O grande estadista I

Provando ser um grande estadista, o maior de todos os brasileiros, José Serra, resolveu vários problemas da América do Sul de uma única vez. Convenceu Paraguai e Uruguai a trocarem de lugar. Com isso, atendeu à reivindicação histórica do Paraguai de uma saída para o mar e faz com que o Uruguai ficasse longe de Buenos Aires.

Mostrando que o Brasil deve ter uma política agressiva com seus vizinhos que não se sujeitarem ao imperialismo verdeamarelo, e não a tolerância exibida pelo presidente Lula, transformou parte do território boliviano em Paraguai, em uma vingança contra o indiozinho arrogante Evo Morales. Em outra represália cheia de autoridade, riscou o Equador do mapa, para o presidente Correa aprenda a não se meter mais com as grandes construtoras brasileiras, essas impolutas amigas de Serra e do PSDB.

Mas a genialidade do mais preparado de todos os brasileiros não parou por aí. Não recorreu às armas para nada disso. Apenas usou a força das idéias em sua estratégia: fez tudo isso através da distribuição de livros escolares, mudando a cabeça das novas gerações. Veja em: http://www.gostei.net/sites/mapa-errado/

Comentário da Tia Carmela: Esse menino Zezinho…  Sempre foi mal alun0 de geografia. Uma vez fez o Seu Cecílio, que já era velhinho, tomar o bonde errado. Ele ia para a Penha e o Zezinho mandou ele pegar o bonde para a Lapa. Desde pequeno o Zezinho gosta daqueles lados…

Anúncios

One Response to O grande estadista I

  1. […] mudança de lugar de dois países inteiros, o Uruguai e o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: