UDN tem problemas para jogo decisivo contra o Brasil

Uma das razões da crise da UDN é que o capitão do time é um cabeçudo.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, precisará usar toda a sua enorme capacidade de liderança agregadora para conduzir o time da UDN a uma vitória no jogo decisivo contra o Brasil.

Como acontece a cada 4 anos, o Brasil enfrentará mais uma vez a UDN. Ao contrário do passado, no entanto, quem está mais confiante agora é o time brasileiro, que acelera em direção ao tricampeonato.

A outrora garbosa UDN vem amargando sucessivas derrotas. Apesar de ser o time queridinho da imprensa, já não consegue mais esconder sua crise, motivada pelas frequentes falhas na armação.

UDN perde torcedores

Fontes que não quiseram se identificar revelaram que há vários problemas no time. Um deles está no técnico.

O treinador da equipe, o ex-craque FHC, capitão nas conquistas de 1994 e 1998, tem sido hostilizado por dirigentes e jogadores. Apesar de ainda ser considerado o maior estrategista da UDN, recebe críticas por suas constantes declarações à imprensa ofensivas aos torcedores do Brasil. Segundo muitos udenistas, as manifestações do ex-pensador só servem para motivar mais os adversários. Suas jogadas também dão mostras de estarem obsoletas.

Outro problema é o posicionamento. O time da UDN sempre concentrou seu jogo pelo lado direito do campo, o que é natural, pois a maioria dos seus jogadores só sabe jogar pela direita. Mesmo os jogadores que atuavam em outras equipes mais pelo lado esquerdo do campo, como o próprio capitão do time, o futuro presidente Zezinho, passam a jogar pela direita quando contratados a peso de ouro pela UDN.

Quadrilha: a UDN está melhor entrosada para as festas juninas do que para a copa.

Uma das explicações pode estar na torcida. Muito tradicional, a massa udenista apega-se a superstições e hábitos do passado. Um dos hábitos da torcida da UDN é que ela senta-se sempre do lado direito do campo. O capitão do time, o Presidente de Nascença, acaba levando a equipe cada vez mais para a direita, para agradar a torcida.

Essa obsessão por cultuar o passado é uma das causas que explica porque a torcida udenista diminui a cada dia.  Como o Botafogo, apesar de dominar a imprensa a UDN não tem conseguido arregimentar novos torcedores e tem perdido alguns antigos apoiadores. A imprensa especializada passa o tempo a louvar as glórias passadas da UDN e a mostrar estatísticas complexas de campeonatos do século passado. Esse expediente não é suficiente para amealhar novos torcedores. Segundo um famoso torcedor do time do Brasil, o sr. Joãozinho, “povo gosta é de gol; quem gosta de estatística é intelectual”.

Comentário da tia Carmela

Quando era criança, lá na Mooca, uma vez o Zezinho participou de um campeonato de futebol da escola. O time dele era muito ruim. O Zezinho mandou o Reinaldinho Cabeção fazer uns cartazes e espalhar pela escola que o time dele era o melhor do campeonato. Um monte de gente acreditou e foi para o jogo torcer para o time do Zezinho. Quando o jogo começou e eles viram como o time do Zezinho era ruim, todo mundo começou a vaiar. O Zezinho perdeu o jogo e ficou furioso…

Anúncios

6 Responses to UDN tem problemas para jogo decisivo contra o Brasil

  1. […] da imprensa, até agora a crise não era noticiada e parecia que tudo ia bem. Entretanto, não é mais possível esconder uma série de dificuldades. Sen. Branco Dias (UDN-PR) é cotado para ser o vice-capitão, mas preferia brincar de amarelinha a […]

  2. Douglas disse:

    Eu tenho uma pergunta à Tia Carmela:

    Quando o Zezinho era criança, ele escrevia “BraSil” com “Z” (BraZil) ?

    O que a Professora de Português dele achava disso ?

  3. Melchíades A. Prado disse:

    Jogando só na extrema direita, o time da UDN vai deixar o centro e a esquerda desguarnecidos e vai levar outra balaiada. Com certeza, o time adversário, que tem uma “camisa 10”, que já foi extrema esquerda e hoje joga de meia-esquerda, liquida o jogo no 1° tempo facilmente e conquistará o tricampeonato (2002-2006-2010).
    A grande torcida vai comemorar com muita alegria e cantar: É camisa 10 na seleção…

  4. SáeBenevides disse:

    Mandar a UDN para a Argentina! Claro!

    O partido dos srs. Lacerda, FHC, Bornhausers et caterva não está no lugar que lhe cabe. Na Argentina encontrará seus contemporâneos peronistas com os quais poderá mater porfias políticas de elevado nível!

    Lacerda, FHC e Zezinho de um lado. Juan Domingo, Evita e Diego do outro. Enfim, o mundo conhecerá o que é debate político moderno e progressista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: