Convenção da UDN subleva o povo contra o Antigo Regime

O sr. Eduardo G. Zeppelin fez inflamado discurso no blog da Convenção.

A convenção que formalizou, no último sábado, a candidatura do Mais Preparados dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, marcou para sempre a cidade do Salvador. Desde 1789 uma cidade não vivia tamanha agitação.

O grande encontro da UDN mobilizou milhões de cidadãos de todo o Brasil, que acorreram em massa à capital baiana para apoiar o Presidente de Nascença em sua cruzada contra Luis XIII, o Usurpador-Sol, com o nobre objetivo de banir definitivamente o Ancien Régime de nosso país.

O Mais Valoroso dos Publicistas, demonstrando uma erudição que recebeu do ex-sábio FHC, discorreu sobre a terrível situação do Terceiro Estado, arrancando aplausos emocionados do poeta Virgilius (UDN-AM).

Criticou especialmente o aumento de 7,7% dado pelo Usurpador-Sol às classes ociosas da nação, esse repugnante privilégio que precisa ser combatido.

Também reclamou dos neocorruptos, que têm prejudicado o equilíbrio do mercado de deputados no Brasil. Apresentou números: enquanto em 1997 um deputado conseguia vender-se por 200 mil brioches, em 2005 ele só conseguia faturar 20 mil panetones.

Massas em estado pré-revolucionário

No poder, a UDN vai passar na guilhotina os dossiês contra o sr. Azeredo, a sra. Veronika e o Almirante Sérgio Ricardo.

O encontro foi marcado também por uma virada no discurso da UDN. Tradicionalmente comedido e conciliador, o importante líder udenista de Minas Gerais, Tancredo Neves, também conhecido como  sr. Minésio,  convocou a população a “ocupar as praças“, incitando as massas à insurreição contra o Usurpador-Sol.

A quadrilha da UDN estava a todo vapor na Convenção.

O assessor para assuntos bancários do pres. Zezinho, sr. Aloysio Biggs de Oliveira, também fez um inflamado discurso em que afirmou ser a UDN um partido de esquerda, mais à esquerda que o partido do Usurpador-Sol. E conclamou os sans-culotes a derrubar a nova bastilha para libertar os prisioneiros políticos.

As massas, em estado pré-revolucionário, organizaram-se sob a orientação do seu corajoso discurso para marchar em direção à sede da PF em Brasília, naquela que seria a nova Marcha com Deus pela Família e pela Liberdade. Infelizmente, o movimento esvaziou-se quando alguém lembrou que Demoarruda Bauducco já estava solto.

Ausência

Ausência sentida: Os líderes da UDN usaram fortes argumentos para convencer FHC(direita) a ir fazer um giro por Lutécia no dia da convenção.

A ausência mais sentida foi a do ex-sabichão FHC, que foi enviado à Europa para fazer contato com Marat, Diderot e Robespierre para granjear apoio internacional à causa udenista.

Segundo fontes ligadas à campanha do Mais Genial dos Homens Públicos, a verdadeira explicação da ausência foi o medo de que FHC usasse o microfone para pregar o amor livre e  a cannabis, ou dirigisse palavras luxuriosas ao retrato de Hillary Clinton colocado no palanque da convenção.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca gostou de sol. Quando era criança, lá na Mooca, os amiguinhos  chamavam ele de vampirinho, porque ele nunca ficava no sol, estava sempre com a cara bem pálida. Uma vez, ele resolveu brincar de presidente com o Reinaldinho Cabeção. Ele colocou um monte de papéis em cima da mesa e assinava os papéis com cara de sério e entregava ao Reinaldinho Cabeção dizendo “faça isso; faça aquilo; e rápido, seu incompetente!”. O Reinaldinho ficava ajoelhado recebendo os papéis. Num deles o Zezinho escreveu: “o presidente Zezinho decreta que o sol não pode mais aparecer quando ele estiver andando na rua”.

Anúncios

7 Responses to Convenção da UDN subleva o povo contra o Antigo Regime

  1. Tia Carmela: A senhora tá pegando pesado demais com o Zezinho. Vai que ele entra em depressão. Vamos mais devagar, pois na certa ele só vai entrar em depressão no dia 4 de Outubro junto com o Farol.
    Eta lasqueira!

  2. SáeBenevides disse:

    Piorou!
    A Cremildis não saiu da televisão ontem. Hoje, apareceu furiosa, dizendo que o Zezinho roubou o Plano Real, “que era do Itamá” e o “genérico, do Dr. Jamil”.
    Durma-se!

  3. SáeBenevides disse:

    Tá dando a maior confusão! A Cremildis, minha vizinha aqui no cafôfo, quer saber quem é esse tal de “Luis Quinze”. Está fazendo uma subscrição para ir até Paris, “na Praça da Pastilha (sic), dar uns cascudos nesses caras que querem derrubar o Lula.”
    A negona está impossível. Ninguém consegue dormir com os gritos dela: “Eu dou porr..da! Eles não sabem com quem estão mexendo! ”

    O que faço, Tia Carmela?

  4. Ops! Post errado (deixei-me levar pela emoção ao escrever “Dom Fernando” :):

    Quércia: “comigo é no pau”

  5. Tia Carmela:

    Na verdade, Dom Fernando foi cortar as unhas dos pés com uma famosa podóloga parisiense. Mais informações, abaixo:

    Petralhas calam a Voz da Verdade

  6. Marci disse:

    KKKK!!
    Comedia demais!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: