimo Conselho da Moral e Bons Costumes da UDN, do qual é presidente vitalício, para assinarem a nota de repúdio que pediu para seu bost-righter, Reinaldinho Cabeção, escrever. Os membros do conselho acharam a nota muito bonita, e se comprometeram a assiná-la em 2015.

QUADRILHA CHEIROSA: Nào é do cheiro que os passageiros reclamam quando os udenistas de SP pegam o metrô para ir às festas juninas da prestigiosa agremiação.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de implicar com o suvaco dos outros. Uma vez, pegou um frasco de desodorante Frigia,  encheu de uma mistura bem fedida e levou pra escola. Na hora do intervalo, ele e os outros moleques foram jogar bola. Quando o sinal tocou pra voltarem pra aula, o Zezinho disse: “vocês não vão voltar assim fedorentos pra aula, né?” E ofereceu o frasco de desodorante. Os moleques acharam o máximo, passar desodorante para ir pra aula, pensaram que iam impressionar as meninas. Só que logo o cheiro deles ficou insuportável e as meninas começaram a vomitar. Aí o Zezinho falou bem alto: eu sou o único que não está fedido, aqui.  Na saída da escola, teve que correr para não levar uma surra dos moleques…

Anúncios

5 Responses to Tancredo Neves recusa teste do sovacômetro para salvar candidatura

  1. El Gordo disse:

    Esse assunto não me cheira bem.

  2. Pe. Iscaritotes disse:

    Como diria Hamlet : existe algo de podre no reino da tucunolândia. Só Cantanhede não viu .

  3. marcos donato disse:

    Com tanta coisa rançosa e podre na caverna do ostrascismo, o sovaco do Tancredo Neto é fichinha

  4. Ana Cruzzeli disse:

    Não sei até quando o cachorro-lagosta vai aguentar essa fedentina?
    Ele tem um olfato privilegiado com toda a certeza, mas muito muito sensivel, só tendo um olfato de aço ou bionico para aguentar os odores que emanam dessa gente bonita que vem e que passa com aquela ginga a caminho do mar…

  5. Paulo P. disse:

    O que o pres. Zezinho não deixou publicar é que o sovaco dele também cheira mal…

    Na verdade, a UDN de SP usa um perfume francês que cheira muito mal, um tal de Alstom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: